Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Clssico de ajuste de contas

Melo Clemente - 04 de Outubro, 2018

As duas equipas podem apresentar os seus reforos visando a nova poca desportiva

Fotografia: Santos Pedro | Edies Novembro

As formações do 1º de Agosto e do Atlético Petróleos de Luanda defrontam-se amanhã, a partir das 19h00, no Pavilhão Victorino Cunha, em partida de maior cartaz da terceira jornada da primeira volta da fase regular da 41ª edição do Campeonato Nacional de basquetebol em seniores masculinos, vulgo Unitel Basket.
Mais do que o primeiro clássico dos clássicos da temporada 2018/2019, o desafio de amanhã, servirá, seguramente, de ajuste de contas para o Atlético Petróleos de Luanda, que, na temporada transacta, perdeu para o seu arqui-rival por doze ocasiões, tendo o Clube Central das Forças Armadas Angolanas perdido apenas duas partidas.
Com Unitel Basket na sua fase embrionária, a partida de amanhã, entre militares e petrolíferos da capital, é de difícil prognóstico, a julgar pela qualidade dos dois planteis.
Ao contrário das últimas edições, em que a formação tricolor, orientada superiormente pelo técnico camaronês, Lazare Adingo, perdia sistematicamente jogadores, este ano, a direcção da equipa petrolífera reforçou o grupo, com realce para Olímpio Cipriano, extremo base, Hermenegildo M´bunga, poste, Manda João, Benvindo Quimbamba, Aldemiro João, extremos, todos de nacionalidade angolana, para além do norte-americano, Jeson Caine.
Olímpio Cipriano, Hermenegildo M´bunga, Benvindo Quimbamba e Manda João vieram da extinta equipado Sport Libolo e Benfica, ao passo que Aldemiro João, representou, na época transacta, o Atlético Sport Viação (ASA).
Por seu turno, o Clube Central das Forças Armadas Angolanas assegurou os préstimos do jovem Fidel Cabita, extremo que, na época passada, representou as cores do Grupo Desportivo Interclube, para além de ter garantido a continuidade do base dominicano naturalizado norte-americano, Emanuel Quezada. Hoje, quinta-feira, as duas colectividades voltam a ensaiar as estratégias, visando o clássico de amanhã, que se espera bastante disputado, dado o potencial das duas agremiações, que mais uma vez estarão na corrida ao título da 41ª edição do Unitel Basket, competição que conta com a participação de nove equipas, contra dez da edição passada.
Moralizados com a conquista da Supertaça Wlademiro Romero, competição que abriu a época desportiva 2018/2019, os pupilos de Paulo Macedo vão procurar vencer o primeiro clássico dos clássicos, mantendo, deste modo, o domínio avassalador (ver peça a parte).
A entrada da terceira jornada da primeira volta, da fase regular da 41ª edição do campeonato Nacional de basquetebol em seniores masculinos, a formação do Atlético Petróleos de Luanda lidera a prova, com quatro pontos, fruto de dois triunfos, ao passo que a equipa rubro e negra conta apenas com uma vitória e menos uma partida.
A jornada número três abre amanhã, a partir das 16h00, com o Clube de Formação Desportiva do Kwanza a defrontar a similar do Futebol Clube Vila Clotilde, no Pavilhão 28 de Fevereiro; a Marinha de Guerra mede forças com a Academia Helmarc, às 16h00, no Pavilhão Victorino Cunha, ao passo que a Universidade Lusíada terá pela frente o Grupo Desportivo Interclube, às 16h00, no Pavilhão Principal da Cidadela Desportiva.
O Atlético Sport Aviação (ASA) folga por imperativo de calendário.