Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Angola defronta a Nova Zelândia

Melo Clemente - 04 de Agosto, 2017

Base Armando Costa tem sido o principal condutor do jogo ofensivo da Pré-Selecção Nacional no estágio que efectua na China

Fotografia: Edições Novembro

Com o primeiro lugar assegurado, a Pré-Selecção Nacional de basquetebol em seniores masculinos defronta hoje, sexta-feira, em princípio a partir das 15h30 minutos, na China, a similar da Nova Zelândia, em partida a contar para a terceira e última jornada do segundo torneio internacional, prova enquadrada no âmbito da sua preparação, visando a disputa da 29ª edição do Campeonato Africano das Nações, vulgo Afrobasket, competição a ser co-organizado pela Tunísia e Senegal, de oito a 16 de Setembro do ano em curso.

Depois de ter vergado na última quarta-feira a selecção C da República Popular da China, por 78-70, em partida referente a primeira jornada do segundo torneio internacional que decorre naquele país asiático, ontem, para a segunda jornada da aludida competição, o cinco nacional superou a selecção Universitária da Lituânia, por 75-52, quando ao intervalo os hendecacampeões conservavam já uma vantagem confortável de doze (12) pontos (39-27).

Yanick Moreira e Carlos Morais foram os melhores marcadores da Pré-Selecção Nacional, com 17 e 13 pontos, respectivamente. Carlos Morais, Yanick Moreira e Olímpio Cipriano foram os atletas mais utilizados, com 22 minutos e 26 segundos, 22m e 57s, e 20m e 41s. Milton Barros e Gerson Gonçalves \"Lukeny\" foram os menos utilizados, com 3m e 38s e 5m e 9s.

Com o  triunfo de ontem, frente aos universitários da Lituânia, os pupilos de Manuel Silva \"Gi\" asseguram de forma antecipada, à conquista do segundo torneio internacional, depois de terem arrebatado o primeiro troféu a sensivelmente quatro dias. A Pré-Selecção Nacional já havia vergado a selecção Universitária no primeiro torneio internacional, por 72-64.

Entretanto, o seleccionador nacional vai \"entregar\" a responsabilidade da condução do jogo ofensivo do cinco nacional ao experiente base, Armando Costa, que ontem foi um dos principais distribuidores do ataque angolano.

Carlos Morais, atleta que tem se evidenciado durante o estágio pré-competitivo que realizam na República Popular da China, sendo nesta altura um dos melhores marcadores, e Olímpio Cipriano serão os extremos, ao passo que o jogo interior estará a cargo dos experientes Eduardo Mingas e Felizardo Ambrósio \"Miller\".

Já com o primeiro lugar assegurado do torneio internacional, os hendecacampeões africanos que buscam o décimo segundo anel continental, depois das conquistas de 1989, 1991, 1993, 1995, 1999, 2001, 2003, 2005, 2007, 2009 e 2013, vão procurar esta tarde redimir-se da derrota sofrida diante da Nova Zelândia, no primeiro torneio internacional, por 64-72.

Em cinco partidas disputadas até aqui naquele país asiático, o combinado nacional soma já quatro triunfos, contra apenas uma derrota.

A Pré-Selecção Nacional deverá realizar mais cinco a quatro jogos de controlo com equipas da primeira liga chinesa, antes de regressar a Luanda, onde vai participar de mais um torneio internacional, antes de seguir viagem para Dakar, Senegal, a fim de disputar a fase preliminar do Afrobasket/2017.

Para a \"operação\" República Popular da China, o seleccionador nacional trabalha com quinze (15) atletas. Trata-se de Armando Costa, Heremenegildo Santos, Roberto Fortes, Carlos Morais, Leandro da Conceição, Gerson Gonçalves \"Lukeny\",  Olímpio Cipriano, Leonel Paulo, Reggie Moore, Felizardo Ambrósio \"Miller\", Yanick Moreira, Milton Barros, Sílvio Sousa, Bruno Fernando e Eduardo Mingas.

Angola está inserido no Grupo B da fase final do Afrobasket 2017, ao lado da República Centro Africana, Marrocos e Uganda, respectivamente. 

Nigéria, campeã africana em título, lidera o Grupo A, juntamente com as selecções da República Democrática do Congo Mali e Costa do Marfim, ao passo que a Tunísia figura no Grupo C, juntamente com a Guiné, Rwanda e Camarões. Já no Grupo D, estão as selecções do Senegal, Moçambique, Egipto e África do Sul.