Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Derrotas deixam Macedo fragilizado

Melo Clemente - 20 de Janeiro, 2020

Adeptos continuam a pedir a sada do tcnico Paulo Macedo

Fotografia: Dr

As duas derrotas consentidas pela formação do 1º de Agosto e a vitória do Grupo Desportivo da Marinha de Guerra sobre a similar do Grupo Desportivo Interclube (81-76), marcaram no último fim de semana a dupla jornada da 42ª edição do Campeonato Nacional de basquetebol em seniores masculino, competição que tem agora o Atlético Petróleos de Luanda como líder isolado, com 21 pontos, contra 20 da equipa adstrita a Polícia Nacional, na segunda posição.
Depois de um bom começo de prova, principalmente, na primeira volta, tornando-se inclusive na equipa mais concretizadora da 42ª edição do "Nacional", o começo do segundo turno do Clube Central das Forças Armadas Angolanas (1º de Agosto), conjunto orientado pelo técnico angolano, Paulo Jorge Rebelo de Macedo, tem sido sofrível, para o desagrado da massa associativa, que já pedem a saída do antigo seleccionador nacional dos hendecacampeões africanos.
Em dez dias, a equipa rubro e negra consentiu três desaires, situação que deixa fragilizado o técnico Paulo Jorge Rebelo de Macedo.
Após o desaire do dia oito do mês em curso, diante do arqui-rival, Atlético Petróleos de Luanda, com quem perdeu por 88-92, desafio disputado no Pavilhão Principal da Cidadela Desportiva, para acerto de calendário, sexta-feira, o técnico Paulo Jorge Rebelo de Macedo não foi capaz de neutralizar a formação do Grupo Desportivo Interclube, em pleno Pavilhão 28 de Fevereiro, perdendo por onze pontos de diferença (88-77).
Sábado, para o clássico dos clássicos, os militares voltaram a perder desta por 72-77, desaire que coloca o Clube Central das Forças Armadas Angolanas no terceiro lugar da tabela classificativa da 42ª edição do Campeonato Nacional de basquetebol em seniores masculino, com 19 pontos, contra 21 e 20  do Atlético Petróleos de Luanda e Grupo Desportivo Interclube, nas duas primeiras posições, respectivamente.
A dupla derrota passa a ser histórica para a equipa rubro e negra, que nunca antes havia conseguido tal registo, causando um mau estar no seio dos adeptos, que continuam a pedir a saída do técnico.
Entretanto, o Grupo Desportivo Interclube que na sexta-feira vergou o 1º de Agosto, por 88-77, sucumbiu sábado, frente ao Grupo Desportivo da Marinha de Guerra, por 76-81.
Os polícias que agora são orientados pelo técnico angolano, Raul Duarte, protagonizaram até aqui a maior surpresa da 42ª edição do Campeonato Nacional de basquetebol em seniores masculino, ao vencerem quer o Atlético Petróleos de Luanda, quer o 1º de Agosto, dois crónicos candidatos ao título nacional.