Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

A casa está livre no castigo

Melo Clemente - 24 de Fevereiro, 2016

Técnico espanhol tem mostrado serviço durante o Campeonato Nacional de basquetebol em seniores masculino (BiC Basket) onde mantém a invencibilidade

Fotografia: Paulo Mulaza

O técnico principal do 1º Agosto, Ricard Casas, está livre de qualquer castigo federativo, embora tenha sido expulso no sábado, na vitória da sua agremiação sobre o Recreativo do Libolo, por 88-61, em partida referente à quarta jornada da segunda volta da fase regular da XXXVIII edição do Campeonato Nacional de basquetebol em seniores masculino, vulgo BIC Basket, segundo apurou o Jornal dos Desportos de fonte federativa.

O técnico espanhol lhe foi aplicada duas faltas técnicas durante a partida, disputada no Pavilhão Victorino Cunha, por discordar sistematicamente das decisões da dupla de arbitragem, tendo recebido ordem de expulsão do árbitro internacional, Carlos Júlio.De acordo com os regulamentos, a expulsão resultante da aplicação de duas faltas técnicas, não incorre na instauração de um processo disciplinar e consequente  suspensão de jogos.

"De facto, já tive acesso ao relatório do árbitro, e o que consta é que o técnico principal do 1º de Agosto, Ricard Casas, foi expulso na partida com o Recreativo do Libolo por terem sido aplicadas duas faltas técnicas.  E neste tipo de situações não se instaura processo disciplinar, logo, o treinador pode orientar a equipa normalmente no BIC Basket", asseverou a fonte federativa.Ainda de acordo com a nossa fonte, a direcção da federação vai continuar a ser implacável, relativamente ao cumprimento das normas.

"Nós estamos numa competição que tem regulamentos, e estas mesmas normas são conhecidas pelos intervenientes directos e indirectos, por isso, quem infringir  será severamente punido, independentemente de pertencer ao clube A ou B", alertou a fonte.Depois de perder a Taça dos Clubes Campeões Africanos da "bola ao cesto" à favor do Atlético Petróleos de Luanda, a formação do 1º de Agosto teve um arranque auspicioso na XXXVIII edição do BIC Basket, coleccionando já 14 vitórias, em igual número de partidas, lidera a competição com 28 pontos.

Cedrick Isom, lesionado, e Edmir Lucas, afastado do grupo, constituem as principais baixas do Clube Central das Forças Armadas Angolanas. Ricard Casas continua a preparar a equipa para mais uma dupla jornada, antes do clássico dos clássicos marcado para o dia 04 de Março, no Pavilhão Principal da Cidadela Desportiva.

Entretanto, o técnico camaronês ao serviço do Atlético Petróleos de Luanda, Lazare Adingono, foi um dos técnicos que sentiram a mão pesada do órgão reitor da modalidade.No culminar da época transacta, o técnico da equipa petrolífera lhe foi aplicada uma suspensão de oito jogos, castigo que transitou para as primeiras jornadas do BIC Basket referente à época desportiva 2015/2016.
grandes benefícios.

BIC Basket
Petrolíferos preparam recepção aos libolenses


O Atlético Petróleos de Luanda continua a preparar-se de forma afincada, com vista a dupla jornada da XXXVIII edição do Campeonato Nacional de basquetebol em seniores masculino, vulgo BIC Basket.Actual terceiro classificado da aludida competição, com 20 pontos, contra 28 do rival 1º de Agosto que está em primeiro lugar, a equipa do Eixo -viário prepara com  cuidado o desafio de sábado com o Recreativo do Libolo.Os petrolíferos da capital defrontam na sexta-feira o Atlético Sport Aviação (ASA), partida a ser disputada no Pavilhão Anexo número dois da Cidadela Desportiva.

Lazare Adingono vai aproveitar o embate de sexta-feira com os aviadores, para montar a estratégia a fim de neutralizar o representante da vila de Calulo, que na ronda anterior perdeu com o 1º de Agosto, por 88-61, e averbou a segunda derrota na competição.Desde que assumiu o comando da equipa, após cumprir castigo federativo, Lazare Adingono só soma triunfos atrás de triunfos.A ronda cinco abre na esta sexta-feira a partir das 16h00, com a formação do Futebol Clube Vila Clotilde a receber no Pavilhão 28 de Fevereiro, o 1º de Agosto que é líder incontestável do BIC Basket, com 28 pontos.

À mesma hora, a Marinha defronta o Recreativo do Libolo, no Pavilhão Victorino Cunha, ao passo que o Atlético Petróleos de Luanda enfrenta o Atlético Sport Aviação (ASA), no Pavilhão Anexo número dois da Cidadela.O Interclube vai jogar com  a Universidade Lusíada, às 18h30 minutos, no Pavilhão 28 de Fevereiro, ao passo que o Progresso Associação do Sambizanga  mede forças com Sporting de Benguela. Entretanto, no sábado estão previstos os seguintes jogos: Vila-Interclube, Progresso -Lusíada, Marinha -1º de Agosto, Petro -Libolo, ASA -Sporting de Benguela.