Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Feras voltam à quadra

Melo Clemente - 18 de Abril, 2017

Libolenses querem redimir-se do desaire sofrido na última sexta-feira em pleno Pavilhão do Dream Space

Fotografia: José Soares | Edições Novembro

No espaço de três dias, o Recreativo do Libolo e o 1º de Agosto voltam a defrontar-se hoje a partir das 18h00, no Pavilhão do Dream Space, em Viana, em partida referente à primeira \"mão\" das meias-finais da 33ª edição da Taça de Angola de basquetebol seniores masculino.

Surpreendidos na sexta-feira, para a penúltima jornada da fase de grupos da 39ª edição do Campeonato Nacional, vulgo BIC Basket, em que perdeu para a equipa militar, por 83-86, os vice - campeões nacionais estão em estado de alerta máxima a fim de não serem novamente batidos em pleno Pavilhão do Dream Space.

A jogar no seu reduto, a equipa do Cuanza Sul vai seguramente procurar esta noite um resultado que permita \"viajar\" para o Pavilhão Victorino Cunha, no dia 25 do mês em curso, com alguma tranquilidade.O internacional angolano Roberto Fortes, extremo base,  que continua sob cuidados médicos do departamento de Saúde do Recreativo do Libolo,  constitui uma carta fora do baralho do técnico espanhol, Hugo Lopez.

Apesar desta contrariedade,  o  Libolo apresenta-se esta noite, no máximo da sua força. Na presente época o Recreativo do Libolo efectuou 28 partidas, 26 para o  BIC Basket  e duas para a Taça de Angola, e colecciona 27 vitórias, contra uma derrota.

Face à regularidade, na presente época, os libolenses entram no desafio desta noite com um ligeiro favoritismo.Atletas como Olímpio Cipriano, Eduardo Mingas, Valdelício Joaquim, Milton Barros, todos internacionais, para além dos norte-americanos Jakel Foster e Andre Harris, vão seguramente liderar as acções ofensivas da formação caseira.

Motivado com o feito protagonizado na sexta-feira, em que pôs termo ao ciclo de triunfos dos actuais vice -campeões nacionais, o Clube Central das Forças Armadas Angolanas vai tentar  repetir a proeza, ou seja, conseguir uma vitória confortável, que permita encarar o jogo da segunda \"mão\" com alguma tranquilidade.

O extremo base, Edson Ndomiena, está praticamente reintegrado no grupo, deve por isso  fazer parte do cinco inicial da formação militar.Armando Costa e Emanuel Quzada devem assumir a condução do jogo ofensivo da equipa rubro - negra. Felizardo Ambrósio \"Miller\" e Islando Manuel vão espreitar, igualmente, a titularidade.

O equilíbrio vai seguramente prevalecer no prélio de mais logo, a julgar pelo potencial das duas colectividades.A formação do Recreativo do Libolo venceu as últimas duas edições da Taça de Angola.

A segunda \"mão\" das meias-finais da segunda maior competição do calendário da FAB, acontece a 25 do mês em curso.Nos quartos -de -final, o Libolo deixou pelo caminho o Progresso Associação do Sambizanga, ao passo que os militares eliminaram os marinheiros.

Outra meia final
Polícias visitam aviadores no Arena do Kilamba hoje


O Grupo Desportivo Interclube desloca-se esta noite às 18h00, ao Pavilhão Arena do Kilamba, a fim de defrontar a similar do Atlético Sport Aviação (ASA), partida referente à primeira \"mão\" das meias-finais da Taça de Angola de basquetebol em seniores masculino. A equipa adstrita à Polícia Nacional, que eliminou nos quartos -de -final a forte equipa do Atlético Petróleos de Luanda, apresenta-se como favorita à passagem para a final da aludida competição.

Apesar de jogar fora do seu reduto, os pupilos às ordem do técnico Alberto Babo são os principais favoritos, à conquista do triunfo.
O triplista Francisco Horácio continua sob cuidados médicos, deve falhar a partida desta noite.Ontem, os polícias ensaiaram as estratégias para suplantar os aviadores.

Gerson Domingos, base, Fidel Cabita, extremo base, José Salvador, Egido Ventura, ambos bases, Paulo Márcio Barros, extremo base,  e André Miguel, extremo, vão ter a missão de levar a equipa rumo à vitória.Mesmo com um plantel, de longe inferior ao do Grupo Desportivo Interclube, a formação do Atlético Sport Aviação (ASA) vai dificultar ao máximo a pretensão do Interclube.

Os pupilos de Carlos António Dinis realizaram ontem, à sessão derradeira de treinos, em que foram revistos alguns diagramas defensivos e ofensivos.Nos quartos - de - final, os aviadores venceram a modesta equipa do Clube Desportivo Universidade Lusíada.

BASQUETEBOL COMUNITÁRIO
Associação Nacional na forja

O basquetebol de rua vai ganhar novo impulso ,nos próximos tempos, com a constituição da futura Associação de Basquetebol Comunitário de Angola (ABACA). A Comissão Instaladora foi eleita no domingo, em assembleia geral realizada na Escola do ensino primário 3030 (ex-15), no Distrito Urbano do Tala Hady.

O antigo praticante Samuel Sebastião Ribeiro "Samy", campeão nacional de juniores pelo Grupo Desportivo da Nocal, equipa na altura orientada por José Assis, foi eleito coordenador-geral. Fazem igualmente parte da comissão, Luís Lopes Ganga (coordenador -adjunto), Orlando Francisco Zacarias (secretário-geral), Dionísio Teixeira e Felizardo Cristóvão (vogais).

A comissão tem vigência de  90 dias, vai trabalhar na criação de condições para a realização das eleições dos futuros órgãos sociais da Associação, e na elaboração dos Estatutos. Antigos praticantes e amigos da modalidade discutiram durante a assembleia, os aspectos ligados ao processo de reactivação do basquetebol de rua. em Luanda, assim como, perspectivaram as acções para a sua dinamização nas restantes províncias do país.

Samuel Ribeiro informou momento após a eleição, que a Comissão Instaladora vai nos próximos dias manter contactos com alguns organismos em Luanda, como a Administração Municipal do Cazenga, no sentido de garantir apoios institucionais e não só, para levar avante o projecto, assim como criar as condições para reactivar a modalidade naquele importante município da capital.

O desejo de parceria foi manifestado há dias, no multiusos do Cariango, pelo administrador municipal do Cazenga, Victor Nataniel Narciso, após a cerimónia de entrega de prémios aos vencedores da I edição da Taça "Café Platina", em basquetebol de rua, em que participaram as equipas do Distrito do Tala Hady (campeã), Amigos de Miguel Lutonda, Amigos da Terra Nova e Distrito do Palanca, numa organização dos membros da futura Associação Nacional (ABACA), com o patrocínio do Grupo Kariangus.