Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

BIC Basket e Taa prendem atenes

08 de Maio, 2017

Pavilhes da capital vo voltar a estar em aco na prxima quarta-feira com jogos electrizantes

Fotografia: M.Machagongo / Edies Novembro

As emoções da bola ao cesto regressam na próxima quarta-feira, com os jogos referentes à terceira partida da meia-final do playoff entre o 1º de Agosto e o Petro de Luanda, bem como à final da Taça de Angola que volta a colocar frente a frente o Recreativo do Libolo ao Interclube.

De acordo com informação apurada pelo Jornal dos Desportos, a final da Taça de Angola estava agendada inicialmente para quinta-feira, 11, mas a federação de basquetebol antecipou para o dia 10, o mesmo dia em que se disputa, no pavilhão principal da Cidadela, o jogo que pode definir o segundo finalista do BIC Basket, em caso de vitória do Petro sobre o 1º de Agosto, naquela que será a quarta partida.

Depois de os militares terem se colocado em vantagem na primeira partida, vencendo por 101-93, os petrolíferos deram volta a desvantagem com vitórias nos dois jogos subsequentes por 94-91 e 89-82.

O 1º de Agosto apesar de se deslocar ao terreno do arqui-rival, tudo vai fazer para adiar a qualificação antecipada do Petro, forçando assim o quinto jogo para a definição do adversário que vai defrontar o Recreativo do Libolo, que numa sentada despachou o Interclube por 3-0, depois do susto que teve na primeira partida em que venceu à tangente por 97-96. Noutros outros dois confrontos, a equipa de Calulo venceu os polícias por 89-83 e 98-78. 

TAÇA DE ANGOLA
Entretanto, se em relação ao campeonato ainda se espera pelo segundo finalista, para a final da Taça de Angola a incógnita está em saber quem leva o troféu para a casa, depois de Libolo e Interclube terem afastado da final respectivamente o 1º de Agosto e o Atlético Sport Aviação. Na próxima quarta-feira a resposta vai respondida quando libolenses e polícias voltarem uma vez mais a medir forças, depois dos três jogos das meias-finais do playoff, em que a equipa de Calulo venceu todos.

O jogo será, portanto, uma oportunidade para os polícias tentarem se redimir da \"humilhação\", procurando levar para a sua galeria o troféu da Taça de Angola e verem reposto o seu orgulho. Aliás, Alberto Babo disse que o grande objectivo da sua equipa é mesmo vencer a competição.