Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Aviadores suplantam petrolíferos

Melo Clemente - 04 de Fevereiro, 2015

Hoje mostramos outra evolução e estamos a criar muitas soluções para marcar e isso, deixa-me muito contente. Acho que temos melhorado jogo após jogo.”

Fotografia: José Cola

À entrada da quinta jornada da segunda volta da fase regular da 37ª edição do Campeonato Nacional de basquetebol em seniores masculino, o Atlético Sport Aviação (ASA) detém a segunda melhor defesa da prova, com uma média 75, contra 77,1 do Atlético Petróleos de Luanda, na terceira posição.

Terceiro classificado na tabela classificativa do BIC Basket, agora com 20 pontos, a turma aviadora às ordens de Carlos Dinis, aos poucos, vai resgatando a sua marca que se assenta numa defesa sólida. Apesar do desaire na dupla ronda do fim-de-semana, com o Sporting de Benguela, no terreno deste, por 94-102, a formação aviadora  desalojou  os petrolíferos da capital que até então detinham a segunda melhor defesa do campeonato.

Com menos uma partida, os pupilos de Carlos Dinis sofreram 976 pontos, o que representa uma média de 75 pontos por desafio. Já no capítulo ofensivo, os aviadores anotaram 1019, que dá uma média de 78,3 pontos por cada partida. Entretanto, a equipa do 1º de Agosto detém a melhor defesa da prova, pese embora ter passado a média de 63,5 para 65,4. Em 14 partidas, o 1º de Agosto marcou 916 pontos.

Já o arqui-rival, Atlético Petróleos de Luanda, detém o melhor ataque, com 1343 pontos, o que representa uma média de 95,9 pontos por  desafio, contra 1322 pontos da equipa rubro e negra, perfazendo uma média de 94,4, na segunda posição. Por seu turno, o Recreativo do Libolo que disputou apenas 11 partidas até aqui, marcou 936 pontos, o que representa uma média de 85, e sofreu 901 (81), é por isso, uma das piores defesas da 37ª edição do Campeonato Nacional da “bola ao cesto”, agora designado BIC Basket.

Os actuais campeões nacionais já consentiram cinco derrotas na prova, contra seis vitórias, ocupam  nesta altura a sexta posição da tabela classificativa, agora com 17 pontos. O BIC Basket é liderado pela formação do 1º de Agosto, com 27 pontos, contra 26 do Atlético Petróleos de Luanda.  O Atlético Sport Aviação (ASA) e Grupo Desportivo Interclube ocupam as posições imediatas, com 20 e 19 pontos, respectivamente.

NBA
Cavs conquistam
mais uma vitória


O começo foi irregular, os resultados demoraram a surgir, mas parece que o Cleveland Cavaliers finalmente engrenou nesta época da NBA. A  superequipa com LeBron James, Kyrie Irving e Kevin Love chegou a sua 11ª vitória consecutiva ao derrotar o Philadelphia 76ers por 97 - 84, nesta segunda-feira.

“O título é a última meta, mas ainda não jogamos uma série de play-offs juntos. Nem um minuto nos play-offs, que é quando isso realmente conta. Você constrói seus hábitos e progride na época regular. Mas para nós,  ainda há muito a fazer e não podemos bobear. Você ganha 11 jogos seguidos tão rápido quanto perde 11 seguidos”, alertou LeBron.

Com a derrota do Atlanta Hawks para o New Orleans Pelicans por 115 - 100, coloca fim a uma série invicta de 19 jogos do time da Geórgia, os Cavs passam a ser a equipa “mais quente” da NBA neste momento.

A franquia ainda ficou bem próxima de bater um recorde. A maior série invicta de sua história ocorreu em 2010, quando acumulou 13 vitórias consecutivas. Na época, a equipa também contava com LeBron.

Nesta segunda, porém, o cestinha da equipa foi Irving, com 24 pontos. LeBron actuou como "garçom", terminou  com 11 assistências e 18 pontos.
Apesar da série positiva, os Cavs aparecem em quinto lugar na Conferência Leste, com 30 vitórias e 20 derrotas. Os líderes ainda são os Hawks, com 40 triunfos e apenas nove derrotas.

Entretanto, no jogo de maior “cartaz” da curta jornada, apesar da péssima época de ambas as equipas, os New York Knicks venceram os LA Lakers, por 94-80, no Madison Square Garden.

Carmelo Anthony foi decisivo no triunfo da equipa, ao anotar 31 pontos, 18 dos quais no terceiro período. A turma de LA, órfã de Kobe Bryant e Steve Nash, não ofereceu grande resistência. Ainda assim, Knicks e Lakers continuam no penúltimo lugar das respectivas conferências.

Em Boston, os Miami Heat derrotaram os Celtics 83-75, numa partida que terminou com baixa pontuação para os padrões da NBA. O poste Hassan Whiteside esteve em plano de evidência na formação de South Beach, ao registar 20 pontos, nove ressaltos e três desarmes de lançamento.