Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Fernando Figueiredo dirige Misto

03 de Agosto, 2017

O técnico Fernando Figueiredo vai dirigir o Misto de Luanda no torneio internacional de basquetebol em seniores femininos, prova a decorrer nos dias 11, 12 e 13 do mês em curso, no Pavilhão Arena do Kilamba, em Luanda. Para a aludida competição, o jovem treinador convocou doze (12) atletas, sendo seis do Grupo Desportivo Interclube, três do Grupo Desportivo O Maculusso, igual número do 1º de Agosto.

Os trabalhos de preparação devem arrancar nos próximos dias, segundo apurou o Jornal dos Desportos junto de uma fonte federativa.
Eis as atletas convocadas para o torneio internacional de Luanda: Erica Guilherme, Merciana Fernandes, Emanuela Mateus, Elsa Eduarda, Eduarda Gabriela e Rosimira Daniel, todas da formação do Grupo Desportivo Interclube, Ruth Pain, Francisca Mateus e Pascualina Dias, Grupo Desportivo O Maculusso, Avelina Pesso, Cristina Correia e Elizabeth Mateus, do Clube Central das Forças Armadas Angolanas.

MORAIS BRILHA
Com 21 pontos do extremo base, Carlos Morais, a Pré-Selecção Nacional sénior masculina de basquetebol voltou a vergar ontem, a similar da China, por 78-70, desta para a primeira jornada do segundo torneio internacional que decorre naquele país asiático, provas enquadradas no âmbito da sua preparação, visando a disputa da fase final da 29ª edição do Campeonato Africano das Nações, competição marcada de oito a 16 de Setembro do ano em curso, na Tunísia e Senegal, respectivamente.

Depois de ter vergado a China, no primeiro torneio internacional, por 73-65, os pupilos de Manuel Silva \"Gi\" voltaram a bater os chineses, por 78-70. Yanick Moreira, com 14 pontos, e Leonel Paulo, com onze, foram outras unidades que se destacaram no conjunto angolano, que pretende resgatar o título africano perdido em 2015, na Tunísia, à favor da Nigéria.

Lituânia e Nova Zelândia serão os próximos adversários dos hendecacampeões africanos neste segundo torneio internacional da China.
Posteriormente, o cinco nacional poderá realizar mais cinco a quatro jogos de controlo com equipas da primeira liga chinesa, antes de regressar ao país, de onde sairá para o palco da competição, mas concretamente em Dakar, Senegal.   
MC