Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

ASA prepara Bic-Basket 2016

06 de Janeiro, 2016

ASA recebeu reforços com um poste cabo-verdiano para tentar os lugares cimeiros na maior prova basquetebolística do país

Fotografia: José Cola

Tendo como principal objectivo, melhorar o quarto lugar anterior, no BIC-Basket2015, o Atlético Sport Aviação (ASA) efectua diariamente em Luanda trabalhos que incidem principalmente nos aspectos defensivos, garantiu o seu treinador, Carlos Dinis.

Em antevisão para antevisão à primeira jornada do Campeonato Nacional de basquetebol sénior masculino, em que o ASA defronta na sexta-feira a equipa do Vila Clotilde, o técnico declarou à Angop, que o adversário exige algumas cautelas defensivas, por ter um jogo dinâmico e ofensivo.

“O nosso processo preparativo vem de cerca de três meses, no pavilhão anexo da Cidadela. Nesta fase derradeira, estamos a trabalhar na preparação dos jogos com o Vila Clotilde e  Recreativo do Libolo. Estamos a tomar algumas cautelas, principalmente nos aspectos defensivos, por termos jogadores novos que às vezes descuram um pouco a vertente importante para vencer jogos”, disse.  

Quanto ao plantel para a presente época desportiva, Carlos Dinis adiantou, que contrariamente às sete saídas, contam com a subida de alguns jovens e entradas de Simão Lutonda, na posição dois, proveniente do Petro de Luanda, e  do basquetebolista Moisés, do Bié, posição quatro.

Sobre o nível competitivo da prova, o treinador vaticina que vai ser idêntico ao campeonato passado, onde os principais candidatos vão lutar pela primazia e as respectivas formações estarem entre as seis melhores do BIC-Basket2016.

Depois do Vila Clotilde, o ASA enfrenta no sábado, no anexo à Cidadela, o Recreativo do Libolo. O Petro de Luanda é o detentor do título nacional e do africano de clubes, este último disputado recentemente na capital do país.  

PETRO DO HUAMBO
Tito Geoveti
candidato único

O ex -futebolista Fernando Manuel Tito ''Geoveti'' foi confirmado na segunda-feira, na província do Huambo, como único candidato à presidência do Petro Atlético do Huambo, cujo acto eleitoral vai acontecer entre finais de Fevereiro ou inicio de Março.

Em nota enviada à Angop, a comissão eleitoral informa que o prazo de entrega das candidaturas encerrou a 31 de Dezembro de 2015, volvidas 48 horas seguintes, apenas deu entrada uma única lista.

Geoveti, tem 47 anos de idade,  foi um notável médio do Petro do Huambo, clube que representou durante quase 23 épocas, quando  abandonou a carreira em 2003.

Caso seja eleito, deve  suceder no cargo a João da Reconciliação André, eleito em 2012, que também representou os “alvi - negros” do planalto central.

Considerado o maior emblema desportivo da província do Huambo e um dos mais carismáticos e respeitados da região centro - sul do país, o Petro Atlético do Huambo foi fundado a 05 de Janeiro de 1980, na sequência da fusão entre as agremiações locais do Atlético de Nova Lisboa e o Desportivo da Sonangol.

O seu primeiro presidente foi Armando Machado, co-fundador da agremiação, e que anos mais tarde chegou a exercer o cargo na Federação Angolana de Futebol. Depois dele o clube foi liderado por Armando Cangombe (Piriquito), já falecido, Carlos Alberto Pires (Graça) e José Sobrinho, todos eles quadros da Sonangol, antiga patrocinadora oficial.