Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

DAgosto encara o Petro de Luanda

Melo Clemente - 06 de Abril, 2013

Militares lideram a tabela classificativa do Grupo A com 12 pontos

Fotografia: Jornal dos Desportos

Desprovido do seu capitão (Carlos Almeida), a contas com uma distensão muscular, a equipa sénior masculina de basquetebol do 1º de Agosto recebe hoje no seu reduto, a partir da 18h00, o arqui-rival, Petro de Luanda, em desafio referente à nona jornada do Grupo A da XXXV edição do BAI Basket, com o olhar no topo da tabela classificativa.
O desafio de mais logo vai marcar a despedida da formação militar da fase de Grupos, dado que por imperativo de calendário vai folgar na jornada derradeira da prova, marcada para o dia 12 do mês em curso.

A equipa militar, que lidera a tabela classificativa do Grupo A da edição 35 do Campeonato Nacional da “bola ao cesto”, com 12 pontos, vê-se na obrigação de vergar esta noite o arqui-rival, sob pena de ver gorada a conquista do primeiro lugar e a perda de um ponto de bonificação.
Depois de terem vencido ontem a formação aviadora, os militares estão com o moral em alta e dispostos a repetir a proeza da primeira volta, em que haviam derrotado os vice-campeões africanos, por 83-109.

Sem Carlos Almeida, por lesão, atleta que tem sido preponderante na manobra ofensiva dos actuais campeões africanos em título, o técnico principal da formação militar, Paulo Macedo, prometeu uma equipa altamente competitiva para o desafio desta noite.
“O Carlos Almeida tem sido um verdadeiro líder mas, infelizmente, não poderemos contar com ele. Temos consciência das dificuldades que vamos encontrar, mas tudo faremos para conquistar os dois pontos em disputa porque a nossa meta é conquistar o primeiro lugar desta fase da competição”, disse.

Aliás, a equipa rubra e negra poderá aproveitar eventualmente o desgaste físico do seu adversário, que ontem defrontou no Pavilhão do Dream Space, em Viana, o Recreativo do Libolo do Kwanza-Sul.
Ainda assim, os petrolíferos da capital não escondem o desejo de baterem o arqui-rival, 1º de Agosto em pleno Pavilhão do CODENM, que mais uma vez estará ao rubro.

Carlos Morais, atleta que esteve afastado do grupo devido a uma lesão, está totalmente recuperado e deve constar do cinco inicial de Lazare Adingonou, camaronês ao serviço da equipa do Eixo-viário.
Entretanto, o Conselho de Arbitragem da Federação Angolana de Basquetebol apenas ao princípio da tarde de hoje vai dar a conhecer o trio de arbitragem para o embate desta noite.


DESTAQUE
Petro de Luanda trava Recreativo do Libolo


A equipa sénior masculina do Recreativo do Libolo do Kwanza-Sul perdeu uma soberana oportunidade de assumir o segundo lugar do Grupo A da XXXV edição do Campeonato Nacional de Basquetebol em seniores masculinos, vulgo BAI Basket, ao perder ontem, no Pavilhão do Dream Space, em Viana, frente ao Petro de Luanda, por 84-91, em partida de destaque da oitava jornada.

O Recreativo do Libolo do Kwanza-Sul, que à entrada da ronda oito dependia única e exclusivamente de si para alcançar o primeiro lugar do Grupo A, entrou algo apático no quarto inicial, tendo anotado apenas 17 pontos, contra 37 dos petrolíferos da capital, que apesar do triunfo mantém o quarto posto da tabela classificativa, agora com nove pontos.

Liderados pelo internacional angolano Olímpio Cipriano, os actuais campeões nacionais reagiram no segundo período e foram mais eficazes. Neste período, os libolenses marcaram 28 pontos, contra 16 dos petrolíferos, o que perfez 45-51, a favor da equipa forasteira.
Os últimos dois quartos foram jogados sob o signo do equilíbrio, tendo o Petro se superiorizado na ponta final, vencendo a partida por 91-84.

O base Paulo Santana, do Petro de Luanda foi o cestinha da partida, ao anotar 23 pontos, contra 18 de Luís Costa, do Recreativo do Libolo do Kwanza-Sul.
Ainda ontem, para o Grupo A, o 1º de Agosto derrotou o ASA, por 96-67.
Os militares não tiveram qualquer dificuldade em despachar a formação do Atlético Sport Aviação (ASA), equipa que continua sem vencer nesta etapa da competição, somando por isso, sete desaires.

Com estes resultados, o 1º de Agosto lidera o Grupo, com 12 pontos, seguido do Interclube e Libolo, ambos com 10 pontos. Petro ocupa o quarto lugar, com 9, ao passo que o ASA continua em último lugar, agora com 7 pontos.
Já no Grupo B, o Vila bateu Amigos de Viana, por 118-53.
M.C


BAI Basket
Interclube procura
desforra frente ao Libolo


Depois de ter consentido derrota caseira (83-86), em pleno Pavilhão 28 de Fevereiro, na primeira volta, o Interclube desloca-se esta tarde (16h00) ao Pavilhão do Dream Space, em Viana, a fim de medir forças com a formação do Recreativo do Libolo do Kwanza-Sul, onde a desforra passa a ser a prioridade.
Libolenses e polícias vão abrir o “apetite” da ronda nove do Grupo A que tem o aliciante 1º de Agosto-Petro de Luanda, partida agendada para as 18h00, no sempre difícil Pavilhão do CODENM.

A formação do Grupo Desportivo Interclube, que por força de calendário folgou ontem, está disposta a vergar os actuais campeões nacionais em título.
Alberto de Carvalho “Ginguba”, técnico angolano ao serviço da turma da Polícia, apesar de reconhecer o valor do seu adversário, não esconde a pretensão de bater esta tarde o representante da vila de Calulo. Aliás, as duas agremiações têm proporcionado aos amantes da “bola ao cesto” bom espectáculo quando se defrontam, pelo que hoje não será certamente diferente.Já no Grupo B, o Futebol Clube Vila Clotilde, líder incontestável com 13 pontos, mede forças às 16h00, no seu reduto, com a formação da Lusíada, ao passo que Cduan terá pela frente à mesma hora, mas no Pavilhão 28 de Fevereiro, o Progresso Associação do Sambizanga.                                
 MC


NBA
Thunder bate Spurs


Os Oklahoma City Thunder receberam e venceram os San Antonio Spurs por 100-88, em jogo que colocou frente-a-frente, na madrugada de ontem, os líderes da Conferência Oeste.
Os Thunder chegaram ao 55º triunfo da temporada graças às prestações dos inevitáveis Russel Westbrook (27 pontos, 7 ressaltos, 7 assistências e 3 roubos de bola) e Kevin Durant (25 pontos, 9 ressaltos, 6 assistências e 3 desarmes de lançamento).

Já do lado dos Spurs, nem os 24 pontos e 11 ressaltos de Tim Duncan e os 24 pontos, 14 ressaltos e 6 assistências de Kawhi Leonard ajudaram a formação texana a evitar o 20º desaire da temporada – tantos como os dos rivais desta noite, mas com um triunfo a mais.
Apesar da derrota, os Spurs continuam na liderança da conferência, com um registo de 73,7 por cento, seguidos de perto pelos Thunder (73,3 por cento).