Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Equipa do 1º de Agosto vence troféu em Malanje

Melo Clemente-Malanje - 10 de Janeiro, 2015

do 1º de Agosto vence troféu em Malanje

Fotografia: Jornal dos Desportos

A formação do 1º de Agosto conquistou a Supertaça em basquetebol sénior feminino, ao derrotar ontem, no Pavilhão Palanca Negra Gigante, em Malanje, a similar do Grupo Desportivo Interclube, por 77-74, alcançando a tão esperada desforra do desaire na final da Taça dos Clubes Campeões Africanos.

Sónia Guadalupe, com 25 pontos, foi a cestinha da partida, seguida da norte-americana do Interclube, Sequoia, com 22 pontos.

Lideradas pela norte-americana, Itale Lucas, a formação do Grupo Desportivo Interclube entrou melhor na partida, fruto do maior rigor defensivo, aliado a um ataque eficiente.

A turma da Polícia Nacional aproveitou melhor a ineficácia das militares quer nos lançamentos a curta e longa distância fixaram o resultado em 24-11, a favor do Grupo Desportivo Interclube, ao cabo do primeiro quarto.

No segundo período, a equipa militar melhorou significativamente a sua defesa e conseguiu em algumas etapas do desafio superiorizar-se. Neste período, as militares anotaram 24 pontos, contra 17 das polícias. Ao intervalo, o placard registava 41-35, a favor das campeãs africana.

Com uma desvantagem de seis pontos à entrada do terceiro período (35-41), a equipa militar entrou melhor, ao contrário das polícias, que se mostravam bastante apáticas.

Com uma defesa pressionante e um ataque eficiente, a equipa rubro e negra fez-6-0, situação que obrigou o técnico Manuel Sousa “Necas” a solicitar um minuto de desconto.

A internacional angolana Rosa Gala esteve em destaque nos lançamentos dos seis metros e setenta e cinco. A três minutos para o termo do terceiro período, as pupilas de Jaime Covilhã tomaram de assalto o placard (48-49), para a alegria dos adeptos do Clube Central das Forças Armadas Angolanas que estiveram em maior número do Pavilhão Palanca Negra Gigante, infra-estrutura construída no âmbito da realização no país da 41ª edição do Campeonato do Mundo de hóquei em patins, isto em 2013.

No quarto derradeiro, assistiu-se a um festival de lançamentos a longa distância proporcionada pelas duas agremiações para a satisfação do público que acorreu em massa ao Pavilhão Palanca Negra Gigante. A partida foi decidida nos minutos finais da contenta. A um minuto e 29 segundos, o Interclube vencia por 71-70.

A moçambicana Leia Dongue tratou de assegurou o triunfo da equipa militar, por  77-74.    
 M.C