Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Egipto primeiro pas africano a disputar uma Copa do Mundo

Melo Clemente - 29 de Agosto, 2019

Fotografia: DR

Egipto foi a primeira nação africana a disputar uma fase final de um Campeonato do Mundo de basquetebol em seniores masculinos, competição que este ano vai fazer disputar de 31 do mês em curso a 15 de Setembro próximo, a 18ª edição, com palco em oito cidades da República Popular da China.
Os egípcios tiveram o privilegio de marcar presença na primeira edição do Campeonato do Mundo, isto em 1950, prova que foi disputada na Argentina.
Com a desistência do Uruguai, por razões políticas, a competição ficou reduzida a dez nações, designadamente, Argentina, como país anfitrião,  Brasil, Chile, França, Espanha, Estados Unidos da América, Peru, Jugoslávia , Egipto e Equador.
A selecção peruana acabou por ser chamada a participar da festa, em virtude dos uruguaios terem desistido da aludida competição.
A selecção do Egipto, penta campeã africana, disputou a primeira edição do Campeonato do Mundo, em virtude de ter ficado na primeira posição do Eurobasket de 1949.
Como nenhuma equipa asiática fez parte da competição, devido a dificuldades financeiras, o organismo que tutela a modalidade no mundo distribuiu Will Card (convites) a Equador, Jugoslávia e Espanha, respectivamente.
E, contra todas as expectativas, o representante do continente africano terminou em quinto lugar na tabela classificativa, superando selecções como a França, Jugoslávia e Espanha, nações que, nos dia de hoje, são verdadeiras potências no mundo da \"bola ao cesto\" e não só.
Entretanto, fazendo jus ao estatuto de país anfitrião, a selecção da Argentina conquistou o primeiro troféu da primeira edição de um Campeonato do Mundo de basquetebol em seniores masculinos, tendo superado na grande final, a similar dos Estados Unidos da América, por 64-50.

Os argentinos fizeram o pleno na prova. Em seis jogos disputados, conseguiram igual número de triunfos, seguido dos Estados Unidos da América, que em seis jogos, somou cinco vitórias, tendo averbado apenas uma derrota, por sinal diante da Argentina, na final.
O Pavilhão Luna Park, de Buenos Aires, acolheu a edição número um do Campeonato do Mundo, isto em 1950. 
A competição decorreu de 22 de Outubro a 3 de Novembro. A Espanha, apesar de ocupar a cauda da tabela classificativa do Mundial (10º lugar), viu um dos seus jogadores a tornar-se no melhor marcador da competição, com uma média de 13, 7 pontos marcados por cada encontro. Trata-se de Álvaro Salvadores.
Fortunato Munoz, do Equador, terminou a competição com a mesma média de pontos do jogador espanhol (13, 7 pontos).

COMPETIÇÃO
MUDA DE DESIGNAÇÃO

Sessenta e cinco anos depois, o Campeonato do Mundo de basquetebol em seniores masculinos mudou de designação. O facto acorreu à margem da disputa da 17ª edição do Campeonato do Mundo, que teve como palco a Espanha, isto em 2014.
Durante a reunião do Comité Executiva da Fiba-Mundo, ficou decido que a referida competição teria doravante como designação Copa do Mundo.