Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

1ª de Agosto supera Interclube na Taça de Angola

Hélder Jeremias - 08 de Junho, 2014

Jogo da segunda-mão da final da Taça de Angola está marcado para hoje no pavilhão 28 de Fevereiro com as militares em vantagem

Fotografia: José Soares

A formação do Interclube tem como pretensão utilizar todos os recursos ao seu dispor para se manter na corrida pela conquista da XXVIII Taça de Angola da categoria, quando, a partir das 19h00, no pavilhão 28 de Fevereiro, voltar a medir forças com a congénere do 1º de Agosto, em partida referente a segunda mão da final da referida competição.

Depois de ontem terem consentido uma derrota ( 39-53) em pleno pavilhão Victorino Cunha, a equipa às ordens de Apolinário Paquete joga hoje sob maior pressão, pois um novo desaire permite que o plantel rubro e negro, na versão Jaime Covilhã, faça a dobradinha na presente época com o estoirar do champanhe em plena casa do adversário, depois de arrebatar os campeonatos nacional e provincial.
 
Com o troféu da edição passada na sua galeria, o Interclube depende de si próprio para salvar a época prestes a terminar, mas obter uma vitória diante da formação orientada pelo experiente técnico Jaime Covilhã, se afigura uma tarefa dispendiosa para Apolinário Paquete e seus directos colaboradores, não obstante o plantel adstrito ao Ministério do interior integrar algumas das unidades mais sonantes do basquetebol nacional.

Os indícios apontam para uma partida de desfecho imprevisível, em que a capacidaJde de sofrimento das integrantes de cada conjunto será fundamental nos momentos decisivos, muito embora a célebre campanha que a equipa do Rio Seco tem vindo a fazer, desde que Jaime Covilhã tomou as "rédeas da casa", represente um elemento galvanizador.

De resto, o pavilhão dos Bombeiros não terá espaço suficiente para albergar a vasta moldura humana de prosélitos da "bola ao cesto", que, mais uma vez, ávidos por uma partida de basquetebol de elevado quilate, á semelhança do que sucedeu ontem, no pavilhão Vitorino Cunha, pretendem puxar pela equipa predilecta rumo a consagração.


NBA
Spurs começam
com vitória em casa


Os San Antonio Spurs triunfaram no primeiro jogo da final do play off da NBA, ao baterem os Miami Heat por 110-95, num encontro escaldante disputado no reduto da formação texana, que assim abre da melhor forma a decisão de mais uma fase final.

Com efeito, a partida disputada na AT&T Center teve desde logo um problema muito complicado, quando o ar condicionado do pavilhão avariou. Essa situação fez com que a temperatura do mesmo estivesse acima de 33 graus centígrados (na rua estavam aproximadamente 27ºC), fazendo sofrer tanto jogadores como adeptos.

Quanto ao jogo em si, a discussão foi sempre taco a taco, com os Spurs a chegarem ao descanso na frente por cinco pontos (49-44). Não era uma vantagem determinante e os próprios Heat confirmaram-no, passando para a frente do marcador durante o terceiro parcial. No derradeiro período entraram com sete pontos de avanço. Para os Heat, o pior foram os minutos finais...

Com um festival de acerto ofensivo, especialmente de três pontos - seis em seis nestes lançamentos no derradeiro período - os Spurs deram a volta ao jogo e terminaram o mesmo com uma vantagem de 15 pontos que seria impensável a meio do quarto parcial. Determinante para esse desfecho acabou por ser também a lesão de LeBron James, que a quatro minutos do final teve de abandonar o campo, com queixas numa das pernas. Daí para a frente, os Heat marcaram mais três pontos e os Spurs... 16.


Brasil leva equipa jovem
para o Sul-Americano


A seleção brasileira masculina de basquetebol foi convocada para a disputa do Campeonato Sul-Americano, que será disputado entre 24 e 28 de Julho, na Isla Margarita, na Venezuela. O Brasil não vai disputar a competição com o grupo principal, que estará em preparação para o Mundial da Espanha. Por isso, optou por levar uma equipa jovem, com média de idade de 25 anos.

Nem mesmo o técnico Ruben Magnano vai para a competição na Venezuela, porque começará a treinar a selecção principal no dia 20 de Julho, já de olho no Mundial da Espanha, que acontece de 30 de Agosto a 14 de Setembro. Mas ele definiu a convocação para o Sul-Americano junto com o seu auxiliar José Neto, que tem a incumbência de comandar a equipa nessa disputa, o Brasil ficou no Grupo A, junto com Paraguai, Equador e Argentina (Chile, Peru, Uruguai e Venezuela estão na outra chave).

"Essa lista foi feita por mim e pelo Ruben com base nas observações da última temporada. É um grupo com experiência em selecção brasileira e com bagagem em competições internacionais. Vamos ter um tempo de treinamento necessário para deixar a equipa em condições de disputar o Sul-Americano. A competição é curta, apenas cinco dias, com três jogos classificativos e depois duas partidas decisivas", comentou José Neto, ressaltando que o próprio Magnano fará observações no Sul-Americano para poder aproveitar alguns jogadores na selecção principal que vai ao Mundial.

Entre os 16 convocados, estão alguns jogadores já com passagem de destaque pela selecção brasileira, como o armador Raulzinho, o ala Vitor Benite, o ala/pivô Augusto Lima e o pivô Rafael Hettsheimeir. Eles a apresentam no dia 29 de Junho, em São Paulo, quando começa a preparação para o Sul-Americano, competição que três vagas nos Jogos Pan-Americanos de Toronto e quatro no Torneio Pré-Olímpico das Américas, ambos programados para acontecer no ano que vem.


Breve

Quin Snyder é o novo treinador dos Utah Jazz
Os Utah Jazz, da Liga norte-americana de basquetebol profissional (NBA), nomearam Quin Snyder como novo treinador, para a época 2014/15, em substituição de Tyron Corbin. Snyder, de 47 anos, era um dos adjuntos de Mike Budenholzer, treinador dos Atlanta Hawks. “A oportunidade de me juntar aos Utah Jazz e fazer parte de uma tão respeitável equipa, com tanto futuro, é uma grande honra”, afirmou Quin Snyder. Na época 2012/13, os Utah Jazz falharam o apuramento para os “play-offs”, ao somarem apenas 25 vitórias, mais 57 derrotas, tendo terminado no 15.º e último lugar da Conferência Oeste.