Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Aviadores recebem militares no Kilamba

JUSCELINO DA SILVA - 08 de Dezembro, 2018

O jogo est marcado para as 18h00 no Arena do Kilamba

Fotografia: Jornal dos Desportos

O extremo-poste Reggie Moore e o poste Donalde Sigleton desfalcam hoje o ASA na partida contra o 1º de Agosto, válida para a segunda jornada da segunda volta do Unitel Basket 2018-2019. O jogo está marcado  para as 18h00 no Arena do Kilamba. O angolano contraiu a lesão no jogo entre a selecção nacional e a Tunísia, da quinta janela qualificativa ao Mundial da China, e o norte-americano está a conta com dores no tornozelo da perna esquerda.
As contrariedades não atrapalham a equipa técnica liderada por Carlos Dinis. As outras unidades do grupo estão empenhadas para atrair o público na casa da equipa do aeroporto. Liderados pelo base Milton Barros, os homens do \"cockipt\" pretendem fazer o voo mais alto, para evitar as metralhadoras dos militares do Rio Seco. O voo rasante não consta do plano.
Com o grupo completo, Paulo Macedo só tem um objectivo: vencer. O treinador preparou os \"militares\" para não facilitarem a vida dos \"aviadores\". Um senão incomoda o timoneiro: a realização de três jogos com candidatos ao título em quatro dias.
A jornada abre às 16h00 com o Clube de Formação Desportiva Kuanza a receber a Academia Helmarc no pavilhão dos Bombeiros. Os meninos do Cazenga auguram pela vitória.
Noutras partidas, a mesma hora do jogo nos \"bombeiros\", a Marinha de Guerra defronta o Interclube no pavilhão do Rio Seco. A partida é aguardada com grande expectativa, a julgar pela qualidade dos dois planteis. Os marinheiros têm contas a prestar aos polícias.
No anexo número dois da Cidadela Desportiva, também às 16h00, a Universidade Lusíada joga com o Petro de Luanda. Os rapazes de Manuel Silva \"Gi\" têm dado boa réplica às equipas candidatas ao título. A união da colectividade, associada à boa forma de Cley Cabanga, Gerson Varadas e o poste Josiney fazem dos estudantes um conjunto forte, com a pretensão de estragar os objectivos dos petrolíferos.
O timoneiro petrolífero Lazare Adingonó entra para o jogo, sem contar ainda com os préstimos de Gerson Gonçalves \"Lukeny\". O extremo-base continua lesionado.