Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Armando Costa desfalca seleco

Melo Clemente - 17 de Junho, 2013

Decacampees ofereceram brinquedos s crianas internadas no Centro Mdico do Bairro Piloto

Fotografia: Jornal dos Desportos

A selecção nacional de basquetebol, que prepara a sua participação na 27ª edição do Campeonato Africano das Nações, Afrobasket, competição a disputar-se de 20 a 31 de Agosto, na Costa do Marfim, realiza esta manhã, no Pavilhão do Sporting do Bié, a primeira sessão de treino, depois de ter chegado ao Cuito às primeiras horas da manhã de ontem. Com o grupo incompleto, a comitiva chefiada por Eurico Araújo “Boneco”, vice-presidente para as selecções nacionais, foi recebida em apoteose no aeroporto Joaquim Kapango, pela população biena.

Depois de terem deixado o aeroporto, onde foram recebidos pelo director provincial da Saúde, João Campos, os decacampeões africanos mantiveram um encontro com o governador da província. Boavida Neto deu as boas vindas à comitiva da Federação Angolana de Basquetebol e agradeceu o facto de a FAB ter escolhido a província do Bié para dar início aos trabalhos da selecção nacional, que vai em busca do 11º título africano.

O governador assegurou que o Governo fez tudo para garantir as melhores condições de alojamento e treino para o grupo liderado pelo técnico, Paulo Macedo. Em terras bienas, o cinco nacional vai trabalhar durante uma semana, seguindo depois para a província de Benguela, no dia 23. Com 18 dos 21 atletas convocados para a “operação” Costa do Marfim, Paulo Macedo começa esta manhã a ensaiar as estratégias, a fim de montar um grupo que seja capaz de recuperar o título perdido em Antananarivo, capital do Madagáscar, em 2011, a favor da Tunísia.

A componente física vai seguramente dominar a primeira semana de preparação da selecção, que viu reforçado o seu corpo médico com a entrada do preparador físico Pedro Santos. O combinado nacional figura no Grupo C, juntamente com as selecções da República Centro-Africana, Moçambique e Cabo Verde. No Grupo A, estão as selecções da Costa do Marfim, país anfitrião, Egipto, Senegal e Argélia. Tunísia, actual campeã africana em título, faz parte do Grupo B, ao lado do Ruanda, Marrocos e Burkina Faso. Nigéria, Camarões, Congo e Mali integram o Grupo D.

Afrobasket
Armando Costa desfalca selecção

Ainda em gozo de férias em Portugal, o internacional angolano Armando Costa, tricampeão africano, não seguiu viagem ontem com o resto do grupo para o Cuito, local onde a selecção nacional de basquetebol começa, a partir de hoje, a preparar a sua participação no Afrobasket da Costa do Marfim, a decorrer de 20 a 31 de Agosto, prova selectiva para o Campeonato do Mundo de Espanha, em 2014.

Dos atletas que jogam no país, Armando Costa, considerado um dos melhores bases dos últimos tempos, é o único que ainda não se apresentou, desde que o seleccionador nacional fez sair a convocatória para o Afrobasket de Abidjan. De acordo com uma fonte federativa, o base do 1º de Agosto, que se estreou a nível da selecção principal em 2005, no Campeonato Africano das Nações da Argélia, pode integrar o grupo nos próximos dias. 

O jogador comunicou à equipa técnica que vai apresentar-se mais tarde porque precisava de tratar de assuntos pessoais, soube o Jornal dos Desportos. Seguiram ontem viagem para a província do Bié os seguintes atletas: Carlos Almeida, Edmir Lucas, Felizardo Ambrósio, Hermenegildo Santos, Islando Manuel, Joaquim Gomes “Kikas”, Reggie Moore, António Monteiro, Edson Ndoniema, Muto Fonseca, Olímpio Cipriano, Roberto Fortes, Carlos Morais, Hermenegildo Mbunga, Leonel Paulo, Paulo Santana, Eduardo Mingas e Milton Barros.                          
M.C

Africano
Yanick e Valdelício
podem falhar Abidjan

Yanick Moreira e Valdelício Joaquim, ambos a militarem em universidades dos Estados Unidos, já não vão juntar-se ao grupo em Angola e podem até falhar o Campeonato Africano das Nações de Basquetebol, a decorrer de 20 a 31 de Agosto, soube o Jornal dos Desportos de fonte federativa. A integração dos dois jovens, com mais de 2,05 metros de altura, na preparação em Angola está posta fora de questão, em virtude de ambos estarem a preparar-se para os exames escolares.

A selecção nacional às ordens de Paulo Macedo deixou ontem a capital do país com destino à cidade do Cuito, onde a partir de hoje começa a esboçar a “operação” Abidjan. O cinco nacional vai trabalhar no país até ao dia 30, altura em que segue viagem para Espanha, palco do estágio pré-competitivo. Antes, a preparação do cinco nacional vai passar também pela província de Benguela. Valdelício Joaquim joga no Hawai University, ao passo que Yanick Moreira representa as cores do Southern Planes College.        
M.C

NBA
LeBron James
entra no top 10

Depois do óptimo desempenho na partida de quinta-feira, LeBron James, além de ter sido um dos principais responsáveis pela vitória do Miami Heat sobre o San Antonio Spurs, conseguiu uma importante marca pessoal. O actual MVP da NBA marcou 33 pontos e entrou para o ranking dos dez maiores cestinhas dos play-offs da liga norte-americana, com 3.777 pontos marcados. Antes do jogo válido para a final da competição, LeBron era o 11º no ranking. Com a marca, conseguiu ultrapassar Hakeem Olajuwon e John Havlicek. LeBron James é o jogador que menos participou em play-offs, com 123 partidas realizadas.

Eis a lista dos dez maiores cestinhas dos play-offs da NBA: 1. Michael Jordan - 5.987 pontos, 2. Kareem Abdul-Jabbar - 5.762 pontos, 3. Kobe Bryant - 5.640 pontos, 4. Shaquille O’Neal - 5.250 pontos, 5. Karl Malone - 4.761 pontos, 6. Tim Duncan - 4.543 pontos, 7. Jerry West - 4.457 pontos, 8. Larry Bird - 3.897 pontos, 9. Lebron James - 3.777 pontos, e 10. John Havlicek - 3.776 pontos.