Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Angola perde com Iro e complica contas para Tquio 2020

Melo Clemente - 07 de Setembro, 2019

Seleco Nacional sucumbiu ontem frente ao Iro por 62-71 no desafio das classificativas

Fotografia: DR

Sem o base Gerson Domingos, a contas com uma lesão no tornozelo, a Selecção Nacional de basquetebol em seniores masculinos perdeu ontem, em Beijing, com a similar do Irão, por 62-71, em partida a contar para as classificativas do décimo sétimo ao trigésimo segundo lugar da 18ª edição da Copa do Mundo, competição que encerra a 15 do mês em curso, na República Popular da China.
Consciente da importância que se revestia o desafio, onde era imperioso vencer, para se manter na caminhada rumo ao apuramento aos Jogos Olímpicos de Tóquio, Japão, em 2020, o cinco nacional não foi capaz de superar a congénere do Irão, em partida referente ao Grupo N.
Depois de ter conseguido uma vitória apertada diante das Filipinas (84-81), no adeus à fase preliminar da 18ª edição da Copa do Mundo, os pupilos do técnico norte-americano, Will Voigt, não foram capazes de manter os índices de confianças, perdendo com o Irão, situação que complica as contas para o tão almejado desejo, que passa pela qualificação aos Jogos Olímpicos de Tóquio.
Num encontro histórico para as duas selecções que nunca haviam se defrontado numa Copa do Mundo, os iranianos acabaram por ser mais felizes frente aos angolanos, que continuam a praticar um jogo sofrível , para o desalento da nação.
Na ausência do base principal Gerson Domingos, a condução do jogo ofensivo do cinco nacional foi entregue ao jovem Leandro Conceição, que diga-se, não comprometeu.
Aliás, Leandro da Conceição e Gerson Gonçalves estiveram em bom plano, apesar do combinado nacional ter baqueado diante da selecção do Irão.
O quarto inicial foi jogado sob o signo de equilíbrio, apesar dos hendecacampeões africanos terem terminado em desvantagem de dois pontos (17-19).
Com as duas selecções a produzirem um jogo bastante sofrível, o combinado nacional acabou por marcar apenas doze pontos (12), contra nove do seu opositor, fixando o resulto em 29-28, ao cabo dos primeiros vinte minutos.
E quando se espera por uma postura mais ofensiva do cinco nacional, foi a selecção do Irão que superiorizou-se nos quartos subsequentes, para o desalento dos amantes da \"bola ao cesto\".
A desqualificação do poste Yanick Moreira limitou ainda mais o jogo interior do combinado nacional. Moreira terminou o jogo com sete ressaltos.
No terceiro período o Irão anotou vinte (20) pontos, contra dezasseis (16) do cinco nacional.E para não variar, os iranianos voltaram a vencer no derradeiro quarto, por 23-17, fixando o resultado final em 62-71.
O inevitável Carlos Morais, extremo base do Atlético Petróleos de Luanda, voltou a mostrar classe, terminado o desafio com 17 pontos, para além de três resultados e duas assistências. Valdelício Joaquim e José António contribuíram com dez pontos cada.
A percentagem nos lançamentos a longa distância continua muito baixa. Dos dezoito lançamentos tentado, o cinco nacional converteu apenas sete, o que representa 39%, contra 40% do seu opositor (6/15).
Entretanto, Eduardo Mingas, 40 anos de idade, e Olímpio Cipriano, 37 anos de idade, não saíram do bando, tal como aconteceu na vitória diante das Filipinas.

FICHA TÉCNICA

Pavilhão:
Beijng Wukesong Sport Center
Comissário:
Zulfikar Karim
Arbitragem:
Yener Yimez (Turquia), Scoutt Beker (Austrália) e Nicolas Fernandes (Taiti)
ANGOLA:
José António (10), Olímpio Cipriano (0), Leandro Conceição (2), Gerson Domingos (0), Gerson Gonçalves (4), Valdelício Joaquim (10), Hermenegildo M´bunga (2), Eduardo Mingas (0), Reggie Moore (6), Carlos Morais (17), Yanick Moreira (4), Leonel Paulo (7).
Treinador:
Will Voigt
Irão:
Asron Geramipoor (11), Hamed Haddadi (9), Mohammad Jamshidijafarabadi (6), Sajjad Mashayekhi (2), Meisam Mirzaeittalarposhti (0), Rosoul Mozafarivanani (5), Mohammadsamad Nik (21), Michael Rostampour (4), Behnam Yakhalidehkordi (5), Arman Zangerrech (2)
Treinador:
Mehran Shahintab
Marcha do marcador: 1
7-19, 29-28, 45-48, 62-71

Jogadores utilizados
de 1986 a 2019


Eduardo Mingas     (5)
Joaquim Gomes “Kikas”    (4)
Victor Carvalho     (4)
Olímpio Cipriano     (4)
Jean J. da Conceição     (3)
Aníbal Moreira     (3)
David Dias     (3)
Paulo Macedo     (3)
Ângelo Victoriano     (3)
Carlos Almeida     (3)
Miguel Lutonda     (3)
Armando Costa     (3)
Carlos Morais                          (3)
Manuel Sousa “Necas”     (2)
José C. Guimarães     (2)
Herlander Coimbra     (2)
Milton Barros     (2)
Roberto Fortes     (2)
Ivo Alfredo     (2)
Leonel Paulo     (2)   
Reggie Moore     (2)
Yanick Moreira     (2)
Hermenegildo Mbunga     (2)
Josué Campos     (1)
Artur Barros     (1)
José Assis     (1)
Francisco Cungulo     (1)
Adriano Baião     (1)
Gustavo da Conceição     (1)
Ademar Barros     (1)
Nelson Sardinha     (1)
Garcia Domingos     (1)
Honorato Troso     (1)
Benjamin Romano     (1)
Victor Muzadi     (1)
Benjamin Avô     (1)
Walter Costa     (1)
Gerson Monteiro     (1)
Edmar V. “Baduna”     (1)
Mário Belarmino     (1)
Afonso Silva “Fõ”     (1)
Luís Costa     (1)
Emanuel Neto     (1)
Abdel Moussa Boukar     (1)
Domingos B. “Deny”     (1)
Vladimir Ricardino     (1)
Felizardo A. “Miller”     (1)
Islando Manuel     (1)
Hermenegildo “Gildo”     (1)
Edson Ndoniema     (1)
Valdelício J. “Vander”     (1)
Gerson Domingos     (1)
Leandro Conceição     (1)
José António     (1)
Gerson  “Lukeny”     (1)