Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Clássico aquece Vitórino Cunha

Melo Clemente - 19 de Maio, 2016

Militares e petrolíferos protagonizam esta noite mais um duelo de gigante

Fotografia: Paulo Mulaza

Igualadas a uma vitória (1-1) , as formações do 1º de Agosto e do Atlético Petróleos de Luanda defrontam-se hoje a partir das 19h00, no Pavilhão Victorino Cunha, na terceira partida do play -off das meias -finais da 38ª edição do Campeonato Nacional de basquetebol em seniores masculino, vulgo BIC Basket, a melhor de cinco partidas.

Depois de realizar duas partidas no Pavilhão Principal da Cidadela Desportiva, onde obteve um saldo de uma vitória e uma derrota, a equipa rubro - negra vai aproveitar o factor casa para tentar o seu segundo triunfo sobre o arqui-rival, Atlético Petróleos de Luanda, e adiantar a eliminatória das meias-finais.

Apesar de jogar no seu reduto, palco considerado como um inferno pelos adversários, a partida de logo mais entre militares e petrolíferos é de difícil prognóstico, a julgar pela qualidade dos dois plantéis.

Aliás, as duas partidas realizadas até aqui, ficaram mais do que demonstradas a qualidade dos atletas das duas equipas, sendo que o favoritismo para a passagem  à final da referida competição está repartida em 50 por cento para cada.

O Clube Central das Forças Armadas Angolanas que na fase de Qualificação esteve muito aquém do seu rendimento, reapareceu em grande nas meias-finais da 38ª edição do BIC Basket, à semelhança do conjunto tricolor.

Ontem, na sessão derradeira de treinos, Ricard Casas, técnico espanhol ao serviço da equipa rubro - negra, incidiu mais os seus trabalhos nos aspectos defensivos, sem descurar o capítulo ofensivo.

Casas, quer ver igualmente melhorados  os contra ataques, assim como a circulação de bola em todas as áreas de jogo.  A sessão de treinos terminou com lançamentos à curta e à longa distâncias. No seio dos jogadores não se fala noutra coisa senão no triunfo de logo mais, apesar de reconhecerem as potencialidades do campeão nacional, em título.

O jovem Hermenegildo Santos, base, que a par de Islando Manuel está a destacar-se na presente época desportiva, sendo por isso, um dos eleitos do seleccionador nacional, Carlos António Dinis, para o torneio pré-olímpico de Belgrado, Sérvia,  prova selectiva ao Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, em Agosto do corrente, vai ser chamado para  conduzir as acções ofensivas da equipa militar.

Armando Costa, Cedrick Ison, Tariq Kirksay, Felizardo Ambrósio "Miller", Edson Ndoniema constituem o quinteto que vai procurar vencer os tricolores.
Entretanto,  Lazare Adingono promete uma equipa aguerrida logo mais, embora reconheça  as qualidades do adversário. Tal como os militares, os petrolíferos da capital efectuaram ontem os últimos ensaios para suplantar esta noite a equipa rubro - negra.

Emanuel Quezada, Reggie Moore, Gerson Gonçalves e Domingos Bonifácio são as unidades que Lazare Adingono vai  contar para vencer o 1º de Agosto, em pleno Pavilhão Victorino Cunha.

O equilíbrio vai seguramente prevalecer na partida de mais logo. O 1º de Agosto venceu a primeira partida, por 102-75, ao passo que o Petro vergou o seu adversário, por 113-107.

DESEMPENHO
Reggie Moore
lidera artilharia

O internacional angolano, Reggie Moore, lidera a lista dos melhores marcadores das meias-finais do play -off da 38ª edição do BIC Basket, com 44 pontos, seguido do companheiro de equipa, Emanuel Quezada, com 41 pontos.

Depois de ter sido um dos elementos preponderante, quer na fase regular, quer na fase de grupos, Reggie Moore esteve em destaque nas duas partidas dos play -off das meias-finais do "Nacional da bola ao cesto".

No sábado, na derrota da sua colectividade  frente ao 1º de Agosto, o campeão africano  marcou  20 pontos, em 25 minutos e 20 segundos, ao passo que na terça-feira, o jogador marcou 24 pontos, em 35 minutos e 50 segundos, ajudando a  sua equipa a empatar a eliminatória (1-1).

Já o poste Jason Cain que contabiliza 33 pontos, contra 18 do jovem Gerson Gonçalves, medalha de ouro dos XI Jogos Africanos de Brazzaville.
Do lado militar, o extremo base Cedrick Ison, é quem lidera a lista dos melhores marcadores com 39 pontos, seguido de Tariq Kirksay , Islando Manuel e Edson Ndoniema, com 35, 34 e 32 pontos, respectivamente. 
M.C

NBA
Thunder vence Warriors

O base Russell Westbrook conseguiu na segunda-feira, um duplo - duplo de 27 pontos e 12 assistências, além de sete roubos de bola e seis ressaltos, e liderou ainda  o Oklahoma City Thunder City na vitória fora de casa, por 108-102, sobre o Golden State Warriors, no primeiro jogo da série da melhor de sete, das finais da Conferência Oeste.

A vitória dá ao Thunder a vantagem de quadra, já que a equipa de Oklahoma City  venceu em território adversário, com uma viragem no segundo tempo, depois de chegar ao intervalo com 13 pontos de diferença no placar (60- 47). Além de Westbrook, o extremo Kevin Durant também se destacou com um duplo - duplo de 26 pontos, entre eles, uma cesta decisiva quando  faltava 30,7 segundos para o fim, e dez ressaltos.

O grande herói da reacção do OKC foi Westbrook, que no primeiro tempo conseguiu  três pontos, ao errar sete dos oito tiros de quadra que fez. No entanto, o camisa 0 do Thunder distribuiu oito assistências para que Durant e o extremo poste Serge Ibaka mantivessem a equipa em jogo, com 14 e 11 pontos, respectivamente.

Westbrook regressou arrasador, do intervalo , com 19 pontos apenas no terceiro parcial, que ajudaram o Thunder, ao lado do bom desempenho defensivo da equipa, a alcançar a pontuação de 38-28 no terceiro quarto, reduziu a diferença para apenas três pontos (88-85).

O Thunder manteve o ritmo no último parcial, com o domínio de Westbrook no duelo individual com o base dos Warriors, Stephen Curry, além do protagonismo no jogo dentro do garrafão do poste neozelandês Steven Adams, que voltou a ser decisivo para a equipa de Oklahoma, assim como  ocorreu na série das semifinais com o San Antonio Spurs.