Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Bic-Basket promete emoes

Melo Clemente - 06 de Março, 2017

Alberto de Carvalho

Fotografia: Jos Soares

A 39ª edição do Campeonato Nacional de basquetebol em seniores masculino, vulgo BIC Basket, cuja fase de grupos arrancou na última sexta-feira, com a disputa da primeira jornada, promete emoções fortes, em face do desempenho demonstrados pelas equipas que participam da aludida competição.

 A dupla jornada do fim-de-semana ficou marcada sem sombras de dúvidas, com o triunfo do Progresso Associação do Sambizanga sobre a similar do Grupo Desportivo Interclube, a quem venceu por 71-65, isto no sábado.

A maior despique vai seguramente acontecer no Grupo A, onde se encontram as equipas do Recreativo do Libolo, líder incontestável do Campeonato Nacional da \"bola ao cesto\", com 36 pontos, Atlético Petróleos de Luanda, segundo classificado, com 33 pontos, 1º de Agosto, 32, Grupo Desportivo Interclube, 26, Progresso Associação do Sambizanga, 24, e Clube Desportivo Marinha de Guerra, igualmente com 24 pontos.

Embora as formações acima referenciadas estejam já automaticamente classificadas para os quartos-de-final da 39ª edição do BIC Basket, os protagonistas mostraram na dupla jornada que vão continuar a exibir-se ao mais alto nível, facto que poderá fazer com que os amantes da \"bola ao cesto\" regressem aos pavilhões.

A \"mesma emoção\" poderá eventualmente se registar no Grupo B, onde se encontram as equipas do Atlético Sport Aviação (ASA), Futebol Clube Vila Clotilde e Clube Universidade Lusíada, dado que deste trio, vai sair as duas colectividades que vão completar o grupo de equipas para a disputa dos quartos-de-final da 39ª edição do Campeonato Nacional de basquetebol em seniores masculino.

Entretanto, sob liderança do antigo seleccionador nacional dos hendecacampeões africanos, Alberto de Carvalho \"Ginguba\", a formação do Progresso Associação do Sambizanga recebeu e venceu a forte equipa do Grupo Desportivo Interclube, por 71-65, conjunto que na véspera foi claramente prejudicado pela dupla de arbitragem, constituída por Osvaldo Neto e António Cachiala, perdendo para o 1º de Agosto, por escasso um ponto de diferença, 89-88.

Depois de ter \"sufocado\" o Clube Central das Forças Armadas Angolanas, em pleno Pavilhão Victorino Cunha, na última sexta-feira, os comandados do português Alberto Babo, não foram capazes de superar a rapaziada de Alberto de Carvalho \"Ginguba\", que estão dispostos em melhorar a prestação da edição passada, em que tiveram que disputar a segunda divisão para regressar ao convívio dos grandes.

Já na partida de maior destaque do Grupo A, os petrolíferos da capital superaram os militares, por escassos três pontos de diferença, 93-90, \"assaltando\" deste modo, o segundo lugar da 39ª edição do Campeonato Nacional da \"bola ao cesto\", vulgo BIC Basket, com 33 pontos, menos um, que a equipa rubro e negra, que se encontra no terceiro posto.

Leonel Paulo, Regge Moore e Gerson Gonçalves, todos internacionais angolanos, foram os principais protagonistas da vitória da equipa tricolor.
Por seu turno, o Clube Desportivo Marinha de Guerra, considerada equipa sensação do BIC Basket, voltou a exibir-se ao mais alto nível, frente ao todo poderoso Recreativo do Libolo, apesar de ter perdido, por 67-81. Na sexta-feira, os marinheiros \"assustaram\" os petrolíferos da capital, que venceram por 91-85.

No Grupo B, o Clube Universidade Lusíada que folgou por imperativo de calendário no arranque da prova, vergou o sábado a sempre aguerrida equipa do Futebol Clube Vila Clotilde, por 69-62. O Vila somou assim o seu segundo desaire no Grupo B, já que na sexta-feira, perdeu diante do Atlético Sport Aviação (ASA), por 81-89.

O Grupo A será disputado no sistema de todos contra todos a duas voltas, ao passo que o Grupo B vai ser disputado no sistema de todos contra todos a três voltas.

Eis com esta escalonada a classificação: 1º Libolo 36 pontos, 2º Petro 33, 3º 1º de Agosto 32, 4º Interclube 26, 5º Progresso 24, 6º Marinha 24; Grupo B- 1º ASA 22 pontos, 2º Vila Clotilde 22, 3º Lusíadas 20.

Visita Libolo
Inter retempera energias para amanhã


A formação do Grupo Desportivo Interclube vai retemperar às energias hoje, segunda-feira, tendo em vista a sua deslocação amanhã, terça-feira, ao Pavilhão do Dream Space, Viana, onde vai defrontar a partir das 18h00, a similar do Recreativo do Libolo, em partida a contar para a terceira jornada do Grupo A da 39ª edição do BIC Basket.

Depois de ter consentido duas derrotas na dupla jornada do final de semana, diante do 1º de Agosto e do Progresso Associação do Sambizanga, por 89-88 e 71-65 respectivamente, o técnico Alberto Babo vai reunir esta manhã, a sua rapaziada para traçar a estratégia a ser utilizada no embate de amanhã, frente ao líder incontestável da prova, com 36 pontos.

Apesar da qualificação para os quartos-de-final não estar em causa, já que as seis equipas do Grupo A estão automaticamente apuradas, a turma adstrita a Polícia Nacional vai seguramente lutar pela dignidade.

Alberto Babo e os seus adjuntos vão hoje montar as estratégias a serem utilizadas no embate de amanhã, diante do Recreativo do Libolo, equipa que na presente temporada ainda não averbou qualquer derrota.

 Já a Clube Desportivo Marinha de Guerra vai defrontar a partir das 18h00, no Pavilhão Victorino Cunha, a congénere do 1º de Agosto.
A ronda três do Grupo A abre as 16h00, com o Progresso Associação do Sambizanga a receber no Pavilhão Anexo número dois da Cidadela, o Atlético Petróleos de Luanda.

No Grupo B, o Clube Universidade Lusíada vai medir forças a partir das 16h00, no Pavilhão 28 de Fevereiro, o Atlético Sport Aviação (ASA).A partir do dia 10, a competição regista uma pausa de aproximadamente uma semana, devido aos compromissos da Selecção Nacional sénior masculino, que vai disputar no Zimbabwe o apuramento aos Campeonato Africano das Nações, vulgo Afrobasket, prova a decorrer de 19 a 31 de Agosto do ano em curso, no Congo Brazzaville.         
M.C