Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Carlos Dinis clama por reforços

Melo Clemente - 17 de Novembro, 2016

Carlos Dinis, tenciona reforçar a equipa

Fotografia: Kindala ManuelL

O técnico principal da formação do Atlético Sport Aviação (ASA), Carlos António Dinis, tenciona reforçar a equipa nas posições quatro e cinco, tendo em vista a disputa da XXXIX edição do Campeonato Nacional de basquetebol em seniores masculino, vulgo BIC Basket, competição que arrancou na terça-feira última com a participação de nove agremiações.

O anúncio foi feito à comunicação social na terça-feira, logo após ao desaire que a turma aviadora sofreu no arranque da prova, diante do Grupo Desportivo Interclube, com quem perdeu por 57-82.

Visivelmente inconformado com o desfecho da primeira jornada da fase regular da primeira volta da XXXIX edição do BIC Basket, Carlos António Dinis revelou que já solicitou a direcção do Atlético Sport Aviação (ASA), liderada por Elias José, no sentido de contratar dois atletas estrangeiros que actuem nas posições quatro e cinco.

"Estamos bem no início do campeonato nacional e é completamente natural que a equipa ainda não esteja a praticar um bom basquetebol. Estamos com um deficit muito grande nas posições quatro e cinco. Já pedi a direcção do clube no sentido de contratar dois atletas estrangeiros que actuam nas posições quatro e cinco, porque no meu entender só com a presença destes dois reforços é que vamos melhorar a qualidade de jogo da nossa equipa", reconheceu o técnico aviador.

Para o jovem treinador, não é possível definir os objectivos da temporada 2016/2017, se a sua colectividade não efectivar a contratação dos dois atletas estrangeiros para reforçar o plantel maioritariamente composto por jovens atletas.

"Nesta altura é completamente impossível traçar-se aqui qualquer objectivo para a presente época desportiva. Temos um plantel bastante jovem e com carências nas posições quatros e cinco. Creio que só poderemos definir o nosso objectivo no campeonato nacional quando reforçarmos o nosso plantel", revelou Carlos António Dinis.

Enquanto aguarda pela vindo dos expatriados, a equipa vai continuar a trabalhar, a fim de melhor o seu jogo nas próximas partidas do BIC Basket.
"Nós vamos continuar a trabalhar. Como sabem, nós ficamos praticamente parados por um período de um mês e era impossível patentearmos aqui um grande espectáculo. Com o trabalho tenho a plena convicção que vamos melhorar a qualidade do nosso jogo". Carlos António Dinis mostrou uma vez mais a sua indignação, pelo facto de estar a reconstruir a equipa.

"Infelizmente, o Atlético Sport Aviação (ASA) no início de cada época desportiva tem necessariamente de reconstruir a sua equipa, porque estamos sistematicamente a perder jogadores para outras agremiações, situação que nos torna cada vez mais fragilizados. Mais enfim, a realidade com que nos debatemos de ano após ano. Só temos que continuar a trabalhar porque só assim poderemos alcançar resultados positivos na presente época desportivo", finalizou o timoneiro principal da turma do aeroporto.

Entretanto, sexta-feira, dia 18, a formação do Atlético Sport Aviação (ASA) defronta o Clube Desportivo da Marinha de Guerra, no Pavilhão Anexo número dois da Cidade Desportiva, em desafio referente a segunda jornada da fase regular da XXXIX edição do BIC Basket.

Sábado, para a terceira jornada, os aviadores terão pela frente os sambilas, orientados tecnicamente por Alberto de Carvalho "Ginguba", antigo seleccionador nacional dos hendecacampeões africanos.