Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Falta de comparncia marca quartos

Melo Clemente - 22 de Abril, 2019

Militares precisam apenas de um triunfo para atingirem s meias-finais

Fotografia: Agostinho | Narciso Edies Novembro

A equipa sénior masculina do 1º de Agosto pode confirmar amanhã, terça-feira, a sua passagem para as meias-finais da 41ª edição do Campeonato Nacional de basquetebol em seniores masculino, vulgo Unitel Basket, quando defrontar a similar da Academia Helmarc, às 16h00, no Pavilhão Arena do kilamba, em partida a contar para a segunda jornada dos play-off dos quartos-de-final da referida competição, a melhor de três, depois de ter vencido ontem, a mesma colectividade, por falta de comparência (20-0).

O desafio que deveria colocar frente a frente 1º de Agosto e Academia Helmarc, no Pavilhão Victorino Cunha, não se realizou ontem, em virtude da equipa forasteira não ter comparecido no terreno do Clube Central das Forças Armadas Angolanas.

Em face disso, a organização da 41ª edição do Unitel Basket que caminha a passos largos para o seu final aplicou uma falta de comparência a formação da Academia Helmarc (20-0), colocando deste modo, a equipa rubro e negra a uma vitória das meias-finais da aludida competição.

Os jogadores da formação da Academia Helmarc não compareceram ontem, no Pavilhão Victorino Cunha, em virtude da direcção daquela agremiação desportiva estar em falta com o grupo, relativamente, o pagamento dos ordenados dos últimos quatro meses.

Entretanto, caso a direcção do clube, que tem atesta, o presidente da Federação Angolana de Basquetebol (FAB), Hélder Martins da Cruz \"Maneda\", não honrar com a sua palavra, a equipa militar poderá vencer amanhã, novamente, por falta de comparência, tornando-se na primeira equipa a atingir as meias-finais da 41ª edição do Campeonato Nacional da "bola ao cesto",vulgo Unitel Basket.

Ainda amanhã, no destaque dos quartos-de-final da edição 41 do Unitel Basket, o Clube Desportivo Marinha de Guerra vai receber a partir das 16h00, no Pavilhão Victorino Cunha, a similar do Atlético Sport Aviação, num prélio de difícil prognostico, a julgar pela qualidade dos jogadores das duas equipas.

Ontem, a vitória apertada sorriu para o lado do Atlético Sport Aviação (ASA), que venceu dificilmente, por 91-90, desafio que ficou marcado pelo signo de equilíbrio.

O Futebol Clube Vila Clotilde que foi ontem impotente para derrubar o seu adversário, com quem perdeu por 68-96, recebe igualmente amanhã, a partir das 16h00, no Pavilhão 28 de Fevereiro, a congénere do Atlético Petróleos de Luanda, num prélio onde os pupilos de Lazare Adingono são claramente favoritos à passagem para as meias-finais.

O quadro dos quartos-final fica completo, quando o Clube Desportivo Universidade Lusíada a defrontar o Grupo Desportivo Interclube, partida agendada para as 16h00, no Pavilhão Principal da Cidadela Desportiva.

A equipa adstrita a Polícia Nacional derrotou os universitários, em pleno Pavilhão 28 de Fevereiro, por 96-73.O quartos-de-final da 41ª edição do Unitel Basket está a ser jogado no sistema dos play-off, a melhor de três partidas.

Torneio de abertura
Escorpiões da Boa Fé alarga número de equipas


A formação do Clube Desportivo Escorpiões da Boa Fé de Viana continua a fazer história no basquetebol luandense, onde compete em todos escalões de formação, igualando feitos protagonizados pelo 1º de Agosto, Grupo Desportivo Interclube e Futebol Clube Vila Clotilde.
Sem recursos financeiros a altura, a direcção do grémio de Viana, liderado por Lúcio Assis, decidiu este ano abrir o escalão de Sub-18 feminino, para a satisfação das atletas que viram o seu período de prática desportiva a ser mais alargada.
Assim, o Clube Escorpiões da Boa Fé de Viana está a disputar o torneio de abertura nos escalões de mini basket, Sub-14, Sub-16 e Sub-18, isto em femininos.

Lúcio Assis, presidente de direcção do clube afecto ao município de Viana, mostrou-se satisfeito com o alargamento dos escalões de formação, tendo uma vez mais apelado a classe empresarial a apostarem cada vez mais em clubes com poucos recursos financeiros."Apesar das dificuldades financeiras que o nosso clube enfrente este ano, decidimos alargar para mais um escalão, no caso, a de Sub-18 feminino. O que acontecia no passado é que as nossas atletas quando terminassem o escalão de Sub-16, outras ingressavam para os outros clubes enquanto outras terminavam de forma prematura as suas carreiras. Penso que com a criação do escalão de Sub-18 muitas atletas vão continuar a jogar basquetebol.

Como sabe, a nossa agremiação sobrevive com os apoios dos seus dirigentes, daí que, gostaria de apelar a classe empresarial não só do nosso município, no sentido de apoiarem o nosso clube ", apelou Lúcio Assis.Entretanto, o torneio de abertura decorre sem grandes sobressaltos. Em Sub-14 masculino, Atlético Petróleos de Luanda A, Kilamba e Grupo Desportivo Interclube ocupam os três primeiros lugares da série A, com nove, oito e sete pontos respectivamente.
Já a série B, 1º de Agosto A, Ferrovia e Futebol Clube Vila Clotilde A partilham a liderança da tabela classificativa, todos com sete pontos. Em feminino (Sub-14), Grupo Desportivo Interclube, 1º de Agosto A e Ferrovia ocupam os três primeiros lugares, com 10, 10 e nove pontos respectivamente.                     
FINAL FOUR
Luanda acolhe em Maio Afroliga
                                             
A fase final da primeira edição da Liga Africana dos Clubes Campeões em Basquetebol "AfroLiga" será disputada na capital angolana, em Luanda, no mês de Maio, confirmou à Angop o vice-presidente da federação angolana da modalidade (FAB), Benjamim Romano.O período de disputa desta etapa da competição, também denominada final four, está por definir-se pela Fiba-Afrique, devendo fixar-se entre os dias 16 a 19 ou de 23 a 27, de acordo com o responsável, que não avançou as razões da alteração da data inicial (3 a 5 de Maio).

As formações do 1.º de Agosto (Angola), Smouha Sporting Club (Egipto), Associação Sportive Salé (Marrocos) e JS Kairouan (Tunísia) disputam o troféu no sistema todos-contra-todos a uma volta, sagrando-se vencedor a que somar maior número de pontos.O AS Salé do Marrocos é o campeão em título, ao passo que o 1.º de Agosto é a formação mais ganhadora com oito troféus africanos.