Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Estados Unidos da Amrica faz pior classificao

Anaximandro Magalhes | Beijing - 14 de Setembro, 2019

Certo que na pior parte da histria ficam, Harrison Barnes, Joe Harris, Kyle Kuzma, Brook Lopez, Khris Midleton, Donovan Mitchell, Mason Plumlee, Marcus Smart, Jayson Tatum, Myles Turner, Kemba Walker e Derrick White.

Fotografia: Dr

Ao discutir a sétima posição hoje, às 9h00, frente à Polónia, no Pavilhão Wukesong Sport, na cidade de Beijing, China, os Estados Unidos jogam pela pior classificação de sempre em Campeonatos do Mundo sénior masculino de basquetebol.
Nas anteriores 17 edições, desde 1950, os norte-americanos tinham como pior registo o sexto lugar conquistado em 2002, edição que, curiosamente, acolheram em Indianápolis.
A recente realidade do país com a liga de basquetebol mais mediática do Mundo, a NBA, contrasta com presenças em Jogos Olímpicos, onde nunca falhou as medalhas, terceiros em 1988 e 2004, e ouro nas restantes participações.
Vindos de dois desaires consecutivos, França,79-89, nos quartos-de-final, e Sérvia, 89-94, nas classificativas para o quinto lugar, os americanos têm no encontro com os polacos um teste a sua capacidade.
Sem pressão do seu lado, e considerada uma das sensações do campeonato, os europeus tudo vão fazer uma vez mais agudizar a crise de resultados dos comandados de Gregg Popovich.
Certo é que na pior parte da história ficam, Harrison Barnes, Joe Harris, Kyle Kuzma, Brook Lopez, Khris Midleton, Donovan Mitchell, Mason Plumlee, Marcus Smart, Jayson Tatum, Myles Turner, Kemba Walker e Derrick White.
        
DECISÂO
Sérvia e República Checa jogam pelo quinto lugar


As selecções da Sérvia e da República Checa, jogam hoje, às 13h00, no Pavilhão Wukesong Sport, para definição do quinto classificado no Campeonato do Mundo de basquetebol.
Depois de terem falhado o objectivo inicial, chegar no mínimo as meias-finais, sérvios e checos querem terminar a prova o melhor posicionados possível. Pois só assim poderão ver melhoradas as suas posições na tabela do ranking da FIBA, a ser actualizada após a competição.As duas equipas chegam ao encontro, com o favoritismo repartido em 50 por cento. Nos jogos classificativos, a Sérvia venceu os Estados Unidos, 94-89, e a República Checa vergou a Polónia (94-84).