Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Cavaliers e Wizards jogam meias-finais

28 de Abril, 2015

A equipa de Cleveland venceu os Boston Celtics por 101-93 e a formação de Washington derrotou os Toronto Raptors por 125-94. Com a vitória, a equipa de LeBron James junta-se a Washington Wizards nas meias-finais da Conferência Este da Liga Norte-americana de Basquetebol (NBA).

Com a nova ajuda do “inevitável” LeBron James, que contribuiu com 27 pontos, os Cavaliers garantiram a primeira vaga nas meias-finais de Este depois de alcançarem o quarto e decisivo triunfo sobre os Boston Celtics, por 101-93.

Nas meias-finais, a formação de Cleveland vai defrontar o vencedor da eliminatória entre Chicago Bulls e Milwaukee Bucks (os primeiros vencem por 3-1).

O Washington Wizards ganhou pela quarta vez aos Toronto Raptors, agora por 125-94, e aguardam o desfecho do confronto entre Atlanta Hawks e Brooklyn Nets para conhecerem o opositor das meias-finais.

Neste momento, os Hawks, melhor equipa de Este na fase regular, estão em vantagem por 2-1.

Em Boston, no jogo que veio a ser decisivo, LeBron James ficou perto do “triplo-duplo”, juntou aos 27 pontos mais dez ressaltos e oito assistências. O craque recebeu a preciosa colaboração de Kyrie Irving, com 24 pontos e 11 ressaltos.

Em Washington, os Wizards garantiram o apuramento para as meias-finais de Este pelo segundo ano consecutivo, o que não sucedia desde 1979, quando disputaram a final, um ano depois de erguerem o troféu, ainda como Bullets.

Bradley Beal, com 23 pontos e cinco assistências e Marcin Gortat, 21 pontos, 11 ressaltos e cinco assistências, foram os maiores protagonistas dos Wizards neste triunfo decisivo sobre os Raptors.


CLÁSSICO TEXANO
Dallas Mavericks
vencem Rockets


O Dallas Mavericks recebeu o Houston Rockets com o pensamento na vitória a qualquer custo para se manter vivo na luta para as meias-finais da Conferência Oeste da NBA. Depois de perder os três primeiros jogos, dos quais dois fora dos seus domínios, os Mavericks triunfaram por 121-109 no clássico texano realizado na American Airlines Arena e diminuíram a desvantagem.

O desafio de Dallas, contudo, ainda é grande. Em toda a história da liga norte-americana de basquetebol, nenhuma equipa jamais conseguiu vencer uma série da pós-época depois de estar a  perder por 3- 0.

O nome da noite foi o extremo-base Monta Ellis, responsável por 31 pontos e seis ressaltos. O base J. J. Barea chegou ao duplo-duplo com 17 pontos e 13 assistência, assim como o extremo Al-Faourq Aminu, com 16 pontos e 12 ressaltos. O alemão Dirk Nowitzki espreitou os dois dígitos duplos com 16 pontos e oito ressaltos.