Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Ginguba defende rigor na prepao

10 de Julho, 2018

"Ginguba", lamentou as ausncias sistemticas do seleccionador nacional, o norte-americano, Will Voigt.

Fotografia: Kindala Manuel | Edies Novembro

O antigo seleccionador nacional dos  hendecacampeões africanos, Alberto de Carvalho \"Ginguba\", defendeu a necissidade de haver mais rigor na preparação da Selecção Nacional de basquetebol em seniores masculinos, que busca o apuramento à fase final da Copa do Mundo de 2019, competição a ser disputada em oito cidades chinesas de 31 de Agosto a 15 de Setembro.
Depois de ter assegurado a qualificação para a etapa derradeira da aludida competição, marcada com exibições menos conseguidas dos hendecacampeões africanos da \"bola ao cesto\", o técnico angolano que conseguiu a melhor classificação de todos os tempos em fases finais de um mundial (nono lugar), no Japão, em 2006, alertou sobre a necessidade de haver mais rigor na preparação, para que a campanha do cinco nacional seja coroada de êxito.
Alberto de Carvalho \"Ginguba\" afirmou \"que as coisas não correram bem para a Selecção Nacional durante a disputa da tereceira janela de qualificação, porque faltou rigor na preparação\".
\"Creio que faltou claramente rigor na preparação do cinco nacional. Depois de ter sido abortado o estágio da Selecção Nacional que estava previsto para a Turquia, no meu entender, não houve um plano B por parte da direcção da federação angolana da modalidade. Portanto, o único jogo de controlo que a Selecção Nacional realizou com o Grupo Desportivo Marinha de Guerra surgiu a última da hora, o que significa dizer que teríamos partido para o Cairo, sem qualquer jogo de controlo. Face a estes constrangimentso a nossa participação foi menos conseguida, apesar de termos alcançado a qualificação para a fase derradeira. Portanto, temos que ser mais rigorosos na preparação para esta quarta janela de qualificação se quisermos nos qualicar para a fase final da Copa do Mundo\", alertou o ex-seleccionador nacional, campeão africano de 2007.Alberto de Carvalho \"Ginguba\" disse por outro lado, que existe um grupo de atletas razoáveis e com um trabalho feito com rigor e sobretudo com alguma antecedência, o combinado nacional pode estar altamente competitiva para encarar os seus adversários com maior naturalidade.
\"Infelizmente, de um tempo a esta parte temos cada vez menos jogadores que fazem a diferença na nossa selecção. Ainda assim, acredito que temos um grupo rozoável de jogadores e se trabalharmos com a devida antecedência podemos apresentar uma equipa altamente competitiva e capaz de encarar os seus adversários com toda a naturalidade nesta quarta janela de qualificação, onde os níveis de exigências são mais acentuadas\".
\"Ginguna\", que por sinal, foi o único técnico angolano que conseguiu até aqui, conquistar ao serviço da Seçecção a tão prestígiada Taça Borislav Stankovic, aconselhou a famíla da \"bola ao cesto\" a estar cada vez mais unida.
\"A família do basquetebol deve estar toda unida em prol da Selecção Nacional. Independentemente do problemas que possam existir, temos que estar mais unido ainda, porque só com que este espiríto vamos conseguir juntar forças para a nossa Selecção Nacional\".
Para o antigo seleccionador nacional, o combinado nacional deve começar a projectar a quarta janela de qualificação a partir do mês de Agosto.
\"Creio que Agosto seria o mês ideal para o arranque dos trabalhos de preparação. Não existem praticamente margens para erros, por isso, teremos que mostrar a nossa capacidade organizativa que sempre demonstramos ao logo destes anos em que conseguimos conquistar o respeito no nosso continente e admiração a nível do mundo\".
Ao finalizar, Alberto de Carvalho \"Ginguba\", lamentou as ausências sistemáticas do seleccionador nacional, o norte-americano, Will Voigt.