Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Dinheiro afasta Yanick dos militares

Melo Clemente - 19 de Fevereiro, 2016

Posto angolano brilhou na fase preliminar do Campeonato do Mundo de Espanha em 2014

Fotografia: M.Machangongo

Um salário mensal equivalente em kwanzas a quarenta mil dólares norte americanos, uma residência numa das zonas nobres da cidade capital, Luanda, para além das luvas, forçou a direcção do 1º de Agosto a prescindir dos serviços do internacional angolano, Yanick Moreira, poste, de 24 anos de idade, dois metros e onze centímetros de altura, para a parte final do Campeonato Nacional de basquetebol em seniores masculino, vulgo BIC Basket, segundo apurou o Jornal dos Desportos de fonte próximo do clube militar.

Apesar do internacional angolano ter realizado alguns treinos com o Clube Desportivo Marinha de Guerra, conjunto satélite do Clube Central das Forças Armadas Angolanas, depois de ter regressado ao país, proveniente de França, onde representou as cores da formação do Rouen Métropole Basket, o poste acabou por rubricar um contrato com o Recreativo do Libolo, revelou a nossa fonte.

"O Yanick Moreira só queria desviar as atenções dos amantes da modalidade, ao treinar com o Clube Desportivo Marinha de Guerra, quando na verdade já tinha praticamente tudo acertado com o Recreativo do Libolo, para não falar dos contactos que fez com o Grupo Desportivo Interclube", revelou a nossa fonte.

De acordo com a nossa fonte, as exigências financeiras feitas pelo jogador que em 2014 brilhou na fase final do Campeonato do Mundo da "bola ao cesto", ao serviço da Selecção Nacional, estão completamente desajustadas com a actual realidade do mercado angolano, que está a contas com a crise financeira, resultante da queda do barril do petróleo no mercado internacional.

"Nós não caímos em loucuras, agora se existem clubes a apostarem neste tipo de práticas, cabe os órgãos competentes tomarem medidas, sob pena de entrarmos para uma luta onde vale tudo e mais alguma coisa", alertou a fonte.

A nossa fonte fez saber ainda que o montante exigido pelo agente do internacional angolano, para a assinatura de contrato, rondava a quase um milhão de dólares norte-americanos.

 Depois de ter feito a sua formação na equipa rubro e negra, agremiação que o lançou para a alta roda do basquetebol, Yanick Moreira seguiu para os Estados Unidos da América, a fim de dar seguimento à sua formação académica, onde aliou igualmente a prática desportiva, mas concretamente na Universidade Metodista.

 Na temporada passada, o jovem basquetebolista angolano fez a pré-temporada ao serviço da formação dos Los Angeles Clippers da NBA, tendo sido afastado, rumando posteriormente para França, onde representou as cores da equipa do Rouen Métropole Basket, antes de regressar ao país.

 Entretanto, a formação do Recreativo do Libolo passa agora a ter o núcleo dura da Selecção Nacional, que este ano vai disputar o pré-olímpico de Belgrado, Sérvia, prova selectiva aos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, Brasil, em Agosto do ano em curso.

O plantel do representante da vila de Caculo conta nesta altura com sete internacionais angolanos, designadamente, Carlos Morais, Braúlio Morais, Eduardo Mingas, Valdelício Joaquim, Roberto Fortes, Milton Barros e o recém contratado Yanick Moreira.

ABDEL BOUCKAR
ESTÁ SURPRESO

 O chefe de departamento para o basquetebol do Recreativo do Libolo, Abdel Moussa Bouckar, não confirmou e nem desmentiu a contratação do poste Yanick Moreira, atleta que detém o recorde de pontos marcados numa só partida (38 pontos), feito conseguido na fase preliminar do Campeonato do Mundo de Espanha, na vitória do combinado nacional, frente a similar da Austrália, por 91-83.

 "Eu como um dos responsáveis para o basquetebol do Libolo desconheço completamente a contratação  de Yanick Moreira", revelou ao Jornal dos Desportos na última quarta-feira, logo após ao sorteio da XXXII edição da Taça de Angola, tendo referido que a sua agremiação está preparada para disputar as duas competições (BIC Basket e Taça de Angola).