Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Dikembe Mutombo felicita Hélder Cruz

Melo Clemente - 20 de Fevereiro, 2017

Vamos nos preparar para estarmos em plena forma por altura do All Star Game

Fotografia: AFP

A antiga estrela da Liga Norte Americana de Basquetebol (NBA), Dikembe Mutombo, felicitou o novo presidente da Federação Angolana de Basquetebol (FAB), Hélder Cruz, que derrotou no pleito eleitoral de sábado, o presidente cessante, Paulo Alexandre Madeira, para o quadriénio 2016/2020.

O embaixador da NBA para o continente africano endereçou as felicitações ao novo homem forte do órgão reitor da modalidade no país, sábado, durante o jantar de confraternização oferecido as delegações que participaram na terceira edição do Acampamento Global de Basquetebol sem Fronteiras, actividade que encerrou ontem, com a disputa do Jogo das Estrelas.

"Gostaria de mandar o um abraço ao novo presidente de Federação Angolana de Basquetebol, o senhor Hélder Cruz, que é uma pessoa identificada com o basquetebol. Aliás, a NBA, mas concretamente os Jogos sem Fronteiras só chegou a Angola graças a ele, por isso, acredito que o basquetebol em Angola poderá atingir outros patamares nos próximos tempos", augurou  Dikembe Mutombo, atleta que durante duas décadas rilhou na Liga Norte Americana de Basquetebol.

Na NBA, Mutombo, dois metros e 18 centímetros de altura, destacou-se como grande defensor e bloqueador, tendo recebido o prémio de melhor defensor, nas temporadas de 1994/1995, 1996/1997, 1997/1998 e 2000/2001, tornando-se assim recordista individual do referido prémio, juntamente com o jogador Ben Wallace. Dikembe Mutombo tem a segunda maior marca de bloqueios de toda a NBA com 3.289, perdendo apenas para o lendário Hakeen Olajuwon, nigeriano de nacionalidade.

Jogou profissionalmente até ao dia 21 de Abril de 2009, quando sofreu uma ruptura no tendão do joelho esquerdo na disputa de um ressalto com também poste Greg Oden, do Portland Trail Blazers. Mutombo é muito conhecido pelos seus actos de caridade, tendo fundado um hospital com o nome da sua mãe, que cuida de crianças desfavoreças e não só do seus país, República Democrática do Congo.
 M. C