Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Angola campeã de Sub-18

01 de Agosto, 2016

A equipa nacional de sub-18 suplantou o Egipto no Campeonato Africano que decorreu no Ruanda

Fotografia: Jornal dos Desportos

A Selecção Nacional de sub-18 de basquetebol sénior masculino conquistou ontem o título no Afrobasket que o Ruanda organizou ao derrotar na final a formação do Egipto por 86-82, resultado conseguido após prolongamento, dado que no final do tempo regulamentar registou-se uma igualdade a 77 pontos.

Vinte e oito anos depois o "cinco" nacional volta a erguer o troféu, diante do conjunto egípcio que ontem foi destronado. Com a presença assegurada no próximo campeonato do Mundo que o Egipto vai organizar, após assegurar a qualificação à final, o assalto ao título era a prioridade dos angolanos.

A trajectória dos angolanos não foi livre de dificuldades, pois para chegar à penúltima etapa da competição Angola teve adversários de peso, tais como os anfitriões do Ruanda, o então vice-campeão, Tunísia, e ainda a Costa do Marfim.

Angola chegou à final com espírito vencedor. Conseguiu manter uma eficácia defensiva que se esperava, além da melhoria de outros pressupostos e os comandados do técnico "Gi" e Miguel Lutonda podem orgulhar-se de chegar ao fim com o espírito de missão cumprida, uma vez que conseguiram melhorar o quarto lugar da edição passada e, mais do que isso, conquistar um troféu que vai servir de incentivo para o futuro do basquetebol nacional, dado que dessa selecção que esteve no Ruanda vão sair jogadores para a próxima selecção principal.

Na final de ontem, o conjunto angolano soube interiorizar as orientações do "banco" e no prolongamento conseguiu acertar  no momento para distanciar-se no marcador e deixar para trás o seu adversário.

Angola chega ao título continental por mérito próprio e com garantias de estar a preparar o basquetebol nacional para as próximas empreitadas, concretamente o próximo Afrobasket de seniores masculino que o Congo Brazzaville  vai albergar.