Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Angola comea contra Cabo verde recuperao do ttulo no Afrobasket

01 de Abril, 2013

Angola e Cabo Verde jogaram no Afrobasket que decorreu no pas em 2007

Fotografia: Jornal dos Desportos

A selecção nacional sénior masculina de basquetebol começa a luta pela recuperação do título no Afrobasket/2013 frente à similar de Cabo Verde a 20 de Agosto, em Abidjan (Costa do Marfim), na primeira jornada da série C.

De acordo com o sorteio realizado sábado em Abidjan, os angolanos defrontam a 22 de Agosto os moçambicanos e fecham a primeira fase diante dos centro-africanos a 24 do mesmo mês.

A selecção é convocada em Maio, depois de terminar o campeonato nacional. O evento está previsto para 20 a 31 de Agosto, na Costa do Marfim.

Madeira considera grupo equilibrado


O presidente da Federação Angolana de Basquetebol (FAB), Paulo Madeira, afirmou sábado que o grupo C do Afrobasket’2013, em que o país está inserido, com as selecções de Cabo Verde, RCA e Moçambique, é equilibrado, pelo que adivinha uma prova bastante competitiva.

O dirigente reagia à Rádio 5 em Abidjan ao sorteio do campeonato africano da modalidade, realizado na capital costa-marfinense, palco da prova.
Paulo Madeira disse estar a trabalhar com o Ministério da Juventude e Desportos no sentido de haver uma preparação capaz de fazer com que a selecção possa aparecer no seu melhor nível no Afrobasket’2013, cujo objectivo é reconquistar o título perdido há dois anos para a Tunísia.

Referiu ser pretensão realizar um estágio competitivo no exterior, possivelmente na Espanha, durante o qual efectuará entre 10 a 12 jogos com adversários de nível do continente europeu, que nos meses de Maio e Junho possam estar a preparar competições naquele país.

“Precisamos de nos manter focados e levar a sério qualquer que seja o grupo. Acredito que os quatro grupos são muito equilibrados e de alguma forma vamos ter um campeonato de África muito competitivo”, sublinhou, garantindo existir já uma comitiva a tratar de agendar jogos de controlo para os decacampeões africanos.
De acordo com o sorteio realizado sábado, o grupo A é composto pela Costa do Marfim, Egipto, Senegal e Argélia. O B é composto pela Tunísia, Rwanda, Burkina Faso e Marrocos e o D pela Nigéria, Camarões, Congo Brazzaville e Mali.

BAI BASKET
Militares regressam à liderança do nacional


A formação do 1º de Agosto venceu sábado o Interclube por 79-68, em partida da segunda jornada da II volta do nacional sénior masculino (Bai Basket) e regressou à liderança da competição com 10 pontos.

Na partida disputada no pavilhão do Rio Seco (CODENM), os “militares” tiveram que se empenhar para voltar ao topo da competição, num jogo em que o extremo base Cedric Isom, do 1º de Agosto, foi o melhor marcador com 19 pontos, seguido do companheiro de equipa, o extremo Islando Manuel, com 15.

Na segunda posição do campeonato está o Interclube com 10 pontos, seguido do Libolo, com 09, Petro de Luanda, com 07, ASA 06 pontos.
Na série B, o Vila Clotilde lidera a prova com 11 pontos vindo em segundo lugar o Progresso com 09, e em terceito o Lusíada com 07.
Noutros jogos da série A, o ASA perdeu com o Petro de Luanda por 80-110, tendo descansado o Recreativo do Libolo.

Na B, o Vila Clotilde venceu o CDUA, por 95-73 e o Progresso do Sambizanga bateu os Amigos de Viana, por 113-56.
A terceira jornada está prevista para quinta-feira com o Petro de Luanda a defrontar o Recreativo do Libolo. O 1º de Agosto terá pela frente o ASA, folgando o Interclube.

Para a série B estão previstos os jogos Vila Clotilde – Amigos de Viana e Lusíada – CDUA.


ELEIÇÕES
António Bernardo é o novo
líder da associação de árbitros


António Bernardo foi eleito sábado, no anfiteatro da Federação Angolana de Basquetebol (FAB), novo presidente de Direcção da Associação Nacional de Juízes de Basquetebol de Angola (ANJBA) para o quadriénio 2013-2017, sucedendo ao também árbitro internacional, Carlos Júlio.

O anterior presidente de Direcção ocupa agora o cargo de vice-presidente da Mesa da Assembleia-geral da instituição.

O novo presidente da ANJBA é coadjuvado na Direcção por Wilson Boaventura (vice-presidente), David João Manuel (secretário-geral) e os vogais Figueiredo Henda Cruz e António Camana.

Neste mesmo elenco, Amaro Regino Lourenço preside à Mesa da Assembleia-geral, Adriano Manuel está à frente do Conselho Fiscal, Eduardo Manuel Afonso é o presidente do Conselho jurisdicional e Deidre Tchissola Octávia lidera o Conselho de Disciplina. 

Em relação às linhas de força, o novo elenco da ANJBA vai promover a criação de núcleos provinciais, assegurar a figura do árbitro e organizar o cadastro de membros.

“Um dos grandes desafios do nosso elenco será estreitar as relações com as congéneres estrangeiras, promover a figura de supervisor arbitral, divulgar a logomarca da ANJBA, ajudar a Federação Angolana de Basquetebol (FAB) na formação de novos juízes e trabalhar com a FAB no sentido da introdução das novas tecnologias”, revelou ao Jornal dos Desportos o novo presidente da ANJBA.

Os novos corpos gerentes foram eleitos perante uma comissão eleitoral presidida pelo professor Mariano de Almeida.
                                       Simão Kibondo