Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

1º de Agosto supera Petro de Luanda na Final-Four

Hélder Jeremias - 03 de Maio, 2013

1º de Agosto foi o mais forte no jogo disputado no anexo II da Cidadela Desportiva

Fotografia: AFP

O 1º de Agosto reassumiu a liderança da XXXV edição do Campeonato Nacional de Basquetebol sénior masculino, também conhecido por Bai Basket, mercê da vitória por 100-80, diante do rival, do Atlético Petróleos de Luanda, em partida referente à primeira jornada da segunda volta da Final Four, disputada ontem, à noite, no pavilhão anexo número II da Cidadela Desportiva.

Os militares do Rio Seco evidenciaram melhor estrutura nas variantes técnicas projectadas pelo técnico Paulo Macedo, factor que, aliado à boa forma física reinante no seio do plantel, remeteram a equipa do Eixo Viário na condição subalterna desde o quarto inicial até aos minutos finais.

Numa noite em que Reggie Moore voltou a brindar os adeptos militares com a maior safra (32 pontos), Paulo Macedo esteve em grande estilo ao mandar para a quadra de jogo uma equipa muito regular no capítulo da finalização e bem disciplinada do ponto de vista defensivo, em que Cedrick Ison, Carlos Almeida e Felizardo Ambrósio pautavam pela eficácia nas transições rápidas de defesa-ataque.

Com o resultado obtido, os militares somaram sete pontos. O Interclube recebeu ontem e venceu no pavilhão 28 de Fevereiro o Clube Desportivo e Recreativo do Libolo por 86-90, totalizando cinco. O Petro de Luanda e o Libolo contam com ses pontos cada. No final da Partida, Paulo Macedo exteriorizou a sua alegria ao dizer à imprensa que o plantel representou a equipa que vem sendo projectada e que a sua formação vai continuar a trabalhar para levar de vencida as partidas subsequentes no sentido de alcançar a melhor classificação, que passa pela conquista do título.

O técnico-adjunto do Petro de Luanda, Manuel Silva “Gi” reconheceu que a equipa esteve mal no jogo, mas foi peremptório em afirmar que os 20 pontos não representam a diferença das duas formações, o que vai exigir mais trabalho para corrigirem as debilidades registadas. O treinador acrescentou que existe tempo suficiente para que a equipa continue a ter a conquista do título entre as suas metas na presente época.

PRÓXIMOS JOGOS
A competição observa hoje uma pausa e retoma amanhã com a disputa da segunda jornada, em que o Interclube recebe o 1º de Agosto, às 18 horas, no pavilhão 28 de Fevereiro, ao passo que o Recreativo de Libolo mede forças com o Atlético Petróleos de Luanda no anexo da Cidadela Desportiva.


PLAY OFF DA NBA
Boston Celtics reduzem vantagem

Depois de ver o New York Knicks abrir 3 a 0 na série melhor de sete, válida na primeira fase dos play off da Conferência Leste, o Boston Celtics voltou a surpreender. A equipa de Massachusetts foi até Madison Square Garden enfrentar a equipa nova-iorquina e venceu por 92 a 86, no quinto jogo do duelo. Os Knicks começaram o primeiro quarto a vencer por parciais de 22 a 20, depois de começarem a partida com uma sequência de 11 a 0. Porém, no segundo quarto, o conjunto de Boston acordou na quadra e foi ao intervalo em vantagem, com a parcial de 45 a 39.

Apesar da derrota dos Knicks, Carmelo Anthony foi o cestinha do jogo, com 22 pontos, sete ressaltos e duas assistências. Raymond Felton também teve bom desempenho do lado dos donos da casa e contribuiu com 21 pontos, seis ressaltos e quatro assistências. J.R. Smith anotou mais 14 pontos.
Cinco jogadores do Boston Celtics ultrapassaram a marca de dez pontos.

Jeff Green foi o cestinha da equipa, com 18 pontos, quatro ressaltos e quatro assistências. Brandon Bass anotou 17 pontos, cinco ressaltos e três assistências, enquanto Kevin Garnett fechou o duelo com um duplo-duplo de 16 pontos e 18 ressaltos, além de ter distribuído cinco assistências. Jason Terry ajudou com 17 pontos e Paul Pierce saiu da quadra com 16.

O jogo número seis da série é realizado na madrugada de amanhã no TD Garden, em Boston. Os Celtics precisam de mais duas vitórias para avançarem às meias-finais da conferência e tornarem-se a primeira equipa na história da NBA a virar uma série de play off depois de estar a perder por 3 a 0.


Lillard eleito “rookie”
do ano na liga americana


O base dos Portland Trail Blazers Damian Lillard foi ontem eleito o “rookie” do ano da Liga norte-americana de basquetebol profissional (NBA), sucedendo assim a Kyrie Irving.O jovem base, de 22 anos, jogou em todos os jogos da fase regular (82) e obteve uma média de 19 pontos por jogo e 6,5 assistências na sua primeira época na NBA.

Damian Lillard tornou-se o quarto jogador da história da liga a conquistar o prémio de forma unânime, depois de Ralph Sampson (1984), David Robinson (1990) e Blake Griffin (2011). Lillard, que foi seleccionado pelos Blazers na sexta posição do “draft” 2012, foi considerado, de forma consensual, como o melhor estreante a actuar na NBA na temporada 2012/2013, ao somar 605 pontos na votação, superando os 306 pontos de Anthony Davis, dos New Orleans Hornets, e o base dos Washington Wizards, Bradley Beal (94).


BREVES
Indiana Pacers abre vantagem
A jogar em casa, no Bankers Life Fieldhouse, em Indianápolis, o Indiana Pacers deu mais um passo rumo à classificação para as meias-finais da Conferência Leste ao vencer o Atlanta Hawks por 106 a 83. O resultado deixou a série em 3 a 2 a favor dos Pacers. David West foi o grande nome dos Pacers no duelo e fechou como o cestinha da partida, com 24 pontos e cinco ressaltos.


Sexta partida pode decidir meia-finalista
A partida número seis da série dos play off entre Boston Celtics e Indiana Pacers é disputada hoje, na Phillips Arena, casa do Atlanta Hawks. Quem passar dessa série enfrenta, nas meias-finais do Leste, o vencedor de New York Knicks e Boston Celtics. A vestir a camisola do Atlanta Hawks, Josh Smith e Al Horford, Smith, Devin Harris e Kyle Korver têm a missão de colocar a equipa nas meias-finais da liga norte-americana.