Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Angola estreia hoje no Afrobasket

Melo Clemente - 18 de Agosto, 2017

Bicampeãs africanas querem começar a competição com uma vitória convincente

Fotografia: Vigas da Purificação | Edições Novembro

A Selecção Nacional de basquetebol em seniores femininos começa esta noite, a partir das 22h15 minutos, no Palácio dos Desportos de Salamatou Maiga,  no Mali, a sua caminha rumo à conquista do título africano, quando defrontar a similar dos Camarões, desafio que marca o encerramento da primeira jornada do Grupo A da fase preliminar do Afrobasket 2017, prova selectiva ao Campeonato do Mundo de Espanha de 2018.

Com a base norte-americana naturalizada angolana, Italle Lucas, a liderar as acções ofensivas, as bicampeãs africanas vão seguramente procurar suplantar esta noite as camaronesas, selecção que na última edição do Campeonato Africano das Nações de 2015, prova realizada no seu território, ficou com a medalha de prata,  ao ser vergada na final pelas senegalesas.

Luisa Tomás, Felizarda Jorge, Sónia Guadalupe e Cristina Matiquite devem completar o cinco inicial do combinado nacional.À partida desta noite, reveste-se de capital importância, fundamentalmente, para a Selecção Nacional que na ronda número dois do Grupo A da fase preliminar terá pela frente a selecção anfitriã, no caso, o Mali, conjunto que também está fortemente engajado na conquista do título africano e, consequentemente, no apuramento ao Campeonato do Mundo de Espanha, prova a decorrer em 2018.

Jaime Covilhã, técnico angolano que procura o seu primeiro troféu continental, vai montar uma equipa que seja capaz de neutralizar as ações ofensivas da selecção dos Camarões, actual vice-campeã africana.Nos dias que antecederam o arranque da competição, o seleccionador nacional trabalhou mais a componente psicológica, por formas a que as suas pupilas entrem com maior determinação no prélio de mais logo.Apesar de reconhecer o potencial da selecção dos Camarões, o seleccionador nacional não escondeu o desejo de começar a caminha rumo ao título africano, com uma vitória.

"Vamos ter pela frente uma forte selecção, mas ainda assim, tudo faremos para conseguirmos a nossa primeira vitória. Para tal teremos que entrar com os índices de concentração em alta do primeiro ao último minuto", alertou Jaime Covilhã.Entretanto, para a fase final do Campeonato Africano das Nações do Mali, o seleccionador nacional vai contar com a experiência de seis jogadoras que estiveram na conquista do primeiro anel continental, isto em 2011, curiosamente, no território maliano.

Trata-se de Sónia Guadalupe, Ngiendula Filipe, Felizarda Jorge, Luisa Tomás, Crsitina Matiquite e Finesa Eusébio.Por seu turno, o técnico dos Camarões tem a estratégia montada para contrapor o poderio das bicampeãs africanas.O equilíbrio vai seguramente dominar o desafio desta noite, a julgar pelo potencial das duas seleções.Depois de ter perdido em casa a final da última edição do Campeonato Africano das Nações, as camaronesas estão apostadas na conquista do título africano de 2017.

A prova conta com a participação de doze seleções, subdivididas em dois grupos de seis equipas cada.A primeira fase será disputada no sistema de todos contra todos, passando para quartos-de-final, as quatro primeiras classificadas de cada Grupo.O Afrobasket do Mali vai apurar as duas primeiras seleções para o Campeonato do Mundo de Espanha de 2018.

No Grupo B
Senegal e Guiné abrem as hostilidades


Senegal, actual campeã africana em título, defronta hoje, sexta-feira, a partir das 9h30, no Palácio dos Desportos de Salamatou Maiga, a similar da Guiné, em partida que marca a abertura do Grupo A do Campeonato Africano das Nações, vulgo Afrobasket, prova com palco no Mali.Apesar da ausência da extremo poste Maimouna Diarra, atleta que declinou o convite para disputar a fase final do Afrobasket 2017, a selecção do Senegal se apresenta como favorita à conquista dos dois pontos em disputa e, consequentemente, na reconquista do título africano.

As senegalesas não vão precisar de se aplicar ao fundo, para vergar as guineenses, conjunto que é de longe inferior as actuais vice-campeãs africanas, selecção que ostenta nada mais, nada menos do que onze troféus continentais.Sem a craque dos Los Angeles Sparks da WNBA, a selecção do Senegal vai vencer com toda a naturalidade a Guiné, equipa que esta fortemente engajada na passagem para os quartos-de-final do Campeonato Africano das Nações.

A partir das 11h45, o Grupo B da fase preliminar, vai escaldar com República Democrática do Congo-Egipto, duas selecções que vão lutar pelos lugares cimeiros da aludida competição.O desafio é de difícil prognóstico, a julgar pela qualidade dos dois planteis. O equilíbrio vai seguramente marcar a partida entre congolesas e egípcias.Para o fecho do Grupo B, a selecção de Moçambique vai medir forças com a congénere da Nigéria, às 16h15 minutos, prélio onde as nigerianos levam consigo um ligeiro favoritismo.

Costa do Marfim e República Centro Africana jogam a partir das 14h00, em partida referente à primeira jornada do Grupo A. As centro-africanas que foram repescadas para a aludida prova tencionam surpreender as costa-marfinenses.Por seu turno, o Mali, país anfitriã, recebe a partir das 20h00, no Palácio dos Desportos de Salamatou Maiga, a similar da Tunísia, num prélio de difícil prognóstico. Malianas e tunisinas vão seguramente protagonizar um duelo de gigantes, dado o potencial das duas selecções.Entretanto, a competição prossegue amanhã, sábado, com a disputa da segunda jornada da fase preliminar dos grupos A e B.

Palmarés
Senegal domina

Com onze (11) troféus conquistados até aqui, a selecção do Senegal é nesta altura o país mais titulado do continente berço da humanidade, seguido do Egipto, Angola e Zaire, actual República Democrática do Congo, todos com dois títulos africanos arrebatados.

Ano País Vencedor

1966 Guiné Egipto
1968 Egipto Egipto
1970 Togo Madagáscar
1974 Tunísia Senegal
1977 Senegal Senegal
1981 Senegal Senegal
1984 Senegal Senegal
1986 Maputo Zaire
1990 Tunísia Senegal
1993 Senegal Senegal
1994 África do Sul Zaire
1997 Quénia Senegal
2001 Tunísia Senegal
2003 Maputo Nigéria
2007 Senegal Mali
2009 Madagáscar Senegal
2011 Mali ANGOLA
2013 Maputo ANGOLA
2015 Camarões Senegal

1999 e 2005 Anuladas

DIA 18
GRUPO A

Costa do Marfim-RCA 14h00
Mali-Tunísia 20h00
ANGOLA-Camarões 22h15

GRUPO B
Senegal-Guiné
RDC-Egipto 11h15
Moçambique-Nigéria

DIA 19
GRUPO A

RCA-Tunísia 10h30
Camarões-Costa do Marfim 15h00
Mali-ANGOLA 19h30

GRUPO B
Egipto-Guiné 12h45
Nigéria-RDC 17h15
Senegal-Moçambique 21h45

DIA 20
GRUPO A

ANGOLA-Tunísia 15h00
Costa do Marfim-Mali 19h30
Camarões-RCA 21h45

GRUPO B
Nigéria-Egipto 10h30
Moçambique-Guiné 12h45
RDC-Senegal 17h15

DIA 22
GRUPO A

Tunísia-Camarões 17h45
RCA-Mali 19h30
Costa do Marfim-ANGOLA 21h45

GRUPO B
Egipto-Senegal 10h30
Guiné-Nigéria 12h45
RDC-Moçambique 15h00

DIA 23
GRUPO A

RCA-ANGOLA 15h00
Tunísia-Costa do Marfim 17h15
Mali-Camarões 19h30

GRUPO B
Guiné-RDC 10h30
Egipto-Moçambique 12h45
Senegel-Nigéria 21h45