Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Extremo Mohamed Ciss faz trabalhos de recuperao

28 de Abril, 2016

Jogador falha as primeiras jornadas da fase de Qualificao do BIC Basket

Fotografia: M. Machangongo

O extremo do 1º de Agosto, Mohamed Malick Cissé, já começou a efectuar trabalhos de recuperação, depois de ter retirado o gesso da perda direita, situação que o obrigou a falhar a ponta final da fase de grupos da 38ª edição do Campeonato Nacional de basquetebol em seniores masculino, vulgo BIC Basket.

Mohamed Cissé quebrou um dos dedos da perna direita, no clássico dos clássicos, em que a sua agremiação venceu o arqui-rival, Atlético Petróleos de Luanda, por 97-77, tendo ficado parado durante quatro semanas.

Segundo apurou o Jornal dos Desportos de fonte do Clube Central das Forças Armadas Angolanas, o medalha de ouro dos XI Jogos Africanos de Brazzaville, em 2015, pode nos próximos dias realizar trabalhos com bola.

"Felizmente para o jogador começou a fazer trabalhos de recuperação e acreditamos que nos próximos dias já poderá trabalhar com bola sem qualquer limitação", asseverou a nossa fonte.

O extremo de 22 anos de idade, 97kg, um metro e 97 centímetros,  falha as primeiras partidas da fase de Qualificação, cujo arranque está previsto para amanhã, sexta-feira dia 29, com a disputa da primeira jornada referentes aos grupos A e B, respectivamente.

Quem também recupera satisfatoriamente na formação militar é o poste Johne Pedro, que sofreu uma intervenção cirúrgica ao joelho esquerdo há sensivelmente mês e meio, na cidade do Porto, Portugal.

Os atletas acima referenciados foram determinantes na formação militar durante a fase regular da 38ª edição do Campeonato Nacional da "bola ao cesto" (BIC Basket), que a equipa rubro - negra venceu de forma brilhante.

Ricard Casas, técnico espanhol contratado pela direcção do 1º de Agosto para resgatar a mística do clube, pode contar na ponta final do BIC Basket com os préstimos dos dois jogadores.

Depois de ter perdido o Campeonato Provincial, Taça Victorino Cunha, Taça dos Clubes Campeões Africanos e a Taça de Angola, Ricard Casas direcciona  as baterias para o BIC Basket.

Entretanto, a formação do 1º de Agosto recebe amanhã para o Grupo A no Pavilhão Victorino Cunha, a similar do Atlético Sport Aviação (ASA) num desafio em que a equipa militar é claramente favorita à conquista da vitória.

Ainda amanhã, para o mesmo grupo, o Atlético Petróleos de Luanda mede forças no Pavilhão Principal da Cidadela Desportiva, com o Grupo Desportivo Interclube numa partida de difícil prognóstico, apesar dos petrolíferos levarem um ligeiro favoritismo.

Para o Grupo B, o Clube Desportivo da Marinha de Guerra defronta o Clube Desportivo Universidade Lusíada a partir das 16h00, no Pavilhão Victorino Cunha, ao passo que o Futebol Clube Vila Clotilde recebe no Pavilhão 28 de Fevereiro a partir das 18h00, o Progresso Associação do Sambizanga.

A formação do Recreativo do Libolo folga na ronda inaugural do Grupo A da fase de Qualificação por imperativo de calendário.

NBA
Toronto Raptors
derrotam Indiana
Pacers


Na noite desta terça-feira, de maneira heróica, o Toronto Raptors reverteu uma desvantagem de 13 pontos no último quarto e venceu o Indiana Pacers no Air Canada Centre, em Toronto, por 102-99, abriu 3 - 2 na série válida pela primeira rodada dos play-offs da NBA.

Com isso, os canadianos jogam por mais uma vitória no sexto duelo, na sexta-feira em Indiana para evitarem o Jogo 7 e garantirem a classificação para a próxima ronda. A franquia teve a segunda melhor campanha da Conferência Leste na temporada regular, com 56 vitórias e 26 derrotas.

O extremo Paulo George foi o cestinha da noite, anotou 39 pontos para os Pacers, mas não  evitou a terceira derrota da sua equipa na série. Do lado do Toronto, o extremo base DeMar DeRozan anotou 34 tentos e foi o maior pontuador. A franquia do Canadá ainda contou com uma grande actuação do poste reserva Bismack Biyombo, que jogou por 23 minutos, conseguiu 16 ressaltos e anotou dez pontos.

Apesar da presença da barulhenta claque, o Toronto não conseguiu parar o ataque do Indiana no primeiro tempo. Inspirados, Paul George e Myles Turner comandaram a vitória dos Pacers na primeira metade do jogo, por 61-52.

O domínio dos visitantes continuou no terceiro período e os Raptors chegaram ao último quarto com 13 pontos de desvantagem. No entanto, a equipa canadense  encurtou a distância no placar logo nas primeiras acções do quarto período e virou o jogo a quatro minutos do fim, com um arremesso certeiro de três pontos de De Rozan.

O “camisola 10” ainda decretaria a vitória a 13 segundos, quando a vantagem dos Raptors era de apenas um ponto, converteu um lance livre.

DOMÍNIO
Hawks vencem Celtics

O extremo base Ken Bazemore  e a grande actuação defensiva deram ao Atlanta Hawks a vitória em casa por 110-83, sobre o Boston Celtics  no quinto jogo da série da melhor de sete da primeira rodada dos play-offs da Conferência Leste.

Bazemore  anotou 16 pontos entre quatro bolas de três em nove tentativas, a mesma pontuação conseguida pelo base Jeff Teague. O extremo poste reserva Mike Scott foi o cestinha da equipa com 17 pontos, além de cinco ressaltos, todos defensivos e uma roubada de bola.

O extremo base Kyle Korver obteve 13 pontos e o extremo poste Paul Millsap chegou a dez, completou a lista de cinco jogadores com pontuação de dois dígitos da equipa de Atlanta. O momento -chave do jogo aconteceu quando faltavam 6min35s para o fim do segundo quarto, e os Celtics estavam à frente no placar com a parcial de 29 a 19, mas Bazemore encestou três bolas de três consecutivas que mudaram a história do duelo.

A partir daí os Hawks dominaram os Celtics com uma sequência de 74 a 33 que lhes permitiu chegar ao quarto período com a parcial decisiva de 93 a 62. O extremo Evan Turner com 15 pontos liderou o ataque dos Celtics que ainda viram o principal jogador da equipa, o baixinho Isaiah Thomas, sair de quadra na recta final da partida com uma leve torção no tornozelo esquerdo.