Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Carlos Dinis reitera presença dos "americanos"

Melo Clemente - 14 de Junho, 2016

Seleccionador nacional quer avaliar a condição física dos atletas residentes nos EUA

Fotografia: José Cola

O seleccionador nacional, Carlos António Dinis, reiterou a necessidade dos atletas que actuam nos Estados Unidos da América juntarem-se ao grupo de trabalho, ainda no país, antes da viagem para Madrid, palco que foi escolhido para o estágio pré-competitivo dos hendecacampeões africanos.

O novo comandante do cinco nacional teceu estas considerações ontem, no Pavilhão Victorino Cunha, momentos antes do início da primeira sessão de treino da semana do combinado nacional.

“Os atletas que actuam nos Estados Unidos da América devem apresentar-se ao longo da semana, porque é durante a primeira semana que avaliamos a condição física, táctica - técnica de todos os pré-convocados”, revelou Carlos António Dinis, técnico que tem a espinhosa missão da qualificação de Angola pela sexta vez, nos Jogos Olímpicos, depois da estreia em Barcelona,  em 1992, Atlanta, 1996, Sidney, 2000, Atenas, 2004 e Pequim, em 2008.

Dos 17 convocados para a “operação” Belgrado, prova selectiva para os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, três actuam em terras do Tio Sam. Trata-se de Bruno Fernando e Sílvio Sousa, ambos campeões africanos de sub-16, em 2013, Afrobasket disputado em Antananarivo, e Valdir Manuel, MVP (Jogador Mais Valioso) da última edição do campo de férias realizado em Joanesburgo em 2015, numa organização da NBA.

Lista dos convocados: Gerson Gonçalves, Leonel Paulo e Reggie Moore (Petro de Luanda), Armando Costa, Hermenegildo Santos, Edson Ndoniema, Islando Manuel e Felizardo Ambrósio (1º de Agosto), Valdelício Joaquim, Carlos Morais, Olímpio Cipriano e Roberto Fortes (Libolo), Gerson Domingos (Interclube), Yanick Moreira (Múrcia de Espanha), Bruno Fernando, Sílvio Sousa e Valdir Maniel (American School).            
M.C