Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Angolanas projectam "Africano" em Harare

Juscelino da Silva - 06 de Junho, 2019

Angolanas querem voltar a Bamako palco da primeira conquista continental

Fotografia: Jornal dos Desportos

Depois de um período de incertezas quanto a viajem da selecção sénior feminino de basquetebol, o cinco nacional finalmente deixou ontem, às 14h00, a capital do país com destino a Harare, Zimbabwe. A falta de dinheiro para a saída do cinco nacional está na origem do atraso da viagem do combinado nacional. A selecção nacional sénior feminino vai disputar nos dias 7 e 8 do corrente o torneio de qualificação ao Afrobasket a ser disputado em Agosto próximo na capital do Mali, Bamako.
Apesar do contratempo vivido na fase de preparação em solo pátrio, Apolinário Paquete, treinador principal, garantiu ao Jornal dos Desportos que as meninas estão motivadas e prontas para dar em resposta adequada e garantir o apuramento ao Afrobasket.
Das treze atletas convocadas, levou apenas onze jogadoras para o palco da competição. Nas ausências saltam à vista as postes Nadir Manuel (32 anos) e Giendula Filipe (34 anos). A primeira contraiu um surto palúdico e a segunda contraiu lesão no joelho esquerdo.
Depois das contrariedades, Nadir Manuel e Giendula Filipe ainda realizaram alguns treinos com o grupo, mas os quadros clínicos alteraram-se à última hora. Um dia antes da viagem, a equipa médica da selecção nacional informou à equipa técnica a indisponibilidade das duas atletas.
Nadir Manuel integrou a selecção nacional, campeã do Afrobasket do Mali em 2011 e de Maputo em 2013.
Apesar das contrariedades, o timoneiro do cinco nacional partiu confiante no apuramento da selecção nacional ao próximo Afrobasket. O experiente técnico levou ao Zimbabwe as jogadoras Rosimira Daniel, Joana António, Regina Pequeno, Érica Agostinho, Eduarda Gabriel, Emmanuela Mateus, Felizarda Jorge (capitã), Elizabeth Mateus, Juda Quindanda, Rosa Gala e Avelina Peso.
Na capital de Zimbabwe, a selecção nacional vai efectuar duas partidas com a equipa da casa em busca de uma vaga para o Afrobasket.

ANGOLANO
Gelson Dala pode rumar  para AEK da Grécia

Se Francisco Geraldes pode ir, por empréstimo, para o AEK, agora, treinado por Miguel Cardoso, o mesmo pode acontecer com Gelson Dala. O jovem avançado angolano, escreve o jornal O Jogo, pode rumar para o clube grego, por empréstimo do Sporting, em 2019/20. O negócio está prestes a avançar e pelo lado dos leões, o negócio não deve ser difícil de concretizar-se, uma vez que Gelson Dala não é uma prioridade para Marcel Keizer, no início da próxima época. Miguel Cardoso, novo timoneiro do AEK, já trabalhou de perto com os dois jogadores no Rio Ave e deve ter pedido a contratação de ambos,  para esta sua nova aventura em terras gregas.
Geraldes, em declarações à imprensa da Grécia, afirmou na quinta-feira que ninguém do AEK falou com ele, ainda, embora, os elogios a Miguel Cardoso tenham ecoado em Atenas.