Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

D´Agosto cumpre objectivo

Melo Clemente - 07 de Abril, 2013

As duas equipas proporcionaram ontem um bom espectáculo para o gáudio dos adeptos

Fotografia: Jornal dos Desportos

Sem uma das suas principais unidades em campo (Carlos Almeida) por lesão, o 1º de Agosto recebeu e venceu, ontem, no pavilhão do CODENM, o arqui-rival Atlético Petróleos de Luanda por 93-84 e conquistou o primeiro lugar da fase de grupos da XXXV edição do Campeonato Nacional de Basquetebol em seniores masculinos. Com este triunfo, os campeões africanos em título arrebataram o ponto de bonificação e, na “final four”, os militares vão disputar as primeiras quatro partidas no seu reduto.

Galvanizados com o desaire do Recreativo do Libolo do Kwanza-Sul, na ronda anterior, os militares entraram bastante determinados no quarto inicial, tendo vencido por 23-15. Mais coesos a defender e eficazes no ataque, os pupilos de camaronês Lazare Adingonou venceram por um parcial de 24-20, perfazendo 43-39, ao cabo dos primeiros 24 minutos, a favor da equipa rubro e negra. Depois do intervalo, passou-se a assistir a um bom espectáculo da “bola ao cesto” proporcionado pelas duas equipas, com algumas jogadas a arrancar aplausos do público que lotou por completou o pavilhão do CODENM. Aliás, tem sido norma quando estas duas equipas se defrontam, seja em que palco for.

Com o internacional angolano Carlos Morais em destaque, fundamentalmente, no terceiro período, os petrolíferos da capital conseguiram uma vantagem de sete pontos (53-60), quando restavam quatro minutos e 58 segundos para fim do quarto. Se do lado do Petro de Luanda, Carlos Morais estava em dia sim, do lado militar, o norte-americano Cedrick Ison chamava a si a responsabilidade do jogo. O norte-americano colocou a formação militar em vantagem de três pontos ao fim do terceiro período (70-67).

Os pupilos do treinador Paulo Macedo voltaram a superiorizar-se no quarto derradeiro, com o equilíbrio a dominar algumas etapas do jogo. Carlos Morais, por banda do Petro de Luanda, e Cedrick Ison, do lado militar, anotaram cada 27 pontos. Joaquim Gomes “Kikas” (1º de Agosto) foi o rei dos ressaltos, com 11, seguido por Abdel Gomes, do Petro de Luanda, com oito. No final, Paulo Macedo era um treinador visivelmente satisfeito por ter conseguido cumprir com o objectivo, que passava pela conquista do  primeiro lugar.

Por seu turno, Lazare Adingonou agradeceu o empenho dos seus rapazes, por terem lutado até ao fim. Com a conclusão da nona jornada, a equipa rubro e negra terminou em primeiro lugar, com 14 pontos. Recreativo do Libolo ocupa o segundo lugar, com 12 pontos, seguido do Interclube e Petro de Luanda, ambos com 11. ASA continua a cauda da tabela com 7 pontos.


BAI Basket
Recreativo do Libolo assalta segundo lugar

A equipa de basquetebol do Recreativo do Libolo tomou de assalto o segundo lugar do Grupo A, agora com 12 pontos, ao derrotar ontem, no Pavilhão do Dream Space, em Viana, a formação do Grupo Desportivo Interclube, por 86-83, em desafio referente à nona jornada da 35ª edição do BAI Basket. Os polícias, que à entrada desta ronda ocupavam o segundo posto, caíram para o terceiro lugar, com 11 pontos.

Depois de ter consentido derrota na sexta-feira, diante do Atlético Petróleos de Luanda, por 84-91, a equipa campeã nacional em título entrou algo apática, fruto da maior agressividade defensiva imposta pela equipa forasteira. Os 16 pontos anotados pela formação do Libolo no quarto inicial, contra 24 do Interclube, atestem perfeitamente o grau de dificuldades que os pupilos do português Luís Magalhães encontraram nesta etapa de jogo.

Os campeões nacionais em título inverteram o rumo dos acontecimentos no segundo período, durante o qual conseguiram nada mais, nada menos, do que 22 pontos, contra 11 do Interclube, o que perfez 38-35 a favor da equipa caseira. Após o intervalo, as duas colectividades passaram a exibir-se, fundamentalmente, nos aspectos ofensivos, com particular realce para o Recreativo do Libolo do Kwanza-Sul. O equilíbrio voltou a prevalecer no quarto derradeiro, mas a formação do Recreativo do Libolo do Kwanza-Sul acabou por ser mais feliz, vencendo o desafio por 86-83.                              M.C


Nacional
Fase de Grupos
encerra sexta-feira


A fase de Grupos da 35ª edição do Campeonato Nacional de Basquetebol encerra na próxima sexta-feira, com a disputa de quatro partidas, sendo duas de cada série. No Grupo A, o Grupo Desportivo Interclube recebe às 18h00, no Pavilhão 28 de Fevereiro, a equipa do Atlético Petróleos de Luanda, ao passo que o Atlético Sport Aviação (ASA) mede forças com o Recreativo do Libolo, às 16h00, no Pavilhão Anexo número dois da Cidadela.

A formação do Clube Central das Forças Armadas Angolanas folga, por imperativo de calendário. No Grupo B, o Progresso Associação do Sambizanga defronta a Universidade Lusíada, no Pavilhão 28 de Fevereiro, às15h30, enquanto o Clube Amigos de Viana defronta o Desportivo Universidade Agostinho Neto, partida agendada para as 16h30. O Futebol Clube Vila Clotilde folga por força de calendário. M.C


NBA
Lakers derrotam Grizzlies


O Los Angeles Lakers derrotou o Memphis Grizzlies, por 86-84, e mantém-se à frente do Utah Jazz na luta por uma vaga nos Play off. Com o bom resultado conquistado em casa, os Lakers chegaram a 40 triunfos em 76 jogos, o que lhes garante o oitavo melhor lugar da Conferência Oeste, a posição de corte para o “mata-mata”. O Jazz, que venceu o New Orleans Hornets, tem o mesmo número de vitórias, mas uma derrota a mais. Os Lakers lideraram o placar durante quase todo o confronto, mas cederam a viragem no último quarto. A equipa anfitriã não se abalou e retomou a dianteira a um minuto do final, para não deixar a vitória escapar. O extremo base Kobe Bryant destacou-se, com 24 pontos e nove assistências, enquanto o poste espanhol Pau Gasol anotou 19 pontos e aproveitou nove ressaltos. Pelos Grizzlies, o base Mike Conley foi o cestinha, ao anotar 21 pontos.

CITY THUNDER
ASSUME LIDERANÇA

O Oklahoma City Thunder visitou Indiana e derrotou a boa equipa dos Pacers, por 97-75. Com a vitória, Thunder assume a liderança da Conferência Oeste. O actual vice-campeão da NBA tem agora 56 vitórias e 20 derrotas e já conta com vaga assegurada nos Play off, assim como os Pacers, que somam 48 triunfos em 78 jogos e figuram na terceira posição da Conferência Leste.


Shaquille alfineta Dwight Howard

Depois de ser homenageado na última partida do Lakers e ter a sua camisola de número 34 aposentada, o ex-jogador Shaquille O’Neal não perdeu a oportunidade de criticar o actual pivô da equipa californiana, Dwight Howard. Depois de lhe ser perguntado se Kobe Bryant ia conseguir conquistar mais um título antes da reforma, Shaq aproveitou para alfinetar Howard. “Espero que o Kobe consiga um título antes de se despedir da NBA. Mas eu sou um ex-pivô e acho que ele (Howard) precisa dar um passo à frente para isso”, declarou Shaq.

Esta não é a primeira vez que O’Neal critica o pivô do Lakers. Recentemente, afirmou que há na NBA alguns pivôs superiores a Howard, como Robin Lopez, do New Orleans Hornets, DeAndre Jordan, do Los Angeles Clippers, e Andrew Bynum, do Philadelphia 76’ers. Apesar das palavras de O’Neal, Dwight Howard preferiu não rebater e ainda demonstrou admiração pelo ex-pivô. “Penso que quando se tem algo a dizer, positivo ou negativo sobre alguém, é necessário ir ter com essa pessoa e falar, porque podemos modificar as palavras ou entender de outra forma. Mas, estou feliz por ele, que fez muito pelo Lakers e pela NBA. Ele merece”, afirmou o pivô, que ainda disse que Shaq foi “um dos melhores que jogou na NBA”.