Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Foro das associaes provinciais pede convocao da assembleia

Gaudncio Hamelay, no Lubango - 13 de Setembro, 2018

Sabem que estamos a viver um momento de crise e que essa crise ultimamente est a abalar muito a nossa modalidade, apontou.

Fotografia: Jornal dos Desportos

A necessidade da convocação de uma assembleia-geral da Federação Angolana de Basquetebol (FAB), num prazo de 120 dias, para discutir com precisão e encontrar soluções, para tirar a modalidade do actual momento em que se encontra mergulhada, constitui uma das conclusões saídas no encontro do Forúm das Associações Provinciais, realizado no fim-de-semana na cidade do Lubango, província da Huíla.
O Forúm contou com a presença dos presidentes de direcções das associações provinciais da Huíla, Benguela, Namíbe, Malanje, assim com foram chamadas as associações do Huambo e Luanda, que participaram da reunião em sistema de online.
O porta-voz do fórum, na qualidade de presidente da Associação de Basquetebol da Huíla, Henriques Albano, referiu que de tudo o que foi realizado é necessário uma análise muito suscita da modalidade.
 Sublinhou que isto passa por necessidade da realização de uma assembleia-geral, onde “iríamos expor e encontrar todos os mecanismos” necessários para a resolução dos problemas, que o basquetebol está a viver.
 “Acreditamos que, com base nos estatutos da Federação Angolana de Basquetebol, (FAB) para a realização da assembleia-geral, daríamos aqui um prazo de cerca de 120 dias. Com este evento, podíamos dissipar ou colocar todas as situações, que a modalidade vive a nível nacional. Sabem que estamos a viver um momento de crise e que essa crise ultimamente está a abalar muito a nossa modalidade”, apontou.