Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Fim do sonho Olímpico

Melo Clemente - 07 de Julho, 2016

Valdelício Joaquim esteve incansável na luta contra as torres da selecção da Sérvia que terminou em primeiro lugar

Fotografia: AFP

A Selecção Nacional de basquetebol em seniores masculino encerrou a sua campanha em Belgrado, ao perder ontem frente ao país anfitrião, Sérvia, por 60-83, em partida a contar para a terceira e última jornada do Grupo A da fase preliminar do torneio pré-olímpico, prova selectiva aos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, Brasil, de 05 a 21 de Agosto próximo.

Com esta derrota, por sinal, a segunda na competição, depois de perder na segunda jornada diante do Porto Rico, por 91-81, os vice-campeões africanos falharam o apuramento às meias-finais do torneio pré-olímpico de Belgrado, Sérvia, esfumando-se deste modo, o sonho de estar pela sexta vez numa edição dos Jogos Olímpicos.

Tal como na partida inaugural frente a Porto Rico, ontem, os angolanos entraram bem na partida, jogando de igual para igual com a forte selecção da casa, actual sexta classificada do ranking mundial, com 353 pontos, contra o décimo-quinto lugar do combinado nacional, com 101 pontos.

Os primeiros oito minutos do quarto inicial foi jogado sob o signo de equilíbrio, tendo neste período se registado cinco igualdades (3-3, 5-5, 10-10, 17-17 e 19-19).

A três minutos e 47 segundos do primeiro quarto, as duas selecções estavam igualadas a 19 pontos, sendo por isso a melhor fase da Selecção Nacional que conseguiu em algumas etapas do jogo dificultar o jogo ofensivo dos anfitriões, que terminaram a fase preliminar do torneio em primeiro lugar, com quatro pontos, fruto de duas vitórias, contra três do Porto Rico, que ocupou o segundo lugar. Os angolanos ocuparam a cauda da tabela classificativa, com dois pontos, resultante de duas derrotas.

Entretanto, a falta de coesão defensiva nos últimos três minutos do quarto inicial, fez com que os sérvios terminassem com uma vantagem de sete pontos (30-23).
Apesar das perdas sistemáticas de bola, a Selecção Nacional conseguiu equilibrar no segundo período, onde perdeu por um parcial 17-15. A Sérvia, uma das principais candidatas à conquista do passe de acesso aos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, Brasil, vencia ao cabo dos primeiros 24 minutos por uma margem de nove pontos (47-38).

A falta de eficácia quer nos lançamentos à longa distância, como nos lançamentos livres acabou por penalizar o desempenho do "cinco" nacional que pela segunda vez consecutiva vai falhar uma edição dos Jogos Olímpicos, depois de falhar os Jogos de Londres.

O extremo base, Carlos Morais, que brilhou na partida inaugural frente ao Porto Rico, tendo sido o melhor marcador do desafio, com 21 pontos, esteve simplesmente irreconhecível.
A falta de produtividade do capitão acabou por afectar o rendimento global da equipa. Os sérvios foram superiores em todos os itens. Nos lançamentos à longa distância, a selecção caseira conseguiu 45 por cento, fruto de 22 lançamentos tentados e 10 convertidos, contra 36% de Angola, que 28 tentados converteu apenas 10.

Já nos lançamentos livres, os anfitriões obtiveram 65 por cento (13/20), ao passo que os pupilos de Carlos António Dinis conseguiram 40 por cento (4/10). E para não variar, nos dois pontos a Sérvia obteve 61%  (20/33), contra 37% de Angola (13/35).

Angola conseguiu 37 ressaltos, sendo 16 ofensivos e 21 defensivos, contra 31 ressaltos (4/27) da selecção caseira. Jokic, com 17 pontos, foi o melhor marcador, ao passo que Carlos Morais, com dez pontos, foi o melhor marcador do combinado nacional.

Já no Grupo B, a Letónia terminou em primeiro lugar, fruto de duas vitórias. A Letónia vai enfrentar nas meias-finais Porto Rico, ao passo que a Sérvia vai medir forças ou com a República Checa ou Japão. 

TAÇA  DE ANGOLA
Militares e polícias podem confirmar passagem


As formações do 1º de Agosto e do Grupo Desportivo Interclube podem confirmar hoje à passagem para a final da 26ª edição da Taça de Angola em basquetebol sénior feminino, em caso de novo triunfo sobre o Inter de Benguela e Grupo Desportivo O Maculusso, respectivamente.

Ontem, para a primeira mão das meias-finais da aludida competição, militares e polícias não encontraram dificuldades para ultrapassarem as suas adversárias, em partidas disputadas no Pavilhão 28 de Fevereiro. Interclube bateu o Maculusso, por 75-39, ao passo que o 1º de Agosto vergou Inter de Benguela, por 76-28.

Jaime Covilhã, técnico principal do 1º de Agosto, vai mais uma vez aproveitar o prélio contra a formação da cidade das "acácias rubras" para colocar as atletas menos utilizadas durante a fase regular da 31ª edição do Campeonato Nacional de basquetebol em seniores feminino.

O 1º de Agosto continua desprovido de Sónia Guadalupe, extremo poste, e da base, Fineza Eusébio, atletas que continuam sob cuidados do departamento médico da equipa.
Já o Grupo Desportivo Interclube que bateu a similar do Grupo Desportivo O Maculusso vai tentar esta noite confirmar a sua supremacia e carimbar o passe para a final de sábado, no Pavilhão Principal da Cidadela Desportiva.

A final da 26ª edição da Taça de Angola foi antecipada para o dia nove, em virtude da disputa da final do Campeonato da Europa que acontece no domingo, dia 10.

EM MANILA
Canadá confirma
passagem às “meias”


A selecção do Canadá assegurou o primeiro lugar do Grupo A do torneio pré-olímpico, com sede em Manila, Philipinas, ao derrotar ontem a selecção do Senegal, por 55-58, em partida referente à segunda jornada da aludida competição.

O Canadá, que na jornada inaugural superou a Turquia, por 77-69, garantiu o primeiro lugar do Grupo A e vai defrontar nas meias-finais a Nova Zelândia, segundo classificado do Grupo B.

Ainda ontem, para o Grupo B, a Nova Zelândia vergou a selecção das Filipinas, por 80-89, assegurando à passagem para a outra fase.

Hoje, a França, actual quinta classificada do ranking mundial, com 379 pontos, vai defrontar a Nova Zelândia. Os franceses haviam derrotados os filipinos, por 93-84.

Já para o Grupo A, as selecções do Senegal e da Turquia lutam pelo segundo passe para as meias-finais. O desafio está marcado para as 11h30 minutos.
Em Turim, Itália, a Grécia conseguiu a sua segunda vitória na competição, ao derrotar ontem o México, por 86-70. Grécia e México apuram-se para as meias-finais. Já no Grupo B, a Itália assegurou o primeiro lugar.
M.C

PORTUGAL
Benfica assegura
Nicolas Santos


O basquetebolista Nicolas dos Santos é reforço do Benfica por duas épocas, informou ontem o clube da Luz, depois de assinar com o extremo/poste um contrato válido até 2017/18.
“Depois de Raven Barber, é agora a vez de Nicolas dos Santos ser anunciado pelo clube, com um contrato válido para as próximas duas épocas (até 2017/2018)”, refere o Benfica.
Nicolas dos Santos, de 28 anos e 2,01 metros, é internacional pela Suíça, mas também tem nacionalidade portuguesa.

“Quero aprender no Benfica e com o Carlos Lisboa (treinador). Vou tentar perceber a sua filosofia de jogo”, disse o extremo em declarações à BTV.
O jogador, que esteve entre os elegíveis para a NBA e acabou por não ser escolhido, chega à Luz proveniente do Boncourt, depois de ter iniciado a carreira profissional nos franceses do Lyon e mais tarde ter jogado em Angola e na Suíça.

Durante duas épocas consecutivas fez parte do cinco ideal do campeonato helvético e foi mesmo MVP da competição em 2014/15.