Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Associados aprovam contas com recomendaes

Melo Clemente - 16 de Maio, 2019

Os associados deixaram recomendaes expressas, ao presidente Hlder Martins da Cruz

Fotografia: Joo Gomes | Edies Novembro

Contra todas às expectativas, os associados aprovaram na segunda-feira, o relatório e contas referente ao exercício financeiro de 2018/2019 da Federação Angolana de Basquetebol (FAB), com 23 votos a favor e uma abstenção. O conclave decorreu na Galeria dos Desportos, sita no Complexo da Cidadela Desportiva, em Luanda. Os associados deixaram recomendações expressas, ao presidente Hélder Martins da Cruz "Maneda", que  nesta altura é  o maior credor da FAB.
A Assembleia-Geral Extraordinária foi marcada para sábado, dia 11, porém, foi transferida para segunda-feira, devido à falta de assinatura no relatório e contas de um dos membros do Conselho Fiscal.Depois de quatro horas de acesas discussões, os associados aprovaram o documento, ao passo que o Atlético Petróleos de Luanda absteve-se na hora da votação.
Os associados ficaram a saber, que Hélder Martins da Cruz "Maneda", presidente de direcção do órgão reitor da modalidade no país, é nesta altura o maior credor da Federação Angolana de Basquetebol (FAB), através da empresa Helmarc.
De acordo com António Bi-Figueiredo, antigo secretário-geral da Federação Angolana de Basquetebol, o actual homem forte da FAB deve ter colocado nos cofres do órgão reitor da modalidade mais de um milhão de dólares norte-americanos, valores que foram utilizados pelas mais distintas Selecções Nacionais.
Apesar da boa "vontade" de Hélder Martins da Cruz "Maneda" de colocar os seus recursos em prol da "nação", os associados exigiram  doravante, que  o boss da FAB só deve  fazê-lo, desde que dê a conhecer aos demais membros da direcção, e não de forma individual como era prática corrente.