Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Angola supera Filipinas no Mundial

09 de Agosto, 2014

Angola derrota as Filipinas na estreia

Fotografia: Jornal dos Desportos

Angola está no palco da competição integrada no grupo A, desde a passada terça-feira, depois de ter cumprido durante 40 dias, em território espanhol, um estágio pré-competitivo no qual realizou dez jogos de controlo com formações locais, perdendo seis e vencendo quatro com equipas da primeira e segunda ligas.

Os angolanos garantiram o apuramento para a competição depois de terem conquistado o Campeonato Africano das Nações, Afrobasket, na categoria de sub-16, prova disputada em Antananarivo, capital de Madagáscar, em 2013.

Na segunda jornada, Angola vai medir forças com os campeões em título, Estados Unidos da América, enquanto a Grécia tem pela frente as Filipinas. O combinado nacional volta a entrar em cena no dia 11, frente à Grécia, no fecho da fase preliminar do campeonato do mundo.

Fazem parte da equipa nacional os atletas: Edmilson Miranda, Daniel Manuel, Erick Amândio (Bases) Avelino Dó, Milton Valente, Cristiano Xavier,Teodoro Hilário, Aires Goubel e Alberto Costa (extremos-base ) Valdir Manuel, Bruno Fernandes, Alexandre Jungo e Sílvio Sousa (extremos-poste). Os restantes grupos são constituídos pelo Japão, França, Canadá e Austrália (B), Porto Rico, Emirados Árabes Unidos, Itália e Espanha (C) Argentina, Sérvia, China e Egipto (D), completam o quadro de equipas participantes da prova, que se  realiza pela primeira vez naquela região da Ásia.

Campeãs recuperam  condição física

A recuperação da lesão da extremo-poste Nadir  Manuel constitui a principal preocupação do corpo médico da Selecção Nacional de basquetebol sénior feminina que projecta a sua presença na fase final do Campeonato Mundial, a decorrer de 27 de Setembro a 5 de Outubro na Turquia.

A informação foi avançada, ontem, ao Jornal dos Desportos, pela fisioterapeuta Ndona Jaqueline durante a sessão de treinos  realizada às 7h00, no Estádio dos Coqueiros, em que as comandadas de Aníbal Moreira cumpriram mais uma etapa do programa voltado para o aprimoramento da condição física.

A especialista falou da existência de pequenas lesões no seio das pré-convocadas de Aníbal Moreira e Elisa Pires que, segundo garantiu, são de fácil recuperação e não constituem motivo de preocupação, uma vez a que a recuperação está a decorrer com a celeridade esperada, estando o conjunto, na sua plenitude, deixado excelentes indicadores durante a primeira etapa de preparação física.

"É normal que algumas atletas se ressintam de lesões contraídas ao longo da época ora terminada, por isso não é de espantar qualquer eventualidade desta natureza. O único caso que inspira mais cuidados é o de Nadir  Manuel, que está a recuperar de uma lesão, ao passo que as suas companheiras, não obstante algumas mazelas, estão bem do ponto de vista físico", salientou  a fisioterapeuta.

O combinado nacional realiza esta manhã a última sessão de treinos físicos, devendo na segunda-feira começar o segundo microciclo no pavilhão anexo II da Cidadela Desportiva, fase em que Aníbal Moreira e Elisa Pires dão primazia ao aprimoramento dos  aspectos tácticos e técnicos, já em preparação do Torneio de Limoges, a decorrer de 28 a 30 deste mês, em França, prova que antecede o estágio em Espanha, no âmbito da  preparação para a maior prova à escala planetária.

Por seu turno, a médica da selecção, Margarida João, deixou transparecer muita confiança quanto à obtenção de bons resultados nos exames médicos de rotina efectuados quinta-feira de manhã nos laboratórios do Hospital Josina Marchel, com base no acompanhamento que tem levado a efeito desde o Torneio Internacional de Maputo em que grande parte das atletas convocadas para o Mundial esteve presente.

De acordo com Margarida João, os exames de electrocardiograma  e hematobióticos servem para  confirmar a inexistência de qualquer  irregularidade no sistema nervoso ou a incubação de agentes patológicos que possam inviabilizar o desempenho da atleta no decorrer da competição. "Em medicina não se podem fazer especulações  uma vez que os resultados ainda não foram divulgados, mas, pela experiência, estamos em crer que as nossas atletas estão saudáveis e aptas para, mais uma vez, cumprirem com todas as fases de preparação no sentido de irem para a competição na sua melhor forma desportiva", augurou  a médica Margarida João.
Hélder Jeremias


ESPANHA
Durant renuncia
 à prova mundial


O Mundial de Basquetebol da Espanha sofreu quinta-feira uma grande baixa. Talvez aquele que prometesse ser o principal nome do torneio, o ala Kevin Durant, desistiu de participar da competição pela selecção norte-americana. O MVP (jogador mais valioso) da última temporada da NBA alegou cansaço "mental e físico" após o último campeonato com o Oklahoma City Thunder para justificar a sua decisão.

"Foi uma decisão difícil, já que tenho grande orgulho de representar o nosso país. Sei que devo aos meus companheiros da selecção estar totalmente concentrado nesta experiência. Depois de treinar com a selecção, eu percebi que não podia cumprir as minhas responsabilidades com a equipa. Preciso de dar um passo atrás e dar um tempo, física e mentalmente, para me preparar para a próxima temporada da NBA. Vou estar a torcer para a selecção e esperar  próxima oportunidade de estar com eles", disse o jogador em comunicado.

Durant participou da primeira fase de preparação da selecção norte-americana em Las Vegas, na semana passada, e era aguardado para o segundo estágio,   a partir da próxima quinta-feira em Chicago. O director técnico da equipa, Jerry Colangelo, revelou ter sido procurado pelo astro, que lhe comunicou  a sua desistência.

"Kevin veio ter com o técnico (Mike Krzyzewski) e comigo esta tarde e expressou estar fisica e mentalmente exausto da temporada da NBA. Ele tentou dar uma oportunidade nos treinos em Las Vegas, mas sentiu que não estava preparado para cumprir com o seu compromisso. Nós  apoiamos o jogador. O seu bem-estar é a coisa mais importante para nós e nós entendemos que ele tenha de se afastar para se preparar para a próxima temporada", declarou.

Kevin Durant é um dos maiores astros da NBA na actualidade e  tornou-se mais um desfalque numa já combalida selecção norte-americana. Além de nomes como LeBron James, Carmelo Anthony e Kobe Bryant, que nem sequer foram chamados, a equipa ouviu pedidos de dispensa recentes de Blake Griffin e Russell Westbrook. Para piorar, também perdeu Paul George, que sofreu uma  fractura na perna e pode ficar até um ano e meio afastado do basquetebol.

Ainda assim, os Estados Unidos contam com atletas como Kyrie Irving, Derrick Rose, Stephen Curry, James Harden, entre outros, o que os credencia como favoritos ao título, ao lado da Espanha. No próximo dia 16, os norte-americanos disputam um amistoso com o Brasil, em Chicago. A estreia da equipa no Mundial tem lugar no dia 30, diante da Finlândia.