Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Equipas refazem programas

Melo Clemente - 28 de Outubro, 2015

Fiba-Afrique sancionou já o cancelamento do Zonal VI de Apuramento

Fotografia: Kindala Manuel

Os técnicos das equipas angolanas que vão disputar à fase final da Taça dos Clubes Campeões Africanos de basquetebol, em ambas as classes, viram-se "forçados" a refazer os planos de preparação, em virtude do cancelamento do Zonal VI de Apuramento da referida competição que deveria arrancar a 31 do mês em curso.

A ausência da maior parte das equipas que compõem a zona VI, alegadamente por problemas financeiros,  obrigou a Comissão Organizadora da prova, coordenada por Tony Sofrimento, secretário-geral da Federação Angolana de Basquetebol, a cancelar a prova, decisão que já foi sancionada pela Fiba-Afrique.

Apesar do cancelamento do Zonal VI, as datas para a realização, quer da final em femininos, quer da final em masculinos, se mantém, segundo fez saber ontem, o secretário-geral da FAB, Tony Sofrimento. "Infelizmente, fomos obrigados a anular o Zonal VI de Apuramento à Taça dos Clubes Campeões Africanos devido as dificuldades que as equipas da nossa zona têm para se deslocarem ao nossa país.

Notificamos a Fiba-Afrique sobre o cancelamento e já sancionou a nossa decisão",  asseverou o coordenador da Comissão Organizadora da Taça dos Clubes Campeões Africanos da "bola ao cesto". Assim, garantiram automaticamente o apuramento directo à fase final da aludida prova as formações do Grupo Desportivo O Maculusso, em femininos, 1º de Agosto, em masculinos, ambas como equipas organizadoras, para além do Grupo Desportivo Interclube, actual campeã africana, 1º de Agosto, em femininos, Recreativo do Libolo, actual campeão africano, e Atlético Petróleos de Luanda.

Entretanto, a fase final em femininos, vai decorrer de 27 de Novembro a 06 de Dezembro, ao passo que em masculinos, a prova será disputada de 10 a 20 de Dezembro. O coordenador da Comissão Organizadora da Taça dos Clubes Campeões Africanos, Tony Sofrimento, fez saber por outro lado, que vão participar na fase final 24 equipas, sendo 12 em femininos, igual número em masculinos.

O Multiusos do Kilamba, infra-estrutura construída no âmbito da realização no país, da 41ª edição do Campeonato do Mundo de hóquei em patins em 2013, foi o palco escolhido pela Comissão Organizadora para acolher as duas competições. As emoções da "bola ao cesto" regressam no dia 10 de Novembro, com a disputa das supertças. Em masculinos, o Atlético Petróleos de Luanda defronta no Multiusos do Kilamba, o Recreativo do Libolo.

As duas agremiações vão reeditar a final da época passada, que no entanto foi disputada em Janeiro de 2015, prova disputada em Malanje, e vencida pelos petrolíferos da capital, que derrotaram os libolenses, por 88-74. Já em femininos, 1º de Agosto e Grupo Desportivo Interclube vão lutar pelo troféu.