Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Apuramento inédito para o Mundial 2014

Melo Clemente - 07 de Julho, 2013

A Selecção Nacional de basquetebol masculino em sub-16 qualificou-se ontem para a final da IV edição do Campeonato Africano das Nações

Fotografia: Jornal dos Desportos

Apesar do triunfo, os angolanos comandados tecnicamente por Manuel Silva “Gi” sentiram imensas dificuldades para levar de vencida a selecção da Tunísia, fundamentalmente, nos dois primeiros períodos.

A Selecção Nacional teve que se aplicar a fundo, já que terminou o segundo quarto com uma desvantagem de 17 pontos (37-20). Mais determinados no terceiro quarto, quer a defender, quer a atacar, os pupilos da dupla técnica Manuel Silva “Gi” e Miguel Lutonda encetaram uma estrondosa recuperação, tendo imposto um empate a 52 pontos.

No derradeiro quarto, a Selecção Nacional superiorizou-se, fruto da maior frescura física, ao contrário dos tunisinos que tiveram que se render à supremacia do basquetebol angolano, que estará pela primeira vez na história numa fase final de um Campeonato do Mundo da modalidade na categoria de sub-17.

Bruno Fernando e Daniel Manuel estiveram em destaque no cinco nacional, ao anotarem 14 e 13 pontos. Bruno Fernando foi ainda melhor ressaltador, com dez ressaltos, seguido de Avelino Dó e Alexandre Jungo, ambos com oito. Os angolanos defrontam hoje os egípcios para a decisão do título africano.


Macedo satisfeito com estágio


O seleccionador nacional, Pulo Macedo, considerou proveitosas as três semanas de preparação da Selecção Nacional que prepara a sua participação na 27ª edição do Campeonato Africano das Nações, vulgo Afrobasket, prova que se disputa de 20 a 31 de Agosto próximo, na Costa do Marfim, selectiva para o Campeonato do Mundo de Espanha, em 2014.

Paulo Macedo teceu estas considerações na última sexta-feira, no Pavilhão do CODENM, numa sessão que ficou marcada pelo afastamento de cinco atletas, designadamente, Mutu Fonseca, poste, António Monteiro e Edson N´doniema, ambos extremos, todos do Recreativo do Libolo, Paulo Santana, base, do Petro de Luanda, e Islando Manuel, extremo da formação militar.

“Foram três semanas extremamente positivas, a julgar pelo empenho demonstrado pelos atletas. Como sabem, a época desportiva foi bastante desgastante mas, ainda assim, os jogadores conseguiram dar o seu máximo durante esta primeira etapa de preparação”, reconheceu o seleccionador nacional.

A primeira filtragem do grupo foi antecedida de um jogo treino, onde a equipa de vermelho, constituída por Olímpio Cipriano, Reggie Moore, Eduardo Mingas, Carlos Morais, Milton Barros, Hermenegildo Santos, derrotou a conjunto vestido de branco, liderado por Joaquim Gomes “Kikas”, Leonel Paulo, Divaldo Mbunga, Roberto Fortes, Armando Costa, Paulo Santana, Edson N´doniema, Mutu Fonseca e António Monteiro.

O seleccionador nacional deixou uma palavra de incentivo aos cinco atletas excluídos nesta primeira triagem. “Gostaria de apelar aos jogadores que foram excluídos para continuarem a trabalhar porque eles fazem parte deste grupo de trabalho. Infelizmente não podem ir todos a Espanha, daí que tivemos que eliminar os cinco primeiros atletas para posteriormente tirarmos mais três”, asseverou o antigo internacional angolano, hoje nas vestes de seleccionador nacional.

A Selecção Nacional trabalhou durante as três semanas nas províncias do Bié, Benguela e Luanda. Eis os 15 atletas que seguem para Espanha: Armando Costa, Carlos Almeida, Edmir Lucas, Felizardo Ambrósio, Hermenegildo Santos, Joaquim Gomes "Kikas", Reggie Moore, Olímpio Cipriano, Roberto Fortes, Carlos Morais, Divaldo Mbunga, Leonel Paulo, Eduardo Mingas, Milton Barros, Valdelicio Joaquim.

 A viagem para Espanha, onde vão estagiar antes da competição, está agendada para segunda-feira. No mesmo dia, no período matinal, os 15 atletas escolhidos efectuam o último treino em Luanda. Angola integra o grupo C com as selecções de Cabo Verde, Moçambique e República Centro-Africana (RCA). A Tunísia é a campeã em título.


Afrobasket

Apolinário Paquete desmobiliza Selecção


O seleccionador nacional de basquetebol feminino em sub-16, Apolinário Paquete, desmobilizou hoje o grupo de trabalho que se preparava para competir na fase final do Campeonato Africano das Nações da categoria, vulgo Afrobasket, em virtude da competição que estava inicialmente marcada para o período de 27 do mês em curso a 4 de Agosto próximo, em Harare, Zimbabwe, ter sido adiada para Setembro próximo, por instabilidade política naquele país.

Sexta-feira, a direcção da Federação Angolana de Basquetebol ofereceu um almoço às integrantes da Selecção Nacional feminina de sub-16, que serviu para Paulo Alexandre Madeira, número um da FAB, se despedir do grupo. Na ocasião, Paulo Alexandre Madeira desejou bom regresso às atletas do interior, bem como às da capital do país, tendo recomendado a empenharem-se ao máximo nos estudos.

O presidente da FAB decidiu que as atletas quando regressarem a Luanda a fim de darem seguimento à sua preparação, isto na primeira quinzena de Agosto, devem apresentar à direcção da federação o aproveitamento escolar. O Campeonato Africano das Nações da modalidade na categoria de sub-16 em femininos apura as duas primeiras selecções para a fase final do Campeonato do Mundo de sub-17, competição a decorrer na Eslováquia. MC


NBA
Dwight Howard
voa para Houston


O suspense acabou por via de uma mensagem nas redes sociais, assinada pelo próprio, que confirmou um cenário aguardado: Dwight Howard vai jogar nos Houston Rockets a partir da próxima temporada. O voo do Superman da Califórnia - onde defendeu os Los Angeles Lakers numa inglória campanha - para o Texas será anunciado a 10 de Julho, mas, oficiosamente, alguns  pormenores já são conhecidos.
O contrato é de quatro anos e rende 88 milhões de dólares ao poste.


Bryant zangado com Howard

O anúncio da mudança de Dwight Howard dos Los Angeles Lakers para os Houston Rockets gerou grande agitação nas redes sociais, mas poucos podiam prever aquilo que Kobe Bryant fez nos minutos seguintes à oficialização da decisão. Segundo informação revelada por Darren Rovell, jornalista da ESPN Sports e ABC News.