Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Colossos pagam dvidas aos rbitros

Juscelino da Silva - 09 de Novembro, 2019

Fotografia: Santos Pedro| Edies Novembro

Os homens do apito de basquetebol podem ver as dívidas pagas nos próximos dias. Os três maiores clubes do país, Petro de Luanda, 1º de Agosto e Interclube decidiram liquidar os prémios avaliados em 11 milhões de kwanzas. A decisão foi tomada na reunião realizada no anfiteatro da Federação Angolana da modalidade (FAB) e envolveu os vice-presidentes para o basquetebol do Petro de Luanda e Interclube.
No encontro promovido pela Associação Provincial de Basquetebol (APB)de Luanda, visando o sorteio do campeonato sénior masculino, que arrancou ontem, os vice-presidentes do Petro e do Interclube, Artur Barros e Miguel António Camulogi, avançaram que "as três equipas assumiram o compromisso e trabalham em conjunto para se encontrar um novo patrocinador", visando as despesas da competição nacional. Os maiores clubes do país pretendem o arranque da competição ainda no próximo mês.
O Jornal dos Desportos apurou que os clubes já contactaram possíveis patrocinadores. Trata-se da Empresa Nacional de Seguros de Angola (ENSA), Televisão Pública de Angola (TPA) e ZAP. As três empresas têm "uma pujança financeira", segundo o vice-presidente do Interclube, Miguel António Camulogi.
"Estamos a trabalhar afincadamente com alguns possíveis patrocinadores do campeonato nacional. Essas empresas têm uma área de responsabilidade social e dão muito apoio ao desporto nacional. Vamos tentar sensibilizá-las para ajudarem o basquetebol, uma das modalidades mais prestigiadas", justificou.
Homem forte do basquetebol da turma da polícia acrescentou que "algumas empresas negaram ajudar enquanto a FAB não mudasse de direcção". Os valores a disponibilizarem pelos clubes para pagar os árbitros devem ser devolvidos pela FAB tão logo tenha um novo patrocinador. Artur Casimiro Barros assegurou que o regresso do campeonato nacional está muito próximo tão logo termine as negociações com os árbitros e os dirigentes da FAB.