Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Bryant mais uma temporada

24 de Maio, 2015

Kobe Bryant foi assolado por muitas lesões nas últimas temporadas na liga norte-americana de basquetebol

Fotografia: AFP

A estrela do Los Angeles Lakers, o norte-americano Kobe Bryant, põe termo à sua carreira no final da temporada 2015-16, anunciou, ontem, um dos dirigentes da famosa equipa californiana da Liga norte-americana de basquetebol (NBA).“Ele disse-me que  põe um ponto final na próxima época”, revelou o director-geral dos Lakers, Mitch Kupchak, em declarações à radio SiriusXM, mas lembrou que o contrato de Bryant termina precisamente no fim da próxima época e que não teve oportunidade de discutir com o atleta o seu futuro.

Kobe Bryan tem 37 anos quando iniciar a época 2015/16, a sua vigésima com a camisola dos Lakers, equipa em que jogou sempre, embora nas últimas três temporadas não tenha competido regularmente devido a lesões graves.Em 2012/13, foi vítima de uma rotura do tendão de Aquiles, lesão que o fez perder o início da época seguinte, e quando regressou participou apenas em seis jogos, antes de se lesionar no joelho.Na presente época, o ‘black mamba’ disputou 35 jogos com médias de 22,3 pontos por jogo, 5,6 passes e 5,7 ressaltos, antes de se lesionar no ombro direito no final de Janeiro.

Bryant conquistou cinco títulos da NBA com os Lakers (2000, 2001, 2002, 2009 e 2010), foi eleito o melhor jogador da NBA em 2008 e é o terceiro classificado no ‘ranking’ dos melhores marcadores da história da competição.De resto, Kobe Bryant já tinha afirmado publicamente que não se via a jogar além de 2016, mas não excluiu totalmente essa possibilidade.

“Se eu sentir nessa altura que ainda tenho vontade de jogar, de fazer tudo o que se tem de fazer ao longo de uma época, de me levantar para ir treinar, de treinar todos os dias, é possível que continue”, admitiu Bryant.Os Lakers realizaram em 2014/15 a pior temporada da sua história com 21 vitórias e 61 derrotas e não participou pelo segundo ano consecutivo nos ‘play-offs’, a primeira vez que acontece desde as épocas de 1974/75 e 1975/76.