Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Cestos de luxo na Cidadela

Francisco Carvalho - 26 de Fevereiro, 2016

Petro de Luanda procura ensaiar o sistema táctico para o jogo de amanhã contra a equipa do ASA

Fotografia: Jornal dos Desportos

Petro de Luanda e Atlético Sport Aviação movimentam hoje, a partir das 16h00, no anexo II da Cidadela Desportiva, a partida da quinta jornada da segunda volta do campeonato nacional sénior masculina de basquetebol. Os campeões nacionais estão no encalço do topo da tabela geral e apresentam-se como favoritos à vitória diante de uma agremiação rejuvenescida.

Dotada de melhores executantes, a equipa do técnico Lazaré Adingonó vai entrar no jogo com rótulo de campeão. O respeito, que se lhe merece, vai exigir adoptar uma estratégia que passa também na cautela defensiva. Expelir o petróleo na "pista" pode ser a boa estratégia para colocar em terra todas as aeronaves. A contenção de ânimos é o elemento psicológico mais importante para evitar surpresas no final do jogo.

Na outra tabela da quadra vai estar um conjunto de "aviadores", ávidos de manter a aeronave no ar. O "comandante" Carlos Dinis, depois de experimentar quatro voos, está ciente das dificuldades que pode encontrar na "pista" e o arranque derrapante pode evitar o deslize na pista.

À entrada da quinta jornada, o Petro de Luanda e Atlético Sport Aviação procuram constar do top-3 do BIC Basket'2016. O duelo promete bons momentos de basquetebol. Os campeões nacionais ocupam o quarto lugar e os aviadores são o sétimo da tabela geral de classificação. Na primeira volta, os tricolores derrotaram os aviadores.

O embate de hoje serve também para ajustar os sistemas tácticos para a partida de amanhã. Petro de Luanda vai receber o Recreativo de Libolo na principal partida da sétima jornada do BIC Basket'2016 na Cidadela Desportiva. Os campeões nacionais têm a missão difícil de contornar o segundo classificado da tabela geral. Depois da derrota na primeira volta,  os petrolíferos vão procurar redimir-se. A missão é difícil.

A equipa do Cuanza Sul caminha para cimentar o segundo lugar da classificação, tendo em vista a segunda fase da competição, em que o líder entra com um ponto de bonificação. Longe do espectáculo de outros tempos, o Recreativo de Libolo ainda apresenta um jogo colectivo agradável, que pode ofuscar a intenção do Petro de Luanda.

Também com olhos no segundo lugar, a equipa do Eixo-viário entra na partida para lograr a vitória. A acontecer, a "tomada de assalto" vai ser uma questão de horas, tendo em conta os dois jogos de atraso. O primeiro está remarcado para 5 de Março, no anexo II, contra o Sporting de Benguela, válido para a primeira jornada, e o segundo, para 18 de Março, no mesmo pavilhão, contra a Marinha de Guerra, válido para a oitava jornada.

Noutras partidas da quinta jornada,  o Vila Clotilde vai receber, às 16h00, no pavilhão 28 de Fevereiro, o 1º de Agosto, líder invicto da competição com 28 pontos.

A Marinha de Guerra, liderado tecnicamente por Paulo Macedo, está na terceira posição com mérito próprio. Hoje, às 16h00, no pavilhão Victorino Cunha, os marinheiros vão jogar com Recreativo de Libolo, o segundo da tabela. O Interclube joga em casa, no pavilhão 28 de Fevereiro, com Lusíada, último da classificação, às 18h30.

Na última partida do dia, o Progresso Sambizanga, oitavo, recebe no pavilhão anexo II da Cidadela Desportiva, o Sporting Clube de Benguela, sexto.