Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

FAB e clubes fazem balano da segunda volta

Juscelino da Silva - 19 de Fevereiro, 2018

Dirigentes j podem sentar-se nos bancos de jogadores

Fotografia: Santos Pedro | Edies Novembro

O balanço da segunda volta do Unitel Basket 2017-2018, lançamento da terceira volta do evento, marcado para 1 de Março, e as novas regras de arbitragem aprovadas pela Federação Internacional de Basquetebol (FIBA-Mundo) dominaram a reunião entre a direcção da Federação Angolana de Basquetebol (FAB) e os treinadores de clubes participantes do Campeonato Nacional sénior masculino. Também estiveram no encontro os árbitros nacionais.
O Secretário Geral da Federação Angolana de Basquetebol, António Celestino Sofrimento Manuel, respondeu as inquietações apresentadas pelos clubes quanto à distância que separa o Arena do Kilamba da zona habitacional, a principal causa da falta de público nas bancadas.
Tony Sofrimento esclareceu aos clubes as razões da escolha do Arena do Kilamba para acolher os jogos da Unitel Basket\'2017-2018.
\"Não foi uma decisão da FAB. Sentámos à mesa com os clubes e decidimos jogar no Arena do Kilamba por ter as melhores condições de trabalho. Os clubes treinam e jogam a custo zero; não pagam valor algum\", disse.
Quanto à marcação dos jogos em horários pouco atractivos para o público luandense, o dirigente esclareceu que \"para não se jogar às 21h00, a solução seria os clubes jogarem às 13h00. O Arena do Kilamba recebe três jogos por dia. O primeiro começa às 16h00 e o último às 21h00\".
Tony Sofrimento revelou que a FAB está a ensaiar o modelo de realização de jogos e no final da competição, a direcção de Hélder Cruz vai decidir o melhor para a competição e o público.
Sobre os jogos aos domingos, Tony Sofrimento esclareceu que \"depende do calendário e o número de jogos de cada equipa na dupla jornada\". O responsável assegurou que \"há equipa com três jogos numa semana\".
Tony Sofrimento manifestou gratificação pela realização da segunda volta do Unitel Basket. A competição não registou casos polémicos.
Estiveram no encontro os treinadores Paulo Macedo (1º de Agosto),  Apolinário Paquete (Interclube), Elvino Dias (Academia Helmarc ), Walter Costa e Vladimir Ricardino (Marinha de Guerra) e Nataniel Lucas e Elisa Pires (Sport Libolo e Benfica).

NOVAS REGRAS
DE ARBITRAGEM

Os árbitros nacionais tomaram conhecimento sobre as novas regras. Os presidentes da  Associação Nacional de Juízes de Basquetebol, Wilson Boaventura, e o do Conselho Nacional dos Árbitros, Fernando Pacheco \"Baganha\", deram a conhecer as novas regras da arbitragem.
Entre as novidades constam a presença de 21 elementos de cada equipa no banco de jogadores contra os anteriores 18. Os dirigentes de clubes doravante estão habilitados a sentar-se com os atletas.