Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Escorpies seguem viagem amanh

Melo Clemente - 05 de Janeiro, 2019

Comit organizador tem tudo preparado para o arranque da competio

Fotografia: Cedida

A formação do Clube Desportivo Escorpiões da Boa Fé de Viana segue viagem amanhã, domingo, para a terra da Palanca Negra Gigante (Malanje), onde a partir do dia oito (terça-feira) até 19 do mês em curso, vai disputar o Campeonato Nacional de basquetebol feminino, na categoria de Sub-16. A província vai acolher os nacionais, em ambas as classes.
Depois da primeira experiência em 2018, ano em que fez a sua estreia num Nacional, prova disputada na cidade do Sumbe, província do Cuanza-Sul, a formação do Clube Desportivo Escorpiões da Boa Fé de Viana, presidida por Lúcio Assis, parte com o sentimento de melhorar a prestação da edição passada, em que não foram para além do último lugar, num universo de quatro equipas.
Após uma preparação aturada na capital do país, Luanda, com jogos de controlo à mistura, as comandadas do técnico Carlos José partem confiantes numa boa prestação.
Em declarações ao Jornal dos Desportos, Lúcio Assis, presidente de direcção, assegurou que os membros do grémio do distrito da Estalagem, município de Viana, colocaram todas às condições à disposição da equipa técnica, pelo que, augura uma boa prestação na prova que a província de Malanje vai albergar a partir de terça-feira, no Pavilhão Arena Palanca Negra Gigante.
“Como sabe, nós vamos participar no campeonato nacional apenas com a equipa feminina. Tivemos uma experiência muito boa o ano passado e, este ano, pretendemos melhorar a prestação da edição passada. O nosso clube sobrevive com a caridade dos nossos membros e, felizmente, conseguimos dar todas as condições de trabalho a equipa técnica que trabalhou sem qualquer constrangimento para esta prova”, asseverou Lúcio Assis.
Evitar a cauda da tabela classificativa do Campeonato Nacional feminino constitui o objectivo primordial, de acordo com Carlos José, treinador principal do Clube Desportivo Escorpiões da Boa Fé de Viana.
“O campeonato provincial serviu como preparação para o nacional. Creio que as minhas atletas cresceram e tenho a certeza que vamos fazer uma boa figura, de modo, a elevarmos o nome do nosso município”, prognosticou o técnico principal da formação vianense.
Lúcio Assis, presidente de direcção, vai chefiar a caravana, que parte amanhã, durante as primeiras horas da manhã.
Eis as treze atletas que seguem viagem para a província de Malanje: Esperança Quicota (Cap), Telma Kapango, Teresa Paulo, Joana Secuma, Helena Kissange, Jorgina Torres, Isabel Fernandes, Rosa André, Adriana Zumbo, Vilma Viegas, Antónia Xirimbimbi, Cristina Eduardo e Maria Augusto, respectivamente.
Entretanto, o Comité Organizador dos Campeonatos Nacionais de Sub-16, em ambas as classes, assegurou que em masculinos têm confirmadas doze agremiações, ao passo que em feminino, a prova contará em princípio com oito equipas.
Grupo Desportivo Interclube é o actual campeão em título, ao passo que em feminino, o Clube Central das Forças Armadas Angolanas (1º de Agosto) detém o ceptro.
As primeiras delegações, entre juízes, comissários e oficiais de mesa começam a desembarcar hoje, na terra da Palanca Negra Gigante.
Fernando Pacheco “Baganha”, antigo árbitro internacional, foi indicado pelo órgão reitor da modalidade (FAB) para coordenar os Campeonatos Nacionais de Sub-16, em ambas as classes.

Campeã de Luanda
Formiguinhas do Cazenga definem objectivos

Moralizada com a conquista do título provincial de Luanda, a formação do Clube Desportivo Formiguinhas do Cazenga vai lutar por um dos lugares do pódio, no Campeonato Nacional de basquetebol feminino de Sub-16, competição que a cidade de Malanje acolhe de oito a 19 do mês em curso.
Depois de ter superado equipas como Grupo Desportivo Interclube, 1º de Agosto, no recém terminado provincial de Luanda, a formação do Clube Desportivo Formiguinhas do Cazenga parte para a província de Malanje com os índices motivacionais em alta, de acordo com Eduardo Raul, responsável máximo para o basquetebol daquela agremiação desportiva.
“As nossas meninas estão motivadas com a conquista do título provincial de Luanda. Temos consciência que o Campeonato Nacional será uma prova extremamente difícil, a julgar pela qualidade das equipas que vão disputar a referida competição, mas, nós definimos como meta assegurar um dos lugares do pódio”, revelou Eduardo Raul.
O Clube do Formiguinhas do Cazenga far-se-á representar na prova com duas equipas, sendo uma feminina e outra masculina.
A delegação de um dos municípios mais populosos da capital do país, Luanda, segue viagem igualmente amanhã, domingo, nas primeiras horas da manhã.
O técnico João Formosa contará com as seguintes atletas: Sara Caetano, Neusa Andreia, Madelana Quirindo, Leontina Ngunga, Gracieth Magalhães, Rute Carlos, Arleth Cabeça, Alice Jalaka, Leonora Panzo, Vanda António, Germimá Solange, Geneveva Mayamba e Ângelica João.
Por seu lado, José Paulo, levará os seguintes atletas: Costa Candido, Almeida Manuel, Anatório Gaieta, André Mabika, Alcino Fernandes, Cristóvão Macasso, Edson Oliveira, Guimarães da Costa, Jônatas Mbatshi, Luís Passi, Manuel Miguel, Manuel Quissange, Nicolau Victor e Pedro José.