Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

"Cinco" nacional regressa hoje

Francisco Carvalho - 28 de Fevereiro, 2015

Selecção nacional passeou classe na prova qualificativa na cidade de Bulawayo no torneio de apuramento aos Jogos Africanos

Fotografia: José Cola

A selecção nacional sénior masculina de basquetebol regressa hoje de Bulawayo, Zimbabwe, com o passe de acesso aos Jogos Africanos que vão decorrer na cidade de Brazzaville, República do Congo. O “cinco” nacional venceu o torneio qualificativo, que contou com as participações das selecções da África do Sul, Zimbabwe e Ilhas Seychelles.

Os angolanos orientados pelo técnico Emanuel Trovoada coleccionaram seis vitórias em igual número de jogos. O percurso vitorioso começou com a selecção da casa. Mais bem estruturada tecnicamente, os angolanos aplicaram a primeira chapa 100 da competição, num desafio com pouca história. Os anfitriões testemunharam o melhor do basquetebol da região e conseguiram coleccionar apenas 47 pontos contra 100.

No segundo jogo, Emanuel Trovoada chamou os atletas à razão e aplicaram-se mais a fundo. Com acelerador sem espaço, os ilhéus da Seychelles consentiram 117 pontos e converteram apenas 55.

Na busca de pontuação recorde, os angolanos viram a oportunidade com a África do Sul. Com mais discernimento e acerto na cesta, o “cinco” nacional aplicou a terceira chapa 100, desta num total de 121 pontos contra 65.

Com o fim da primeira volta, os angolanos tinham metade do percurso conquistado. O técnico Emanuel Trovoada poupou os atletas mais utilizados e deu uma oportunidade aos menos empregados. A estratégia podia resultar em fracasso, não fosse a experiência dos atletas veteranos. A África do Sul entrou derrapante e complicou as contas. Diante do equilíbrio na partida, Emanuel Trovoada recorreu as estrelas e solicitou o empenho total. No último quarto, os angolanos foram mais ousado e certeiros. A dinâmica permitiu a quarta vitória, desta bem apertada: 87-70.

Com o aviso à navegação, na quinta partida, os angolanos complicaram as contas dos atletas da selecção da Ilha Seychelles e venceram o jogo por 103-48.

No encerramento da participação na competição, com os anfitriões, a selecção nacional venceu ontem o Zimbabwe por 98-50.

Hoje, os anfitriões disputam com os sul-africanos o segundo lugar do torneio qualificativo. O vencedor da partida limita-se a constar das estatísticas. 
O regulamento da prova qualificativa aos Jogos Africanos apura apenas o primeiro classificado do grupo.

A missão de qualificação angolana foi entregue ao grupo composto pelos atletas Afonso Rodrigues, Edson Ndoniema, Valdelício Joaquim, Armando Costa, Felizardo Ambrósio "Miller", Miguel Kiala, Leonel Paulo, Roberto Fortes, Reggie Moore, Carlos Cabral, Pedro Bastos e Eduardo Mingas.


xMINI-BASKET
Mário Octávio
dribla no Vila


O Ginásio do Clube Futebol Vila Clotilde, ao Maculusso, é palco desde hoje das disputas do torneio Mário Octávio, na categoria de mini-basket, enquadrado nas celebrações do 62º aniversário do clube. O evento desportivo de âmbito recreativo é disputado nas sub-categorias de sub-10 e sub-12 a duas voltas, até ao próximo dia 11 de Abril e conta com as participações do Petro de Luanda, 1º de Agosto, Total e Vila Clotilde.

Para a jornada inaugural, em sub-10 e sub-12, o Petro de Luanda mede forças com 1º de Agosto, enquanto os anfitriões jogam com a Total.

Fundado a 25 de Março de 1963, o Vila Clotilde é responsável pela formação de grandes nomes do desporto nacional, com realce para a modalidade do basquetebol, onde se destacaram  figuras como Mário Rocha, Mário Octávio (homenageado), Gika, Batalha e Nana.

No período antes da independência nacional, o clube do Bairro Maculusso teve o mérito de  ser nove vezes campeão de Angola.
ROSA NAPOLEÃO


NBA
Federer despacha
Coric no Dubai


Terminou com estrondo a excelente semana de Borna Coric nos Emirados Árabes Unidos. O jovem croata de 18 anos, que na quinta-feira havia derrotado Andy Murray com facilidade, foi derrotado em apenas 55 minutos pelo suíço Roger Federer, número dois mundial, por 6-2 e 6-1, nas meias-finais do ATP 500 do Dubai.

O helvético esteve a bom nível e não deu qualquer hipótese a um oponente que foi totalmente consumido pela ocasião, não conseguindo contrariar o ritmo superior do vencedor de 17 títulos do Grand Slam.

Esta é a 126ª final da carreira para Roger Federer, nona nos Emirados Árabes Unidos. Em busca do 84º título da carreira, o helvético de 33 anos pode chegar ao 7º título no Dubai, algo que só alcançou noutros dois torneios: Wimbledon e Halle, ambos com sete troféus.

RUI MACHADO

O português Rui Machado qualificou-se ontem para as meias-finais do Future de Vale do Lobo, no Algarve e somou a sua 18ª vitória consecutiva, depois de 15 triunfos no Sri Lanka que o levará à conquista de três títulos.

O algarvio impôs-se ontem frente ao alemão de 20 anos Daniel Masur, sexto cabeça-de-série pelos parciais de 6-1 e 6-4 e confirmou de forma categórica o seu estatuto de primeiro cabeça-de-série, naquela que é a primeira prova de nível Future disputada em Portugal esta época.