Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Benjamim Av defende mais jogos para Sub-23

05 de Setembro, 2015

Antigo base do Petro de Luanda orientou a seleco provincial de Luanda na Taa FESA no Lubango

Fotografia: Jornal dos Desportos

A realização de torneios na categoria de Sub-23 em basquetebol, com frequência, no país, vai permitir aos atletas angolanos atingirem maior performances competitivas. A apreciação é de Benjamim Wakuhamba "Avô", antigo base da equipa de basquetebol do Petro de Luanda e da selecção nacional.

Em declarações à imprensa, no final do torneio promovido pela FESA, disputado na cidade de Lubango, no âmbito das festividades do 73º aniversário natalício do Presidente da República, José Eduardo dos Santos, celebrado no pretérito dia 28 do mês passado, Benjamim Avô, como é conhecido nas lides desportivas, enalteceu a Fundação Eduardo dos Santos pela promoção de basquetebol na categoria de Sub-23.

"Não há um campeonato em Angola para esta categoria. O torneio promovido anualmente pela FESA vem colmatar a ausência de uma competição que outras instituições de direito deviam organizar no quadro de sustentação da principal selecção nacional", disse.

Benjamim Avô ressaltou que "a Taça FESA é sempre bem-vinda principalmente para a juventude masculina de Sub-23". O antigo base sustentou que "muitos miúdos ao atingirem 19 anos de idade, por sinal transitiva para o escalão sénior, não têm outra actividade senão procurar formas de viver". Essa situação leva a que o basquetebol seja sustentada por atletas estrangeiros, no âmago de satisfazer os caprichos dos clubes.

À semelhança de outros desportos, Benjamim Avô afirmou que actualmente há mais jogadores de basquetebol em Angola do que clubes. Face à realidade, "algo deve ser feito para colocar os atletas em competições constantes".

Na qualidade de treinador da selecção provincial de Luanda, Benjamim Avô apelou às entidades desportivas e empresariais para promoverem mais competições na categoria de Sub-23. O ex-base aponta dois torneios anuais para cada instituição a fim de permitir o despontar de atletas com competências para contribuir na manutenção da hegemonia em África.

Na Taça FESA em basquetebol apareceram jovens talentosos com boas estruturas físicas e capacidades excelentes de interpretação das técnicas de jogos. O também técnico-adjunto do Petro de Luanda apelou à Federação Angolana de Basquetebol a promover competições nesses escalões.

A selecção provincial de Luanda conquistou a Taça Fesa ao derrotar na final a congénere de Benguela por 69-63. Na segunda posição ficou a selecção do Namibe, fruto da vitória sobre a Huíla por 59-50. O torneio decorreu durante entre os dias 28 e 29 do mês passado, no Pavilhão Multiuso da Nossa Senhora do Monte, na cidade do Lubango, província da Huíla.
 
No seu historial como desportista, Benjamim Avô teve várias conquistas com destaque às de Campeão nacional e africano. Tem participações nos campeonatos do mundo e nos Jogos Olímpicos, com relevância para as décadas de 80 e 90 do século XX e princípio dos anos 2000.