Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Associados analisam hoje contas da federao

Melo Clemente - 11 de Maio, 2019

A Assembleia-Geral Extraordinria vai ainda analisar a provvel demisso do actual presidente de direco da FAB

Fotografia: Edies Novembro

Análise e discussão do relatório e contas referente ao 2017/2018 vai dominar hoje, sábado, a Assembleia-Geral Extraordinária da Federação Angolana de Basquetebol (FAB), conclave agendado para às 9h00, na Galeria dos Desportos, sita no Complexo da Cidadela Desportiva, em Luanda.

Depois de ter sido remarcada, em virtude da ausência do referido documento, aquando da realização da Assembleia-Geral Ordinária, a 26 de Março último, os associados vão, finalmente, analisar as contas da direcção da federação angolana da modalidade , liderada por Hélder Martins da Cruz "Maneda".Apesar de receberam os dossiers fora dos prazos estabelecidos pelos regulamentos dos estatutos do órgão reitor da modalidade, trinta dias no máximo e 15 dias no mínimo, os associados vão para o conclave com bastante expectativa.

A Assembleia-Geral Extraordinária vai ainda analisar a provável demissão do actual presidente de direcção da FAB, Hélder Martins da Cruz "Maneda", bem como o Regulamento Geral da Arbitragem e o Regulamento de Inscrições e Transferências.A utilização de três estrangeiros nas competições africanas, é um dos pontos a ser discutido igualmente na reunião magna desta manhã.

 O actual homem forte da federação, havia manifestado a intenção de abandonar o cargo, alegadamente por falta de apoios das estruturas competentes, para além da pressão que sofre a nível da comunicação social.Durante a realização da Assembleia-Geral Ordinária, Hélder Martins da Cruz "Maneda" deu a conhecer aos associados, que mais cinco membros do seu elenco haviam manifestado igualmente o interesse em abandonar o "barco".

Para a consumação do pedido de demissão do presidente de direcção, os associados haviam exigido que Hélder Martins da Cruz "Maneda" tinha que apresentar a carta de demissão junto do presidente da Mesa da Assembleia-Geral, Agostinho José Matamba.Entretanto, o Jornal dos Desportos apurou junto do órgão reitor da modalidade no país, que o actual homem forte da FAB terá recuado na sua decisão.