Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Carlos Morais é o melhor cestinha

Melo Clemente - 22 de Julho, 2013

Internacional angolano vai disputar o quinto Afrobasket depois da estreia em 2005 no Campeonato Africanos da Nações da Argélia

Fotografia: Jornal dos Desportos

O extremo base Carlos Morais é nesta altura uma das melhores unidades da Selecção Nacional de basquetebol sénior masculina que em Madrid, prepara com todos os cuidados a sua participação na fase final da 27ª edição do Campeonato Africano das Nações da modalidade, prova a decorrer de 20 a 31 de Agosto próximo, na Costa do Marfim. Depois da estreia com a camisola da Selecção Nacional, no Afrobasket da Argélia, em 2005, o extremo base do Petro de Luanda tem estado ao seu melhor nível. O tricampeão africano é nesta altura o melhor marcador da Selecção Nacional, com 32 pontos marcados, em 47 minutos e seis segundos de jogo. No primeiro amistoso em que teve pela frente o Misto de Jogadores Profissionais da Liga ABC de Espanha, Carlos Morais, atleta que a 10 de Outubro próximo completa 28 anos (1,92m e 90kg), foi o melhor cestinha, com 17 pontos. E para não variar, na sexta-feira, diante do mesmo adversário, o internacional angolano voltou a estar em grande, ao anotar 15 pontos. Leonel Paulo, extremo poste, é nesta altura a unidade menos produtiva da Selecção Nacional. Em dois jogos disputados, o atleta não somou qualquer ponto. Na primeira partida actuou durante 16 minutos e 32 segundos, ao passo que no segundo jogo de controlo, o extremo poste do Petro de Luanda fez 11 minutos e 43 segundos. VALDELÍCIO SURPREENDE O poste Valdelício Joaquim, atleta que milita numa das Universidades dos Estados Unidos, está a surpreender pela positiva. O jovem de apenas 23 anos de idade, dois metros e oito centímetros de altura, é o segundo melhor marcador, com 23 pontos. O poste já foi utilizado durante 32 minutos e 26 segundos. No primeiro desafio, Valdelício Joaquim obteve 20 de valorização, contra 19 de Carlos Morais. Milton Barros foi o mais valorizado no segundo amistoso, com 16. Na lista dos melhores marcadores estão ainda Joaquim Gomes “Kikas”, com 17, Milton Barros e Eduardo Mingas, ambos com 16, seguido de Roberto Fortes, com 14 pontos. RECUPERAÇÃO Olímpio Cipriano reintegra grupo Olímpio Cipriano, recuperado da mazela que o afastou dos dois jogos de controlo que a Selecção Nacional efectuou em Madrid, frente ao Misto de Jogadores Profissionais da Liga ABC, reintegra hoje o grupo de trabalho que prepara o terceiro amistoso em terras espanholas. O tricampeão africano ressentiu-se da lesão no joelho direito e a equipa técnica liderada por Paulo Macedo decidiu poupá-lo nos dois primeiros jogos de controlo que o cinco nacional realizou em Madrid, frente ao Misto de Jogadores Profissionais da Liga ABC, partidas em que a Selecção Nacional somou duas vitórias, por 87-39 e 71-57. O Jornal dos Desportos apurou que o internacional angolano vai reintegrar o grupo sem qualquer limitação. “O Olímpio Cipriano amanhã mesmo (hoje) regressa aos trabalhos com o resto do grupo e creio que na quarta-feira ele pode ajudar a equipa”, asseverou a nossa fonte. O capitão Carlos Almeida, que testemunhou o plenário que aprovou a naturalização do norte-americano Reggie Moore, já está em Madrid. Reggie Moore continua em Luanda onde finaliza o tratamento das questões administrativas e deve seguir para Espanha nos próximos dias, a fim de se juntar à Selecção Nacional. MC ESTÁGIO Campeãs africanas treinam em Benguela A Selecção Nacional sénior feminina de basquetebol realiza esta manhã, no Pavilhão das Acácias Rubras, em Benguela, a primeira sessão de treinos de um curto estágio pré-competitivo de uma semana naquela cidade, no âmbito da sua participação na fase final do Campeonato Africano das Nações, a decorrer de 20 a 29 de Setembro próximo, em Maputo. A comitiva coordenada por Nguabi Salvador foi recebida ontem em apoteose pela população benguelense. No período da tarde, as pupilas de Aníbal Moreira voltam a trabalhar no Pavilhão das Acácias Rubras. Em Benguela, as campeãs africanas vão continuar a aprimorar a componente física, com particular realce para os fundamentos técnicos e tácticos. Eliza Pires, seleccionadora adjunta, disse que o cinco nacional vai realizar dois amistosos com equipas juniores masculinas daquela cidade. No domingo, a Selecção Nacional regressa a Luanda e na segunda-feira apresenta-se na Embaixada de Espanha para dar início a questões administrativas. As atletas que seguiram ontem viagem para Benguela são: Catarina Camufal, Mereciana Fernandes, Astride Vicente, Nguendula Filipe, Nadir Manuel, Judith Queta, Sónia Guadalupe, Fineza Eusébio, Rosa Gala, Helena Francisco, Nacissela Maurício, Felizarda Jorge, Madalena Félix, Ana Gonçalves, Luísa Tomás, Madalena Valentim, Rosemira Daniel, Clarisse Mpanka e Whitney Miguel. MC Na cidade do Porto Navarro foi operado ao tornozelo Juan Carlos Navarro, capitão do Barcelona, foi operado sexta-feira ao tornozelo direito na cidade do Porto e fica dois meses de baixa, anunciou a unidade hospitalar. A intervenção foi realizada "com êxito" pelo especialista holandês Niek Van Dijk e o jogador deve voltar a treinar dentro de oito semanas, informou em comunicado o hospital portuense. Navarro, de 33 anos, perdeu muitos jogos esta temporada devido a diversos problemas físicos, muitos deles relacionados com o tornozelo. O basquetebolista acaba de completar a sua 14.ª temporada no plantel do "Barça" e foi uma das estrelas da vitória na Taça do Rei. O capitão do Barcelona já fez mais de 1.100 jogos desde 1997, data da sua estreia. Entre 1997 e 2013, ganhou sete títulos da Liga, seis Taças de Espanha, duas Euroligas, dois campeonatos europeus e um campeonato mundial.