Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Angola desce oito lugares no Ranking

Melo Clemente - 15 de Março, 2017

Olímpio Cipriano é uma das apostas do seleccionador nacional para o torneio da Zâmbia

Fotografia: Jornal dos Desportos

Angola desceu oito lugares e ocupa nesta altura o vigésimo terceiro lugar no ranking mundial, com 66 pontos, de acordo com a última actualização feita no último semestre de 2016, pelo organismo que tutela a modalidade no mundo, no caso, a FIBA-Mundo. Estados Unidos da América, Espanha e Sérvia ocupam os três primeiros lugares do ranking com 1000, 665 e 553 pontos, respectivamente.

A Selecção Nacional que até então ocupava o décimo sexto lugar do ranking mundial, viu o seu \"posto\" a ser ocupado pela similar da Nigéria, que venceu a última edição do Campeonato Africano das Nações de basquetebol em séniores masculino, vulgo Afrobasket, competição realizada em 2015, na Tunísia.

O combinado da Nigéria que bateu na final a congénere de Angola, por 65-74,erguendo pela primeira vez o ceptro africano, contra onze títulos do cinco nacional, subiu nove lugares, ocupando nesta altura o décimo sexto lugar, com 102, 2 pontos, sendo por isso, a selecção africana melhor classificada do ranking mundial.

Tunísia, outro representante do  continente berço da humanidade, vencedor do título do Agrobasket de 2011, prova disputada em Antananarivo, capital do Madagáscar, ocupa actualmente a vigésima primeira posição, com 69 pontos, mais três pontos em relação à Selecção Nacional, que a partir da próxima semana começa a projectar a sua participação no torneio de apuramento ao Afrobasket do Congo Brazzaville, prova a realizar-se de 25 a 31 do mês em curso, na Zâmbia.

As selecções da Sérvia e da França, que ocupam a terceiro e quarto lugares, com 553 e 444 pontos, ascenderam três e um lugar, respectivamente.
Já os Estados Unidos da América, campeão mundial e olímpico, continua no comando da classificação do ranking mundial, com 1000 pontos, seguido da Espanha dos irmãos Gasol, com 665 pontos.

Entre as selecções que baixaram, destaque ainda para Alemanha, de Dirk Nowitzki, atleta que actua nos Dalls Maveriks da NBA, que baixou nada mais, nada menos, do que nove lugares, contra oito do Irão, ocupando por isso, a vigésima nona posição, ao passo que a República Islâmica do Irão encontra-se na vigésima quinta posição do ranking mudial.

Lituánia, até então terceiro classificado do ranking mundial, baixou dois lugares, ocupando o quinto lugar, agora com 442 pontos, ao passo que a Grécia baixou três lugares, estando nesta altura, na décima terceira posição.

Nigéria e Venezuela, décimo sexto e décimo quinto classificados, foram as selecções que mais degraus subiram, com nove e sete lugares, respectivamente.

Egipto, penta campeão africano, ocupa a quadragésima primeira posição, com 19,2 pontos, ao passo que a Costa do Marfim ocupa a quadragésima posição, com 20,4 pontos. Senegal, outra potência no continente africano, está na trigésima primeira posição, com 29 pontos.

Dos países falantes da língua portuguesa, Brasil e Angola, são os melhores classificados do Ranking. Os brasileiros ocupam o sétimo lugar, com 323 pontos. Moçambique, Cabo Verde e Portugal, são aspiores nações classificadas, com 61º 63º e 84 lugares respectivamente.

Já no ranking africano, Nigéria, Tunísia e Angola, ocupam os três primeiros lugares, com 106,2, 69 e 66 pontos, respectivamente. Senegal, Costa do Marfim e Egipto ocupam oa lugares imediatos, com 29, 20,4 e 19,2 pontos.

BIC Basket
Progresso mantém ciclo de triunfos


A formação do Progresso Associação do Sambizanga mantém o ciclo de vitórias na fase de grupos do “Nacional”, ao derrotar ontem, no Pavilhão Anexo número dois da Cidadela, a similar do Clube Desportivo Marinha de Guerra, por 76-83, em partida de acerto de calendário da quarta jornada da primeira volta do Grupo A da 39ª edição do Campeonato Nacional de basquetebol em Seniores masculinos, vulgo BIC Basket.

O desafio que inicialmente estava marcado para sábado último, no mesmo recinto, não se realizou por falta de iluminação.Entretanto, depois de ter superado as formações do Atlético Petróleos de Luanda e do Grupo Desportivo Interclube, por 97-87 e 71-65, respectivamente, nas jornadas anteriores, os comandados de Alberto de Carvalho \"Ginguba\" bateram ontem os pupilos de Paulo Macedo, por 83-76, desafio que ficou marcado pelo signo do equilíbrio, fundamentalmente, nos últimos três quartos.

Com este triunfo, a formação do Progresso Associação do Sambizanga alcançou a sua terceira vitória consecutiva na fase de grupos. Os sambistas entraram melhor na partida, ao contrário do seu opositor, e alcançaram um parcial de 26-17.

No segundo período, o Progresso venceu no parcial, por 19-18, o que perfez 45-35, ao cabo dos primeiros 24 minutos.A rapaziada de Paulo Macedo venceu os últimos dois quartos, por 21-19 e 20-19, mas o resultado final fixou-se em 83-76, a favor do Progresso.

Sekouba Conde e Olencio Ndatipo foram os melhores marcadores do Progresso, com 17 e 15 pontos, respectivamente. Já Evaldo Castro, da Marinha foi o cestinha da partida, com 27 pontos.Libolo, Petro e 1º de Agosto ocupam as primeiras posições do Grupo A, com 40 e 35 pontos, respetivamente.

PAULO MACEDO ACUSA
DUPLA DE ARBITRAGEM

No final da partida, Paulo Macedo, treinador principal da Marinha, atirou-se contra a dupla de arbitragem constituída por Osvaldo Neto e Gilberto António, que no seu entender prejudicou claramente a sua colectividade.

\"Eu já tinha prometido não falar mais da arbitragem, mas, sinceramente, o que aconteceu hoje (ontem) aqui foi um roubo. A dupla de arbitragem prejudicou muito a minha equipa. E se os jogadores e treinadores são punidos pelas infrações que cometem, acho que os árbitros também deveriam ser sancionados pelas más arbitragens\", finalizou Paulo Macedo que deu igualmente os parabéns ao Progresso Associação do Sambizanga pelo triunfo.

Por seu lado, Alberto de Carvalho \"Ginguba\", comandante do Progresso, era um técnico visivelmente satisfeito pelo triunfo obtido pela sua equipa.
\"Penso que a rapaziada está de parabéns por ter conseguido mais uma vitória. Vamos continuar a trabalhar no sentido de mantermos o ciclo de triunfos na competição\", revelou \"Ginguba\".

As  emoções da \"bola ao cesto\" regressam esta sexta-feira nas mais diversas quadras da capital do país, com a disputa da quinta jornada dos grupos A e B, respectivamente. Ainda ontem, para o Grupo B, o ASA vergou a Lusíada, por 72-66.

NBA/Oeste
Spurs vencem Atlanta Hawks
e assumem liderança


O San Antonio Spurs derrotou na noite de segunda-feira o Atlanta Hawks, no AT&T Center, por 107-99, e passa a dividir com o Golden State Warriors a liderança da Conferência Oeste na temporada 2016-2017 da NBA. Kawhi Leonard liderou os Spurs, fazendo 31 pontos e terminando o confronto como cestinha. Nos Hawks, que vinham de três triunfos seguidos, Dennis Schroder fez um duplo-duplo, com 22 pontos e dez assistências.

Já o Chicago Bulls visitou o Charlotte Hornets, no Spectrum Center, e venceu o duelo por 115-109. Nikola Mirotic foi o destaque dos Bulls, com um duplo-duplo, fazendo 24 pontos e 11 ressaltos. O brasileiro Cristiano Felício atuou por 14min03, com dois pontos, sete ressaltos e uma assistência. Pelo lado dos Hornets, Jeremy Lamb fez 26 pontos e foi o cestinha da partida.

No Air Canada Centre, o Toronto Raptors recebeu o Dallas Mavericks e ganhou a partida, por 100-78.DeMar DeRozan, dos Raptors, foi o cestinha com 25 pontos. O brasileiro Lucas \"Bebê\" Nogueira ficou 3min37 em quadra, e conseguiu dois ressaltos. Já nos Mavs, Harrison Barnes foi o principal jogador com 18 pontos.

O Memphis Grizzlies derrotou o Milwaukee Bucks, no FedExForum, por 113-93. O veterano Vince Carter, de 40 anos, foi o cestinha marcando 24 pontos para os Grizzlies. Já Giannis Antetokounmpo foi o destaque dos Bucks, com 18 pontos.Com Karl-Anthony Towns em grande noite, o Minnesota Timberwolves venceu o Washington Wizards, no Target Center, por 119-104.

O poste foi o cestinha e fez um duplo-duplo, com 39 pontos e 13 ressalstos. Nos Wizards, John Wall terminou a partida com 27 pontos.Na Vivint Smart Home Arena, o Utah Jazz recebeu a visita do Los Angeles Clippers e venceu o duelo por 114-108.

Ficha técnica
Pavilhão anexo

Comissário: Francisco ANTÓNIO
Arbitragem: Osvaldo Neto e Gilberto António
Progresso: Gerson Martins (10), Jose Antônio (3), Olencio Ndatipo (15), Hugo Cristiano (5), Roming Sambo (7), Vladimir Pontes (6), Edson Rosário (0), Afonso Rodrigues (7), Francisco Destino (8), Muamba Ilunga (5), Sekouba Conde (17), Éric Nerman (0).
Treinador: Alberto de Carvalho \"Ginguba\"
Marinha: Evando Castro (27), Carlos Cabral (0), Moussa Kaba (0), Silvio Doria (2), Valdir Gonçalves (5), Aguinaldo Jaime (1), Eusébio Santos (7), Joaquim Munda (2), Edson Hilukilwa (6), Adilson Paulo (8), GARCIA Destino (14), Jose Fula (4).
Treinador: Paulo Macedo
Marcha do marcador: 
26-17, 45-35, 64-56, 83-76