Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Derrick Rose regressa ao trabalho

07 de Dezembro, 2017

O problema físico não foi o único motivo de preocupação para o Cleveland Cavaliers.

Fotografia: AMERICA | afp

Derrick Rose decidiu afastar os rumores de possível retirada e optou pelo regresso às quadras. Um dos atletas mais promissores da NBA nos últimos anos, mas punido por uma série de lesões, o base do Cleveland Cavaliers voltou ao centro de treinos da franquia vice-campeã da última temporada, para retomar o tratamento de uma torção ao tornozelo que o impede de jogar desde o dia 7 de Novembro.
O problema físico não foi o único motivo de preocupação para o Cleveland Cavaliers. Depois de mais uma lesão, algo que atrapalha o desempenho do base há alguns anos, Rose cogitou aposentar-se aos 29 anos. A última aparição do atleta foi no dia 24 de Novembro, quando anunciou aos companheiros e à comissão técnica que ia deixar a equipa para avaliar o seu futuro. Na segunda-feira, porém, o melhor jogador da temporada 2010/2011 retomou a reabilitação com  vista a mais um regresso.
Depois da reapresentação, o director -geral dos Cavs foi aos microfones e fez declarações bem realistas sobre a situação do base. “Tem sido um período bem difícil e desafiador para o Rose. O que podemos garantir é todo o apoio e paciência para que  faça tudo no seu devido tempo, volte para o dia-dia do clube e para a quadra”, disse Koby Altman.
A decisão de Derrick Rose surge dias depois de uma conversa com o treinador do Cleveland, Tyronn Lue. Com contrato até o fim da temporada, o companheiro de LeBron James ganhou minutos nos primeiros jogos, por conta da lesão de Isaiah Thomas, acabou por acumular mais um problema e teve de afastar-se com a lesão no tornozelo esquerdo, quando tinha médias de 14.3 pontos por partida.
Primeira escolha do Draft de 2008 pelo Chicago Bulls, Derrick Rose surgiu para a NBA como uma grande promessa e provou isso, logo nas primeiras temporadas com o prémio de jogador mais valioso da liga. Porém, depois de sucessivas lesões, o base deixou a equipa multicampeã e teve uma passagem apagada no New York Knicks.
 Em 2017, recebeu a oportunidade de jogar nos Cavaliers, à pedido de LeBron James, mas sofreu  a primeira lesão depois de uma jogada dividida com o poste no Milwaukee Bucks, Greg Monroe.